Começa em Camboriú, SC, a construção do maior arranha-céu do Brasil

Desenvolvido por Andres Juan Bandeo, e descrito como “moderno e arrojado” pela incorporadora, o projeto do maior arranha-céu do Brasil já começou em Balneário Camboriú, no litoral de Santa Catarina.

Com 66 andares, o Infinity Coast é um edifício residencial que terá 240 metros de altura e, por isso, promete “vista definitiva para o mar”, na área da cidade conhecida como Barra Norte.

Imagem_2013011185732_detalhe

A forma de uma asa delta foi a escolhida para a planta do edifício que conta com dois apartamentos por andar, todos eles com três suítes, escritório, sala em dois ambientes, cozinha americana, bar com churrasqueira, e dependências de serviço.

Já a área comum do edifício é (também de acordo com os empreendedores) em “estilo resort”, com piscinas e espelho d’água, bar, spa, área para minigolfe, playground, baby room, muro de escalada, sala de jogos, cinema, salão de festas, pub, pomar, quadra poliesportiva, academia, salão de beleza e salão de festas com espaço gourmet.

Imagem_2013011185806_FG_I_FACHADA_NOTURNA_HQ

Apesar da controvérsia arquitetônica, o empreendimento da construtora FG é um sucesso comercial e apresenta soluções como energia eólica e solar, isolamento acústico dos apartamentos com mantas feita de pneus reciclados, reuso de água da chuva e acessibilidade, além de coleta seletiva de lixo, de óleo de cozinha, e de pilhas e baterias.

infinity-tower-camboriu-4

infinity-tower-camboriu-5

infinity-tower-camboriu-6

Fonte:

Arcoweb

FG Empreendimentos

Skyscrapercity.com



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Arranha Céus

Tags:

61 respostas

  1. Eu comprei um ontem. Estou super feliz. Recomendo

    Curtir

  2. Gostei ! Empreendimento de altissimo nivel ! Estamos engatinhando para chegarmos proximo do primeiro mundo. Vejam os arranha ceus maravilhosos de Dubai.
    Energia eolica,reuso de agua da chuva ,coleta seletiva de lixo,tudo muito parecido com o que acontece nos paises evoluidos !
    Mas os senhores ESQUECERAM de um PEQUENO DETALHE que faz a GRANDE DIFERENCA . ONDE ESTA O TRATAMENTO DA AGUA DO ESGOTO ANTES DE LANCAR NO MAR?
    Onde esta a CAMBORIU DE AGUA VERDE ESMERALDA e AREIAS BRANCAS ?

    Curtir

  3. Estamos atrasados!Mas agora estamos começando com os arranha-céus!
    Viva o Brasil, viva SC!Um estado muito bom!E um país que esta melhorando aos poucos!
    Q povinho medíocre que fica fazendo comentários estúpidos(burros) e inventando bobagens sobre um edifício espetacular!
    Sou natural de SC, mas moro em SP capital, é uma vergonha uma cidade igual São Paulo não ter dezenas de empreendimentos desse porte, p não falar centenas.
    E aos que só falam mal, deve ser inveja ou auto estima baixa, pessoas infelizes, não tenho grana p comprar uma apartamento desses, mas não é por isso que vou criticar ou deixar de admirá-lo!Mas tblho para um dia poder ter certos confortos que o dinheiro trás, como um apartamento ou uma cobertura em um edifício deste nível!
    Abraço a todos!!!

    Curtir

  4. Os ricos do Brasil são mesmo uns imbecis. Igualmente, a chinelagem que se deslumbra com as m.. que eles fazem. O que SC tem de mais bonito é o seu povo e as belezas naturais. Mas os ricos toupeiras que governam aquele estado conseguem estragar o belo. Camboriú virou um esgoto sombreado. Mas os deslumbrados adoram aquele lixo marítimo. O que fazer? Esta grande obra vai poluir só mais um pouquinho. O Adriano deveria levar a mãe dele para lá. De castigo… pelo filho que ela gerou.

    Curtir

    • Sou de Balneário Camboriú e adoro minha cidade. SC é o melhor estado do Brasil sem duvidas alguma, Brasil inteiro adora vir visitar nossa região…. Prédios altos, para mim é a melhor coisa, pois trabalho com construção civil. E digo mais, esse ed. ai em cima o Infinity é apenas o primeiro de muitos que viram, podem ter certeza pq estou por dentro dos futuros projetos, inclusive alguns acima de 80 andares e ainda em estudo um de quase 100 andares……..Abraços a todos que adoram vir a Balneário Camboriú e SC, sejam bem vindos, pq somos o melhor estado do Brasil em todos os sentidos….. Qualidade de vida, empregos, baladas, praias, mulheres ect etc etc

      Curtir

  5. Uaaalll 240 metros de altura… Enquanto isso, o Chile que é o Chile com um prédio de 300 metros de altura. Engraçado, até Arábia Saudita tem um prédio com 601 metros de altura e o Brasil construindo seu primeiro arranha-céu. kkkkkkk…

    Curtir

  6. Li melhor as especificações do prédio e notei que há a chamada Janela Infinity, o que significa isto, é que não há um peitoril com no mínimo 1 metro de um andar para o outro, o que significa isto. No caso de um incêndio em andares mais baixos o fogo quebra os vidros e se propaga de um andar para outro.
    .
    Quando trabalhava em projeto de proteção contra incêndio (na década de 70!), começaram a proibir prédios comerciais que não tivessem no mínimo ou peitoris ou uma fachada dupla em que os vidros externos estariam a no mínimo 1 metro da fachada interna.
    .
    Alguém sabe se esta legislação ainda existe?

    Curtir

    • Rogério, pesquise sobre stopfire, é um elemento que entre andares na composição de fachadas unitizadas, que serão utilizados neste emprendimento…..hj a maior questão discutida dentro dos escritorios da construtora é a questão da segurança. outra coisa, em BC é obrigação empreendimentos terem helipontos como forma de escape.

      Curtir

  7. Credo que coisa mais horrível. Eu não sei se vocês notaram mas o LAVABO abre a porta para a sala de jantar., que coisa mal elaborada, que arquiteto fajuto….hahaha….

    Curtir

  8. “Lindíssimo”, depois falta água nessa vila de ricos burros, as ruas entopem de carros por falta de planejamento viário, a praia não tem mais sol às 3 e meia da tarde… e aí acham ruim! Realmente… a noção de “pogreço” de alguns é muito difícil de entender pra quem tem mais de dois neurônios em paralelo!

    Curtir

    • Não sei não, mas eu acho que a vida do pessoal que comprar apartamentos nesse prédio não vai ser tão difícil assim…

      Curtir

    • meu amigo, problemas de transito tem em toda a cidade do Brasil. Hoje o numero de carros é gigantescos e as montadoras batem recordes atras de recordes de vendas todo mês. Duvido que em sua cidade tb não tenha problemas de transito…. a não ser que vc more no mato.

      Curtir

  9. Arquitetura brega demais. Muito feio !!!

    Curtir

    • – Não interessa se o prédio faz sombra, se é brega, se é fálico. Qualquer prédio seja em Porto Alegre, ou na Conchinchina, fará sombra. Sempre será assim. Uma casa de dois pisos na divisa, fará sombra no terreno alheio.
      – Prédio cafona? Aqui em nossa cidade, eu diria que mais de 90%, sendo otimista, são prédios cafonas e bregas. Verdadeiros caixotes. Não entendo a surpresa de alguns, como se tivessem em sua mente o supra-sumo da beleza, que atenderá à todos os gostos e conceitos de beleza. É muito preciosismo. Basta ver a discrepância conceitual do que é belo em uma galeria de arte. A sabedoria é entender como as outras pessoas vem as coisas, e não que elas vejam como nós.
      – Este prédio foi feito para uma utilidade não para embelezar. Se ficar belo e harmonioso melhor.
      – Não é a cidade de Comburiu que esta fazendo o prédio para embelezar a cidade. É somente uma prédio que nasce naturalmente pela vontade e dinheiro de um empreendedor. O prédio tem defeitos? Certamente, haverá vários. O prédio causará problemas? Certamente, assim como qualquer coisa causa interferência em outra e no entorno.
      – Se a praia esta ficando sombria , o mar já é sujo e o novo prédio vai piorar a cidade, comparem com a nossa bela orla gaucha ou com o desleixo da orla do Guaiba.
      – Este prédio vale pelo seu ineditismo, pela sua imponência, pela ousadia, pelo pioneirismo, e isto também tem seu valor.

      Curtir

      • Marco, você está equivocado sobre alguns conceitos de arquitetura e urbanismo. Pesquise sobre a tríade vitruviana! Essa lei do “menos pior” é sinônimo de um pensamento retrógrado e anacrônico.
        A nossa arquitetura (porto-alegrense) cafona não justifica seu “carimbamento” nas demais cidades. Aliás, é esse pensamento acomodado que influi no total descaso com a educação urbanística e patrimonial que existe hoje no Brasil.

        Sou a favor da verticalização em muitas cidades, mas acompanhada de projetos de qualidade, frutos de muito estudo e desenvolvimento, com acompanhamento de profissionais adequados.
        Além da questão formal é possível citar inúmeras características infelizes deste projeto, mascarados por um falso conceito de sustentabilidade (manta de pneus!?) e pelos ilusórios espaços de convivência (pomar!?) que deslumbram a “upper class”.
        O formato fálico nem é o maior problema, visto que o corpo do edifício apresenta uma composição agradável. O que me incomoda é o famigerado “bandejão” – a total falta de harmonia entre a torre e a base -, a aplicação de texturas inapropriada para um edifício residencial, a configuração do topo, a integração com o contexto urbano (que é complicada em Camboriú, eu sei) etc.

        De nada adianta ousadia e imponência se ausentes de profissionalismo e tecnologias adequadas. Uma edificação deste porte merece mais!
        Como alguém disse acima, não importa o aumento do limite de alturas se continuarmos erguendo pombais. Será a mesma cidade cafona em maior escala.

        Curtir

        • Caro Vinícius.
          .
          A descrição técnica está razoável, entretanto há um aspecto que poucos estão se dando conta, é um edifício com centenas de pequenos apartamentos, e com todas as janelas que são chamadas infinity, que não é mais nada do que uma janela sem peitoril. Como estas janelas deixarão o exterior exposto obviamente seus proprietários colocarão cortinas ou persianas. No caso de um foco de incêndio próximo a janela há grande probabilidade das cortinas pegarem fogo e este se propagar ao próximo andar. Não há uma bandeja de concreto entre necessários duas paredes de vidro distanciadas no mínimo 1 metro da outra, uma interna e outra externa.
          .
          Como o número de apartamentos é grande, a chance de ocorrência de um sinistro isolado num desses apartamentos é grande, e em função da possibilidade real do fogo se propagar, teremos algo como o filme “Um inferno na Torre”, com um agravante, não tem heliponto.
          .
          A planta não dá maiores informações, porém na descrição não está previsto redes de sprinklers, logo não entendo como projetos como este são aprovados.

          Curtir

  10. Quando pronto, será o terceiro mais alto da América do Sul. Parabéns Camboriú.

    Curtir

  11. Minha opinião sobre a notícia:

    – O prédio é cafona, parecendo algo azerbaijanesco (i.e.: do Azerbaijão).
    – Sim predios altos fazem sombra, mas não sabemos o impacto da sombra dele pois nao sabemos onde fica exatamente.
    – Já é tudo sompra em camboriu, mais uma sombra não vai fazer diferença
    – Ser fálico é o ponto de todo arranha ceu. Quem duvida leia as obras de Freud.
    – Vai ser uma opção muito legal de moradia para quem pode comprar devido à altura. É algo realmente bem diferente do comum.
    – É por isso então que a Sharon Stone tem feito propaganda por aqui.

    Curtir

  12. Eu não entendo o fetiche por arranha-céus que o pessoal tem. Eu vivo dizendo que os piores problemas do transito de Porto Alegre não é o excesso de carros, mas sim o excesso de gente que se locomove em Porto Alegre para a estrutura precária que temos (seja em vias, seja em transporte público). Enquanto não tivermos como escoar rapidamente as pessoas que temos hoje em locais de Porto Alegre como o centro, prefiro que fiquemos sem arranha-céus mesmo. Imaginem um prédio comercial de 66 andares, me digam se hoje Porto Alegre tem condições de transportar todas as pessoas que ocuparão este edifício? Depois que tivermos uma malha metroviária decente e ônibus mais eficientes eu sou super à favor de arranha-céus em Porto Alegre, mas agora como está, sou contra mesmo.

    Curtir

    • Podemos ter arranha céus sem problemas no transito se a densidade habitacional for equivalente. Isto é. imagina um predio alto sozinho no meio de uma quadra, enquanto o resto do espaço da quadra é gramado ou area de pedestre. Não haveria nenhum problema pois no arranha ceus habitariam o mesmo numero de pessoas que numa quadra cheia de prédios medios.

      Curtir

    • anta! quanto mais alto o prédio mais espaço para comportar pessoas. e quanto mais concentrada a população menos trânsito!

      Curtir

      • Mas estas pessoas não passarão os restos de suas vidas ali dentro do prédio. Se for um prédio comercial elas precisarão sair para as suas residêcias, e se for residencial elas precisarão sair para ir ao trabalho, escola, faculdade, lazer e etc. É justamente o contrário, concentra transito num lugar onde havia menos movimento antes.

        Curtir

    • Transito é um problema cultural no Brasil, o problema não são carros e sim numero de pessoas…. Olhe bem e veja, normalmente uma família tem muito mais de 2, 3 até mais de 4 carros…. transito infelizmente será um problema eterno, pq as mudanças nas cidades são pequenas em relação ao aumento de numeros de pessoas no mundo, e a tendencia é piorar, onde no brasil se da mais valor em mostrar o carro que se tem….

      Curtir

  13. Concordo com quem disse que Camboriú não serve de modelo. Talvez sirva de modelo do que não deva ser feito em uma cidade litorânea.
    Já tinham assassinado a praia quando começaram a contruir prédios que tapavam o sol ás 4 da tarde. Agora vão começar com prédios mais altos ainda, ou seja, ás 14h se foi o sol.
    Me lembro bem quando os empreiteiros bicuiras de Capão da Canoa queriam construir prédios de 20 poucos andares praticamente dentro da praia….Capão já ficou horrível e insuportável com aquele monte de prédios grudados um no outro.

    Curtir

  14. São Francisco, Chicago, Los Angeles, Dallas, Paris, Hong Kong, todas essas cidades tem delimitações de lugares para ter prédios altos.
    São Francisco – centro
    [im]http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/3/3b/San_Francisco_(Evening).jpg/1200px-San_Francisco_(Evening).jpg[/img]

    chicago – centro
    [img]http://www.aviewoncities.com/img/chicago/kveus9752s.jpg[/img]

    Los Angeles – centro
    [img]http://www.urbanone.com/wp-content/uploads/2012/04/Downtown-LA.jpg[/img]

    Dallas – centro
    [img]http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/thumb/7/73/Dallas_Downtown.jpg/300px-Dallas_Downtown.jpg[/img]

    Londres – centro
    [img]http://timvp.com/london086.jpg[/img]

    Paris – centro
    [img]http://2.bp.blogspot.com/-8guCHnLmbNY/T3IkzjaovmI/AAAAAAAAB1s/cYc1uiOQeA0/s1600/Top+view+of+Paris+downtown%252C+angle+1+from+Eiffel+Tower+in+Paris%252C+France.JPG[/img]

    Hong Kong – centro
    [img]http://image.shutterstock.com/display_pic_with_logo/506623/506623,1317627243,22/stock-photo-hong-kong-downtown-at-day-85826737.jpg[/img]

    Todas as grandes cidades do mundo possuem seus maiores prédios na região central. Isso eu sou a favor, deixe o resto da cidade com restrições, o que possibilita uma melhor qualidade de vida pra cidade.

    Curtir

    • Não queira comparar primeiro mundo com Brasil. A falta de um planejamento urbano é culpa dos políticos em todas as esferas de poder. A falta de planejamento ocorre em todas as cidades do Brasil

      Curtir

  15. Acho que a beleza da cidade não passa por prédios altos. Mas se parte da população gosta, é justo delimitar uma área em POA para a construção desse tipo de prédios.

    De qualquer forma, não consigo entender esse fetiche. Como disseram lá em cima, é um estilo muito mais adequado aos prédios comerciais. Acho super agradáveis os bairros mais antigos de POA, com aqueles prédios residenciais baixos, de quatro andares. Dão um clima familiar ao bairro, parece que as pessoas vivem mais a rua onde moram, o bairro tem mais vida.

    Curtir

    • Eu implico na verdade, com a proibição de construir prédios altos. Ao meu ver o próprio mercado deveria limitar isso e não a prefeitura ou o plano diretor. No máximo, delimitar uma área que não possa ter prédios altos ou que possa ter.

      Curtir

      • So’ imagina a Rossi construindo predios de 40 andares. Pessoal acha que liberando a altura nos viraremos uma Australia ou EUA da vida. Nao! Os predios serao os mesmos pombais, so’ mudara’ a altura. E’ bem verdade que apareceriam uns 2 ou 3 predios bonitos e altos, mas 90% seria blocao a perder de vista, com apartamentos de 2 quartos e 30 metros quadrados. Por isso, acho que o limite de altura atual e’ um seguro contra o caos. Talvez no futuro liberem uma lei onde so’ se admita predios bonitos, mas de feiura nos ja’ estamos bem servidos.

        Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: