Fortunati aguarda liberação de recursos do metrô para os próximos dias

Prefeito de Porto Alegre pediu mais R$ 2,3 bilhões para o projeto há quase um mês

A expectativa da Prefeitura é que a liberação de recursos para a construção do metrô na em Porto Alegre ocorra nos próximos dias. Em Brasília, para cumprir agenda como presidente da Federação Nacional de Prefeitos (FNP), José Fortunati afirmou à Rádio Guaíba que, apesar de não ter uma data definida, espera o anúncio ser feito em seguida.

Conforme o prefeito, o aporte de R$ 2,3 bilhões ao projeto original está sendo estudado pelos ministros das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, e do Planejamento, Miriam Belchior. “Estamos aguardando os estudos desses Ministérios. Fico no aguardo que os recursos sejam anunciados nos próximos dias. Não posso afirmar que serão liberados, mas tenho uma grande expectativa de que isso venha a acontecer”, afirmou.

No início de julho, a prefeitura de Porto Alegre formalizou um pedido para aumentar os recursos destinados à construção do metrô. Fortunati solicitou um aporte de R$ 2,3 bilhões para viabilizar a obra, já o a proposta atual prevê R$ 1 bilhão. Durante a reunião, a ministra Miriam Belchior se comprometeu em analisar e anunciar uma resposta o mais breve possível.

Correio do Povo



Categorias:Metro Linha 2

Tags:, , ,

13 respostas

  1. Esse senhor que ocupa a prefeitura está de palhaçada com a população de Porto Alegre.
    Tira esses CCs e contrata funcionários competentes, que andam em falta na administração municipal.

    Curtir

  2. Que tristeza um estado como o RS ou cidade como Porto Alegre ter de ficar mendigando recursos (nosso próprio dinheiro levado daqui as dezenas de bilhões de reais anualmente) para construir uma linha de metrô.

    Parece que ainda vivemos a época do Império, em que todas obras públicas eram uma doação do imperador (feita com impostos cobrados da própria população beneficiada). Na verdade, vivemos no Império de Brasília.

    Curtir

    • Em toda empresa, ao se pedir recursos para algum projeto deve-se informar o que e quanto esse projeto melhoraria na empresa. Acredito que o mesmo se refere (de deveria se referir) à administração pública.

      Não é mendigar, é mostrar porque, de que forma, quanto tempo demora, quais as etapas do projeto… É importante mostrar que é viável, útil, importante, relevante… Para mostrar isso precisa de estudos, levantamentos, estatísticas, gráficos, cronogramas… Essa coisa de receber uma quantidade de dinheiro e vir com essa de “achamos uma rocha” é inaceitável. Se eu estivesse na posição de conceder recursos ou não eu não concederia até aprender a dar valor a esses recursos, mostrando que se tem competência para planejar, começar e terminar uma obra.

      Não sei dizer ao certo, mas será que não houve repasse de dinheiro para os Portais da Cidade e hoje me dia não temos nada? E se daqui um tempo o BRT for um simples corredor de ônibus como o da Sertório hoje em dia? Valeu o repasse de recursos?

      Curtir

  3. Pergunta: caso essa verba seja liberada, o método utilizado será o shield ou aquele cut-and-cover?

    Curtir

    • Ninguém ainda sabe, não existem estudos.

      Curtir

    • A prefeitura quer o cut-and-cover, porém, acredito que mesmo com este método, em alguns trechos vai ser necessário usar o método NATM, mais lento, mas que não destrói o que está em cima.

      Curtir

  4. Dizem que, agora, o Papai Noel será contratado pra entregar a obra, pasmem, já em dezembro próximo!!! ueba!!
    …depois do Quico

    Curtir

    • Também gostei Pablo. Aliás este tema, passar o rodo nesta Cecezada inútil e chupim do dinheiro público (Secretarias desnecessárias idem), mereceria um post bem elaborado pelo Blog. Já está mais do que na hora de botarmos o dedo nesta ferida e dar um basta.

      Curtir

    • Se é pra reduzir e fazer cortes tem que começar pelos CCs e número de secretarias. Começando pela SECOPA (Sec. da Copa do Mundo) e SEDA (Sec. Especial do Direito dos Animais). Quase mil CCs é um absurdo, tem setores que existem mais CCs que funcionários, deve-se reduzir a metade o numero de CCs.

      Curtir

      • Essa secretaria da copa foi criada para agradar o João Bosco Vaz, que foi eleito para ser vereador, mas transferiu sua vaga para um suplente que nem sei quem é… Tudo combinado! Aconteceu 24h após o resultado do pleito.

        Isso é como fazer vestibular para outra pessoa.

        Curtir

    • Esses Cargos de Comissão existem para serem preenchidos por pessoas “de confiança” não é?
      Então eu me pergunto, o prefeito conhece essas 917 pessoas? Sério, porque nem no meu facebook eu tenho isso de amigos, e olha que vários eu nem sei quem são de verdade (rs).

      E mesmo que ele delegue a contratação desses para seus secretários, continua sendo uma palhaçada.

      Curtir

  5. E se liberarem a verba, o que nosso prefeito fará? Mais uma concorrência genéria, sem qualquer estudo/projeto preliminar, na qual os concorrentes jogarão os valores lá em cima tendo em vista não saber onde estão se metendo?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: