Vivo lança 4G em Porto Alegre

Capital é a primeira da região sul a receber o serviço

antenaTelefônica Vivo anunciou nesta terça-feira (18) o lançamento da conexão 4G em Porto Alegre. O serviço na capital gaúcha ocorre com uma antecedência de seis meses em relação ao prazo estipulado pela Anatel (31 de dezembro). Com o lançamento em Porto Alegre, agora são 16 os municípios brasileiros atendidos pelo 4G da Vivo. “O lançamento em Santa Catarina e Paraná será feito em breve”, antecipou Paulo Cesar Teixeira, diretor geral da companhia sem adiantar mais detalhes.

A principal característica do serviço 4G é que ele tem velocidade dez vezes maior que o 3G. Deste modo, o usuário tem acesso ultrarrápido a vídeos, streaming de música e a jogos, entre outros serviços online ou na nuvem. Em breve outras sete cidades gaúchas também receberão o serviço. É o caso de Farroupilha, Bento Gonçalves, Canoas, Lajeado, Caxias do Sul, Novo Hamburgo e Viamão – locais que serão subsedes da Copa do Mundo de 2014.

Revista Amanhã



Categorias:Ciência e Tecnologia, Telefonia Móvel

Tags:, ,

14 respostas

  1. Bah, so’ imagino os ludistas que tem medo dos raios mirabolantes do 4G em polvorosa. Andarao pelas ruas com chapeu de folha de auluminio para se protegerem.hahahaha

    Curtir

  2. Sobre o atraso nos investimentos do 4G:
    Eu trabalho com telecomunicações, já trabalhei na claro, Siemens, Nokia, procisa e agora presto serviços a Tim em uma empresa de engenharia, e digo: A demora em investimentos para o 4G de todas as operadoras se dá ao fato de ainda as operadoras não obtiveram o lucro esperado com o 3G. A anatel ameaçou punir com multas pesadas as operadoras que não melhorarem seus serviços com a ampliação de sua rede.

    Sobre a poluição visual: A poluição visual que as antenas causam na cidade, há métodos de camuflagem que podem ser aplicado nas antenas para que elas pareçam uma planta.

    Sobre a possível radiação emitida pelas antenas:
    Até hoje não existe nada cientificamente provado que causa dano a saúde, eu já trabalhei com equipamentos que medem a radiação e sempre encontrei valores bem abaixo da tabela da que a anatel estipula para a segurança da população.

    Sobre novos estudos: Existe um grupo na Europa fazendo uma pesquisa a mais de 6 anos para provar que pessoas sofreram dano a saúde por exposição excessiva a radiação de antenas. Eu particularmente acho que uma pessoa só poderia ser afetada por radiação se estivesse com a cabeça ao lado de uma antena de uma torre o dia todo, para a população que apenas fala nos celulares é praticamente impossível ter algum dano a saúde.

    Curtir

    • Finalmente a palavra de alguém que sabe o que diz, e faz todo o sentido.

      Assim como em qualquer produto (eletrodoméstico, carro, etc), um produto novo só é lançado quando o retorno com o anterior é satisfeito.

      O que nos falta mesmo é uma boa cobertura de wifi. Na Europa e Estados Unidos há cidades com uma boa abrangência de wifi em locais públicos (o que equivale a uns 20 mil pontos de acesso). Um wifi desses teria velocidades de 4G pelo equivalente a 20 a 30 reais mensais no máximo.

      Curtir

    • Também trabalho com telecom e assino embaixo.

      Curtir

  3. offtopic: Quem tiver interesse em assistir às demandas dos manifestantes ao Tarso ao vivo

    http://gabinetedigital.rs.gov.br/audience/

    Pode-se enviar questões online.

    Curtir

  4. Casualmente a cidade com maiores restrições às antenas. Isso mostra que o choro é livre acredita quem quer (ou se deixa influenciar).

    Curtir

  5. No aguardo dos manifestantes que afirmam que essas novas antenas atrapalham o fluxo migratório das gaivotas uruguaias que vão em direção ao Norte na segunda quinzena de agosto.

    Curtir

  6. Oba, agora vamos ter mais que “pífia” velocidade de 15mbs que o 3gmax oferece. Pffff

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: