Contêineres serão removidos de Porto Alegre para evitar vandalismos

Decisão foi tomada após novo protesto ser confirmado para esta quinta-feira

No protesto de segunda-feira, 25 contêineres foram incendiados  Crédito: Fabiano do Amaral / CP Memória

No protesto de segunda-feira, 25 contêineres foram incendiados Crédito: Fabiano do Amaral / CP Memória

Oitenta contêineres de lixo serão retirados das ruas do Centro da Capital e Cidade Baixa nesta quinta-feira. A decisão foi tomada pelo Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU) depois que mais um protesto foi confirmado. Os equipamentos serão removidos das avenidas Borges de Medeiros, Azenha, João Pessoa, Duque de Caxias e Lima e Silva.

A Prefeitura recomendou que a população não coloque resíduos nas ruas. “No amanhecer de sexta-feira, os contêineres estarão de volta e as ruas estarão limpas”, afirmou o diretor-geral do DMLU, André Carús. No último protesto, 52 contêineres foram danificados. Entre esses, 25 foram incendiados.

O trânsito também muda nesta quinta. As rotas dos ônibus que percorrem o Centro Histórico serão modificadas. A população deve ser informada por agentes de trânsito sobre os locais onde embarcar. As medidas foram definidas em reunião na manhã desta quarta entre EPTC, DMLU, Guarda Municipal, Brigada Militar e Polícia Civil. No encontro foi elaborado o plano de ação para reduzir os impactos do protesto sobre a cidade e a população.

Mais de 40 mil pessoas confirmaram presença no evento do protesto, criado no Facebook.

Correio do Povo



Categorias:Manifestações

Tags:, ,

8 respostas

  1. Atitude pró-ativa, coisa rara no poder público.

    Curtir

  2. Gênios! Como é que não pensaram nisso antes? Agora o alvo será sinaleiras, paradas de ônibus e telefones públicos (os que não funcionam).

    Curtir

  3. Faz muito bem tirar os Contêineres… Além disso não teremos lotações as 17h e muitos Lotações onibus sairão de circulação por motivos obvios… Caso seja depedrado uma lotação, a prefeitura não paga

    Curtir

  4. Outra coisa ruim que destrói o patrimônio são as pichações. Eu morei na Luis Afonso na cidade baixa e não aguentava mais essa depreciação. Além da paredes das casas e prédios até automóveis estavam sendo pichados.

    A vontade que dá é ficar de tocaia e pegar o vagabundo e descer a porrada e entregar pra polícia, mas dai entra em cena o carinha dos direitos humanos pra defender esses marginais.

    Eu fui criado no interior e lá o modo de lidar com essas coisas são diferentes, enfim cada cabeça uma sentença… Mas é foda tu deixar o caro 20 minutos na rua e voltar e ver ele todo pichado.

    Curtir

  5. Que absurdo!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: