Fábrica chinesa de caminhões desiste de instalar unidade no RS

Empresa assinou contrato com o Rio de Janeiro

Montadora fabricaria este modelo.

Montadora fabricaria este modelo.

A fábrica de caminhões Foton Motor roup, de origem chinesa e uma das líderes mundiais do setor, desistiu do Rio Grande do Sul depois de oito meses de conversação com o governo do Estado. Nessa sexta-feira, a empresa informou que assinou contrato com o Rio de Janeiro.

Segundo o vice-presidente da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), Luiz Carlos Paraguassu, os motivos para a desistência da negociação estão na falta de agilidade do Estado em dar continuidade ao projeto. “O processo estava andando bem, mas começou a demorar. Nos últimos 15 dias não andou mais e muitas coisas que precisavam ser definidas, como o local da fábrica, estagnaram”, disse. “O Rio foi rápido e em três semanas já tinha tudo definido”, completou.

A previsão era de que a fábrica iria iniciar a produção com 12 mil caminhões anuais até o oitavo ano entre veículos leves e extrapesados. Apontada como a maior e uma das mais valiosas companhias chinesas, a empresa oferece serviços e produtos para mais de 90 países e mantém 156 concessionárias globais.

Correio do Povo

________________________

Anteriormente no Blog:

________________________

Incompetência de um governo se traduz em fatos como este ! Lamentável !

Todos os investimentos em curso no RS são resultantes de negociações nos governos anteriores, nada deste. Até quando teremos que aguentar governos assim ?



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , ,

16 respostas

  1. Sem infraestrutura adequada para chegada de matéria-prima e escoamento da produção não tem como uma empresa se fixar aqui.

    Curtir

    • Não temos linhas férreas nem um porto decente. Acham que os chineses ou quaisquer outros vão colocar fábricas por aqui.
      .
      As pessoas acham que subsídios e belos olhos são importantes para conseguir indústrias.
      .
      Precisamos com URGÊNCIA de um planejamento ferro-hidroviário para a Grande Porto Alegre, mas todos acham que com o Porto Novo (não sou contra) e com edifícios altos (sou contra) vai se fazer Porto Alegre crescer, quem não cresce é quem pensa nesta besteira.

      Curtir

  2. O problema básico que o quadro do funcionalismo público estadual é pequeno (na parte de engenharia), ganha muito pouco (muitos abaixo do mínimo profissional) e o principal, encontra-se desprestigiado e desanimado, pois os cargos melhores sempre são ocupados por CCs paraquedistas, que além de não conhecerem nada do assunto, são indicações meramente políticas.
    .
    E isto já ocorre a décadas.

    Curtir

  3. Ô seu chinês… eu quero te ajudar, mas você tem que me ajudar a te ajudar… Quem quer rir tem que fazer rir !!!

    Curtir

  4. Não é por nada, mas já é a segunda grande fábrica que o RS perde durante governo PT. É uma pena, é a segunda oportunidade que Guaíba perde de crescimento. Até quando o nosso estado vai mirar pequeno assim? Será que o governo do estado ainda cai no conto de que o RS é o “celeiro do Brasil” que contavam nas escolas durante a ditadura militar e ainda acha que pode se dar ao luxo de perder investimentos como esse?

    Curtir

  5. O Catamarã deveria ter uma estátua em homenagem a Yeda.

    Curtir

  6. Os petralhas nao entendem que para atrair grandes investimentos talvez seja preciso perder no curto prazo, para ganhar no longo prazo, por isso so’ perdem e so’ levam fabriquetas de quinta. E’ fato da vida que sempre havera’ uma prostituta do outro estado que se oferecera’ em condicoes mais vantajosas. Perderam a Ford do mesmo jeito. Iriam perder a GM tambem, sorte que ja’ tava tudo assinado.

    Curtir

  7. Ah, claro com a Yeda era bem melhor (rs).

    Curtir

    • Sim. A Yeda teve coragem de economizar para botar as contas em dia, mesmo sabendo que estaria se queimando politicamente. É claro que isso desagradou muita gente, mas infelizmente é o que se poder fazer com responsabilidade nesse estado falido.

      Já os governos de esquerda vivem num mundo utópico onde todo mundo ganha tudo do estado. Exceto que assim vão arrochando cada vez mais quem tem iniciativa, cria e produz. O resultado é a fuga de empreendimentos e de empreendedores, que preferem se estabelecer num estado sem insegurança jurídica causada por ideologia.

      Sem empreendedores, o RS vê SP progredir a passos largos, enquanto a cidade das árvores intocáveis e dos morros de usucapião regride cada vez mais.

      Quem contesta que SP progride a passos largos, ponha lado a lado as estatísticas que quiser (segurança, educação, etc…) é verá a dura realidade.

      Curtir

    • Muito melhor.

      Ao menos ela fez alguma coisa…. isso sem a tal união das estrelas.

      hahaha

      Curtir

    • Por isso que as coisas não and as m por aqui… O que importa se é Yeda, Tarso ou sei lá quem? O que importa são ações!

      Curtir

  8. Culpa dos portoalegrenses e gaúchos que continuam votando em petistas, esse partido que é o CÂNCER do Rio Grande do Sul.

    E também a Sophia Cavedon, etc… todos eles foram os portoalegrenses que botaram lá no poder.

    Curtir

  9. A propósito, de que partido é mesmo o nosso amado governo? Ah, sim, me lembrei, PT – sem mais….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: