A cidade que odiava os pedestres

Pegue uma cidade despreparada com uma infraestrutura porca e junte com motoristas irresponsáveis e egocêntricos. Adicione a isso uma fiscalização inexistente e uma cultura conformista, e deixe isso assar no forno da pressa desmedida, e estará pronta a sua máquina de oprimir pedestres.

Neste vídeo produzido por Cecílio Gentil (do site Sinal Vermelho Curitiba) a partir de situações quotidianas de trânsito em Porto Alegre, podemos observar o calvário que o pedestre precisa passar para se deslocar nessa cidade com segurança.

Cecílio Gentil – Faixa de Pedestres – SinalVermelhoCuritiba.COM from SinalVermelhoCuritiba.COM on Vimeo.

É opinião deste editor que uma cidade moderna se constrói garantindo o respeito ao próximo, a segurança e a harmonia entre todos.  Porto Alegre está a anos-luz disso e, em verdade, caminha para o lado errado cada vez mais.

Por sugestão de alguns leitores, iniciaremos uma série de pequenos relatos pontuais das inadequações dessa cidade à pessoa, com o título “A cidade que odiava os pedestres”. Serão fotos, relatos e análises das estruturas atuais, das atitudes e de possíveis alternativas, com a colaboração dos leitores.



Categorias:traffic calming, Violência no trânsito

Tags:, , , ,

74 respostas

  1. Sobre a madame da SUV do vídeo em http://www.sinalvermelhocuritiba.com/madame-de-shopping-orgulho-da-semana-180413/

    Placa IPJ0850

    Data/Hora Órgão Fiscalizador Série Infração
    Descrição Valor(R$) Local Situação

    23/08/2012 10:16 PORTO ALEGRE-RS E009764909 74550
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,13 AV. DIARIO DE NOTICIAS, 600 Paga
    Pagamento: Tipo: GAD-M Data: 27/12/2012 Valor: 68,11 Banco: Banrisul Agência: 1075
    28/05/2012 09:33 PORTO ALEGRE-RS E009538601 74550
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,13 AV. DIARIO DE NOTICIAS 760 Paga
    Pagamento: Tipo: RPV Data: 05/02/2013 Valor: 85,13 Banco: Banrisul Agência: 1075
    07/09/2011 17:03 POLICIA ROD.FEDERAL R234019166 07463
    EXC.VELOC.DE 20 A 50% MAX 127,69 BR-386 KM-346 UF-RS Paga
    Pagamento: Tipo: RENAINF Data: 13/02/2012 Valor: 127,69 Banco: Banrisul Agência: 0835
    28/06/2011 10:11 PORTO ALEGRE-RS E008663962 74550
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,12 AV. PADRE CACIQUE, 1555 Paga
    Pagamento: Tipo: GAD-M Data: 10/11/2011 Valor: 68,10 Banco: Banrisul Agência: 0835
    02/03/2011 16:32 POLICIA ROD.FEDERAL R228384788 07455
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,13 BR-386 KM-346 UF-RS Paga
    Pagamento: Tipo: RENAINF Data: 08/11/2011 Valor: 85,13 Banco: Banrisul Agência: 0835
    17/09/2010 17:41 POLICIA ROD.FEDERAL R222093552 07455
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,13 BR-290 KM-54 UF-RS Paga
    Pagamento: Tipo: RENAINF Data: 18/01/2011 Valor: 68,10 Banco: Banrisul Agência: 0835
    07/01/2009 09:46 PORTO ALEGRE-RS E006340358 74550
    EXC.VELOC.ATE 20%MAX 85,12 AV. ICARAI DF 38M DO NR.1949 – Paga
    Pagamento: Tipo: GAD-M Data: 23/04/2009 Valor: 68,10 Banco: Banrisul Agência: 0835

    Curtir

  2. Artigo de coletânea destas atrocidades contra pedestres. Qurm quiser colaborar envie foto ou vídeo! http://vadebici.wordpress.com/2013/08/21/pedestre-em-ultimo-lugar/

    Curtir

  3. Aproveito esse post para mostrar para vocês um outro exemplo da falta de respeito de vários motoristas.

    Foto: http://tinypic.com/r/dfvyab/5

    Esquina da Oswaldo Aranha com a João Pessoa, 14h. Demorei 15 minutos para sair do estacionamento da Santa Casa e dobrar à esquerda na João Pessoa(!!!!). Tudo por causa de um exemplar motorista de ônibus que simplesmente trancou a passagem e ficamos todos num deadlock. A sinaleira ficou verde 3 vezes, e em todas elas, NENHUM carro poderia avançar, porque estava tudo trancado (às vezes algum se aventurava, como aqueles carros que estão na frente da lotação, trancando a via na outra direção!). E obviamente atrás de mim tinham alguns motoristas buzinando incansavelmente, como se isso fosse resolver o problema.

    É uma falta de respeito/conscientização coletiva tão enraizada na cultura que me deixa com dúvida se é possível mudar isso.

    Curtir

    • Além da estupidez do motorista, temos que considerar também a estupidez de quem desenhou essa interseção. Essa vasta área aberta, sem nenhuma demarcação, sem nenhum canteiro, sem nada, além de tornar a vida do pedestre do pedestre mais difícil, acaba precipitando situações como essa. Se este cruzamento tivesse canteiros “internos” guiando a passagem dos veículos, os pontos de conflito ficariam mais óbvios, e os pedestres teriam travessias mais seguras.

      Curtir

  4. tinham que colocar mais campanhas sobre isso na TV aos poucos as pessoas iriam se dando conta disso, é só olhar na época que teve a campanha do sinal para o pedestre pelo menos por onde eu ando via muita gente parando na faixa, mas isso é uma não vai ser resolvido de uma hora para outra leva tempo.

    outra coisa que poderia ser feito é junto com uma campanha arrumarem as sinalizações das faixas colocando uma placa dizendo para respeitar os pedestres pouco antes da faixa, assim também evitaria de o motorista que vem atrás bater no carro, pois ele vai saber que ali tem uma faixa de segurança podendo o carro da frente parar, e que acho a pior de tudo é a faixa de segurança colada na esquina tinha que deixar pelo menos uma distancia de um carro por segurança as vezes acabamos de sair do sinal verde realmente não se esta esperando uma faixa podendo ter pedestres, acho que afastando um pouco essa faixa seria mais seguro para o pedestre.

    Curtir

  5. A cultura conformista se corrige com uma revolução bolivariana, não é?

    Curtir

  6. Acho que muito dessa cultura do desrespeito ao pedestre está ligado à um passado onde quem tinha carro eram pessoas muito ricas “da sociedade” e os demais pedestres deveriam prestar-lhes respeito e reverência. Veja que são duas coisas: i) desigualdade e ii) preconceito social.

    Em Gramado, todos estão passeando, mas há respeito, pois quem está atravessando a rua não é um “bando de favelado” e sim pessoas que acabaram de estacionar o carro. Em Tramandaí todos estão passeando e não há o mesmo respeito.

    O excesso de regalias a políticos como aluguel de carros e bolsa gasolina prejudicam ainda mais as coisas, pois que estaria apto a exigir maior rigor na fiscalização ou mudança de leis nunca vê a cidade na perspectiva do pedestre e medidas que beneficiam o pedestre são contra eles mesmos.

    Curtir

    • Pode ser que por aí esteja a explicação, ainda somos uma sociedade com ranços escravocratas, não só no trânsito, mas como em outras relações interpessoais. A população em geral adota-se comportamentos de senhor-escravo quando se relaciona com qualquer pessoa que esteja lhe prestando um serviço.

      Curtir

  7. Pessoal, obrigado por compartilhar esse vídeo. É uma luta diária para tentar botar um pouco de educação na cabeça das pessoas – aos pouquinhos chegamos lá.
    Já tinha sugerido esse vídeo pro Gilberto, mas acho que ele ignorou… enfim.

    Curtir

  8. O Phil é um humorista!
    O pior é que andaram tendo alguns posts com gente dando Ibope pro maluco, ueheh
    Qto ao post, as coisas andam mudando, lentamente mas está, só conferir o post sobre São Paulo.

    Curtir

    • Pois é, tenho impressão que a geração mais jovem tem um pouquinho mais de respeito ao dirigir. Geralmente os boçais que eu encontro no dia-a-dia são mais velhos.

      Curtir

      • Mobus.
        .
        Eu estou detectando outro tipo de mudança (para pior) da forma de conduzir de um grupo que conduzia de forma parcimoniosa, as mulheres.
        .
        Há alguns anos, o seguro de carros era mais barato se os condutores principais dos veículos fossem mulheres, elas andavam com mais cuidado, eram mais calmas no volante e provocavam menos acidentes. Infelizmente nos dias atuais, e principalmente as condutoras de enormes SUVs, estão com a direção cada vez mais agressiva.
        .
        Como estou ficando mais velho, e com a idade o senso de responsabilidade geralmente (nem sempre) aumenta, tenho dirigido com mais calma, sem me colocar em situações de risco ou simplesmente respeitando as leis do trânsito, tenho reparado que impacientes que ficam buzinando se não passas por cima de um pedestre mais e mais vezes são mulheres, principalmente algumas madames que estão apressadas em seus SUVs, pois estão atrasadas para a academia!
        .
        É de se perguntar, o porquê deste núcleo que mantinha a civilidade, a educação e a gentileza, está adotando padrões “masculinos” de dirigir (padrões errados, é claro).

        Curtir

        • A muito tempo venho percebendo algo aí, mas nunca tinha extrapolado para o trânsito.

          A “emancipação” da mulher que está em curso a muitos anos acaba sendo mal interpretada por mulheres que enxergam nisso canais de autoafirmação. Então, valores historicamente masculinos, que estão até em declínio, estão encontrando abrigo nessas mulheres com sede de autoafirmação. Me refiro, por exemplo ao tabagismo e ao alcoolismo. Hoje em dia não há mais grandes diferenças entre a quantidade de bebida que as mulheres e os homens consomem, e se não me engano, no caso do cigarro, elas são as principais consumidoras.

          Essa não é uma crítica às mulheres que bebem e fumam, é sim uma crítica às mulheres que bebem e fumam para se autoafirmar.

          Afinal há outras migrações de valores até muito mais danosos do que o álcool e o cigarro, que é opressão aos sentimentos. Historicamente isso era coisa de homem, mas hoje há muitas mulheres vestindo a máscara do poder mas com o coração partido.

          Curtir

        • Falando de madame de SUV, tenho outro vídeo disso – usei até esse flagra nesse vídeo do post, mas essa é a versão completa: http://www.sinalvermelhocuritiba.com/madame-de-shopping-orgulho-da-semana-180413/

          Curtir

        • Resposta abaixo

          Curtir

      • Caro fMobus!
        Obrigado pela parte que me toca.
        Talvez os jovens baderneiros das manifestações ou os jovens que queimaram a escola de Eldorado não sejam bosais e sejam calmos, se comparados com os “velhos”.
        Nota-se que existe uma certa discriminação com quem tem mais idade, principalmente no Brasil. Certamente é um valor cultural nosso de desvalorização de um, que é retrogado, e valorização do outro que vai mudar o mundo. Muitos não percebem que ambos convivem juntos e que se complemetam e que um é a sequencia do outro.
        Não faça de algumas observações uma regra. A agressividade não esta ligada a idade das pessoas.

        Curtir

      • Nao nao, VCS e’ que sao “especiais”!! kkkkkkkkkk

        Curtir

  9. Os mesmos que não respeitam, portam uma educação level suíço quando vão para Gramado. Vai entender.

    Curtir

    • Eu acho que tem um lance de influência do meio rolado lá, Johnnie. As ruas lá são bem desenhadas, as faixas de segurança bem-colocadas, existe um bom nível de traffic calming em geral. Até o motorista mais boçal entra nos eixos quando as ruas forçam ele a se comportar que nem gente.

      Curtir

      • Exatamente.Enquanto lá existe traffic calming aqui fazem de tudo para aumentar o fluxo de veículos,convidando o motorista a pisar no acelerador..

        Curtir

    • Isso é o que eu acho pior. Lá é pra gringo ver, todo mundo parando na faixa bonitinho. Aqui usam a desculpa de “não posso atrapalhar o fluxo”. E desde quando fluxo de veículos é mais importante que o fluxo de pedestres?

      Curtir

      • Cecílio, há outra atitude que atrapalha o tráfego e mostra a falta de civilidade e o espírito de levar vantagem em tudo.
        .
        Quando numa avenida com mais de uma faixa, há uma obstrução de uma delas, geralmente em países civilizados as pessoas vão se ajeitando na faixa que sobrou e quando chega no estreitamento todos já estão alinhados, aqui quando fazes isto, geralmente vem um espertinho e ultrapassa todos pela faixa que está impedida indo trancar o trânsito bem próximo ao estreitamento.
        .
        Isto atrapalha muito mais o trânsito do que dar passagem a pedestres!
        .
        Deveriam fazer um filme sobre isto.

        Curtir

        • Exato, quando todos são educados, os carros vão se intercalando. Isso funciona muito bem, pq se você estiver na pista livre, sabe que entrará um na sua frente, e se está na pista interrompida sabe que entrará na lacuna atrás do carro que está do seu lado.

          Agora os espertinhos ou querem entrar de bando na pista que está livre ou fecham completamente para ninguém entrar na frente. Isso cria oscilações bruscas de velocidade nas duas pistas e todos andam mais lentamente.

          Curtir

  10. kkkkkkkkkkkk….o’ coitado dos pedestres oprimidos..Putz ja to vendo bolsa-pedestre-oprimido, direitos humanos para pedestres oprimidos, intervencao da ONU para salvar os pedestres oprimidos. La vem outra invencionice de classe oprimida.

    Curtir

  11. Esse tipo de coisa também é de dar nojo!

    http://goo.gl/maps/mxEIk

    Curtir

  12. O que custa a EPTC fazer vídeos assim? A Prefeitura tem centenas de câmeras para que?

    Curtir

  13. O pior que uma vez por respeitar a faixa de pedestres quase que o mesmo foi atropelado por um carro que vinha mais atrás e ao lado. Eu parei, o pedestre começou a ultrapassar e quase foi atropelado pelo imbecil do motorista.

    Curtir

    • Comigo isso acontece direto. Tem idiota que acha que os outros param na faixa à toa e nem se dá o trabalho de diminuir a velocidade. Ainda bem que os pedestres ficam ressabiados de atravessar mesmo quando alguém para.

      Curtir

    • É por isso que eu peguei o costume de atravessar o carro no meio na rua – não sei até onde vai a estupidez de ver um carro parado antes da faixa e mesmo assim nem reduzir a velocidade.

      Curtir

  14. Já que passa a maior parte do tempo coçando, a EPTC poderia fazer uma pesquisa. Quem desrespeita mais o pedestre ? Motoristas de: a) carro, b) ônibus, c) lotação, d) motoboys, e) todas as alternativas anteriores.

    Curtir

  15. Fiz uma mulher tomar multa semana passada na Goethe. Tinha a eptc lá e ela em cima da faixa.
    Falei pra agente canetar.

    Tomara que a multa seja alta, assim talvez ela aprenda.

    Curtir

    • O pior é que mesmo assim a EPTC se enrola. Já chamei a atenção de agentes várias vezes para nada acontecer. E tem neguinho que vem falar de indústria de multas.

      Curtir

    • Meu pai já registrou mais de 6 ocorrências na EPTC com relação a um vizinho da casa de minha avó, que optou por largar um caminhão sem as rodas dianteiras emcima da calçada. Sim, isto mesmo. Em pleno bairro São Geraldo, próximo da Cristovão Colombo, o indíviduo largou um caminhão, sem as rodas dianteiras, emcima da calçada, e a EPTC não faz NADA.

      Esses dias meu pai estacionou o carro na Rua São Pedro, para largar uma chave em um chaveiro, e o carro estava a menos de 5 metros na esquina. Isso tudo durou 5 minutos. Ao voltar estava o agente da EPTC caneteando. Ok. Estacionou em lugar que não podia, paga multa. Mas ele perguntou se poderia levar o agente da EPTC até o caminhão, que estava a 4 quadras dali, para o agente dar uma olhada e “quem sabe”, canetear o cara também. O agente avisou que estava com veículo próximo e que iria ali em seguida para averiguar a situação.

      Pergunta, caros amigos, o que vocês acham: O agente foi até o local? Aconteceu alguma coisa com o caminhão?

      Curtir

      • A EPTC, em sua maioria, é despreparada.
        Não sabem organizar o trânsito na rodoviária, falam ao celular dirigindo.

        Claro, a incompetência da nossa prefeitura é cega a isso.

        Curtir

    • Pior que eu acho que não é alta… porque a multa de estacionar em vaga de garagem é 85 pila e imagino que elas não diferem muito.

      E uma agente da eptc me disse que quase ninguém paga essa multinha, logo… tem que canetiar pesado e sem dó igual às multas dos porquinhos no RJ.

      Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: