Justiça suspende reintegração de posse da Câmara!

Nova audiência para conciliação em Porto Alegre está marcada para quarta-feira

Justiça suspende reintegração de posse da Câmara   Crédito: Tarsila Pereira

Justiça suspende reintegração de posse da Câmara Crédito: Tarsila Pereira

A juíza Cristina Luisa Marquesan da Silva, da 1ª Vara da Fazenda Pública do Foro Central, suspendeu o imediato cumprimento da liminar de reintegração de posse da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, concedida no final de semana pelo juiz plantonista Honório Gonçalves da Silva Neto. Conforme a nova decisão, a “retirada forçada” dos manifestantes não seria o “melhor caminho”. Uma nova audiência entre vereadores e o Bloco de Lutas pelo Transporte Público foi marcada para a próxima quarta-feira, às 15h.

Segundo a juíza, há uma ocupação organizada do plenário da Casa. “Oficiais de Justiça que compareceram à Câmara verificaram a presença de mais de 400 pessoas, inclusive, crianças, em uma ocupação pacífica e organizada. Também, não há indícios de depredação do patrimônio público pelos manifestantes”, justifica a decisão.

A desocupação da Câmara, conforme o presidente Dr. Thiago Duarte (PDT), deveria ocorrer nesta segunda-feira. Os vereadores decidiram suspender as atividades por falta de segurança. Oficiais da Justiça foram ao local no início da tarde e conversaram com os manifestantes sobre a reintegração de posse. O grupo pediu que fosse aguardada a coletiva de imprensa do responsável pelo Legislativo municipal.

Na Assembleia Legislativa, Duarte pediu maior apoio do governo estadual para a retomada do espaço, através da Brigada Militar (BM). O presidente chegou a solicitar uma investigação do possível uso político da polícia pelo governador Tarso Genro.

Ainda nesta tarde, o secretário da Casa Civil, Carlos Pestana, disse à Rádio Guaíba que a BM precisava de uma ordem judicial para entrar na Câmara. “Recebi o contato do presidente Duarte, que solicitou a presença da Brigada, e fiz o contato com o comando-geral. Mas é importante esclarecer que os policiais só podem entrar na Câmara com ordem judicial. Até hoje, o comandante-geral não foi notificado”, justificou.

O presidente da Câmara também entregou um relatório com os principais fatos desde a ocupação, na quarta-feira da semana passada. No documento, ele acusou os manifestantes de usarem crianças no ato e contou que um artefato foi encontrado embaixo de um veículo oficial.

Correio do Povo

________________________

Grande palhaçada  isso sim !!!!!



Categorias:Outros assuntos

Tags:,

42 respostas

  1. Brazil, varzeano desde 1500.

    Curtir

  2. Tá, mas essa audiência é para definir a retirado do grupo de invasores ou para eles pretenderem impor suas ideias “revolucionárias? Se é assim, e os vereadores não representam mais o todo da comunidade, resta conclamar que todos os grupos políticos e correntes ideológicas da sociedade invadam a Câmara com suas demandas, para assim estabelecermos uma verdadeira democracia direta… ou um sistema político onde tudo é definido pelo grito.

    Curtir

  3. Adoro os comentários profundos do Gilberto: “Grande palhaçada”, sem explicar sua posição, sem se aprofundar sobre o tema. Ele só é contra e depois vem reclamar dos “contra-tudo”, a diferença é que os “contra-tudo” tem argumentos, e muito bons.

    Engraçado que há umas semanas atrás o Gilberto veio pedir desculpas por ter se enganado sobre o movimento. Agora começa a criticar novamente o mesmo movimento, que segue lutando pelo transporte público e contra uma máfia de vereadores que nunca representou a população portoalegrense.

    Curtir

    • Alguns argumentos muito bons – outros péssimos. Passe livre é uma roubada. Será que não da pra entender que quem vai pagar a conta é aquele cara que ganha mil e uns quebrados e pega ônibus todos os dias? Pedir mais Estado quando este já é insuficiente também é uma baita burrada.
      Enfim, a esquerda, no seu geral, só vive de utopias e conto de fadas.

      Curtir

      • Não necessariamente, Rafael, é perfeitamente possível subsidiar esse valor do passe livre através de outros recursos. É possível por exemplo ampliar as áreas azuis (estacionamentos públicos pagos) e aumentar o seu valor. É possível criar um pedágio urbano para circulação de automóveis nas áreas centrais de Porto Alegre, é possível também aumentar os espaços publicitários nos ônibus, colocando anúncios nas laterais dos ônibus e no seu interior, como ocorre no Reino Unido, além de outras dezenas de possibilidades. É só ter criatividade e ousadia e não ficar preso em pensamentos retrógrados do século XX.

        Curtir

        • Ou seja, dar mais incentivo (verba) pra incompetência comprovada das gestões municipais. As mesmas que deixaram a coisa da forma que ela está hoje…
          Na boa, impossível eu acreditar nisso.

          Curtir

      • Quem ganha mil reais vai pagar se continuarem dando isenção da maneira errada, ou seja, cobrando dos outros usuários. A isenção deve ser bancada por outros meios, como pedágio urbano e imposto da gasolina por exemplo.

        Curtir

  4. Fantástico, o pesidente da casa nao quer negociar e quer mandar a bm para cima das crianças. Mas enfim, ele acha que não representa o povo mesmo. http://www.youtube.com/watch?v=281RKzGRVaE&feature=youtu.be

    Curtir

  5. Pior é saber que tem pessoas que acreditam que foi a melhor coisa de 2013… povo politizado ou povo idiotalizado. Os vereadores são os palhaços desse circo, nós somos a platéia e os ocupantes a atração principal. E onde está o leão?

    Curtir

    • Pior é que os invasores da Câmara nem representam os protestos de junho, pois trata-se de um grupo político (os mesmos de sempre) que se apropriaram da “força” das recentes manifestações populares para reivindicar demandas próprias (mais estado, mais ineficiência, mas privilégios…), baseadas em suas ideológicas empedernidas.

      Curtir

      • Abrir a planilha secreta e auditoria nas contas são demandas fundamentais apoiadas por todos que não são do governo Fortunatti ou das empresas de ônibus.

        Curtir

      • Os “invasores da Câmara” são os mesmos que iniciaram as manifestações em Porto Alegre: o Bloco de Lutas pelo Transporte Público e seus simpatizantes.

        Quem és tu para dizer quem eles representam ou deixam de representar. Eu estava nas manifestações e me sinto representado sim pelo Bloco, tanto me sinto que fui lá na câmara apoiar a ocupação e gostei do que vi. Ambiente alegre, democrático, com muita consciência social e política.

        Curtir

  6. vergonha..!!!!!! espero que o gabinete da doutora seja o próximo palco da pacífica palhaçada dessa corja que tem a capacidade de levar criança pra uma manifestação dessas. Aprenderam, provavelmente, com o mst. Cadê o conselho tutelar??

    Curtir

    • Qual o problema de levar criança em uma manifestação como essa? É uma manifestação pacífica, ordeira, as crianças não correm risco nenhum. Muito melhor isso do que o que muito pai faz, deixando as crianças na frente da TV.

      Curtir

  7. Virou circo já!!!!

    Curtir

  8. Andei assistindo as transmissões dos manifestantes e não gostei da postura dos manifestantes, mas convenhamos nosso vereadores são mais inúteis que buzina em avião.

    Curtir

  9. Palhaçada porque a decisão não te serve /

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: