Estádio Beira-Rio – fotos de 31 de agosto

Data das fotos: 31/08/2013

Autor das fotos: Alexandre Sperb

 

Mais algumas fotos sugeridas pelo leitor André:

100_4889

100_4890

100_4897



Categorias:COPA 2014, Reforma do Estádio Beira-Rio

Tags:, , , ,

29 respostas

  1. Como moro proximo ao estadio, estou aguardando a prefeitura liberar a padre cacique, estarei com filmadora a postos pois irá ter ótimos videos de acidentes e caminhões baú levando a semi-cobertura junto, sem contar os caminhões cegonheiros, da Tramonto/Simpala/Metrovel passando ali. E tres pistas onde???? Enfim, a diversão começa em alguns meses.

    Curtir

    • Dããããããããããã, remendão é o olimPINICO que ficou 26 anos sendo reformado de 1954 a 1980.

      Curtir

    • Sim, eu vejo direto caminhões com 17 metros de altura andando em poa… E óbvio que podendo cruzar pela Beira-Rio eles vão trafegar pela padre cacique… e na pista da direita, q é mais roots…

      lendo comentários assim não me surpreende poa estar do jeito que está

      Curtir

  2. Pelo que vi, não foi o Beira Rio que invadiu a rua, foi a rua que invadiu o Beira Rio. Motivo: Antes haviam 3 pistas, agora haverá 3 pistas mais a pista do ônibus, ou seja de 3 foi pra 4 pistas, e ainda querem calçada.

    Curtir

  3. Já fizeram um freeway na avenida Beira-Rio.

    Podiam ter deixado apenas duas pistas para carros e o corredor de ônibus na Padre Cacique.

    Curtir

  4. A cobertura não atrapalhará em nada os pedestres, pois avançará sobre a calçada só “no ar” e não no chão. É como dezenas de prédios com marquises ou pilotis no centro. Só o nosso grenalismo patético consegue transformar isso num grande assunto. Olhando essa foto (https://fbcdn-sphotos-d-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn2/1274330_10151793934541730_355122160_o.jpg) eu vejo mais problema nos postes que existem há anos na calçada e realmente afunilam e atrapalham os pedestres.

    Curtir

    • Vai ser lindo demais ver um caminhão esbarrando na estrutura e levando ela junto, só espero a camera da Tramonto estar direcionada para o lugar e vermos como o projeto ficou lindo!

      Curtir

    • Verdade, o jeito que botam postes em calçadas e ciclovias aqui em POA é patético.

      Curtir

  5. Não entendi essa foto: https://portoimagem.files.wordpress.com/2013/09/100_4897.jpg
    A calçada sempre foi assim? Alguma delas é nova?

    Curtir

    • Eu passei ali na frente agora de tarde e cheguei a ficar de pé no ônibus pra ver se enxergava o real motivo do zumzumzum da invasão da calçada: o que deu pra entender é que essa curva no momento é só pra delimitar com segurança a área de atução do guindaste mesmo… não vai ter essa desvio na Pe Cacique.

      A título de curiosidade E informação: que a cobertura vai cobrir a calçada isso já é sabido desde que o projeto todo do BR seguia até aquela marina (o 1o projeto, lá por 2008 acho) e tal.
      Tem um mecanismo dentro da lei 8666 – tive isso numa aula de Urbano – que se refere a compra/aluguel do “espaço aéreo”, que é publico. Provavelmente é o que tá acontecendo com o Inter: essa cobertura não cobre a calçada de graça – literalmente… devem estar pagando/alugando a PMPA pra isso.

      Parece doido mas isso existe… vou procurar meu material pra dar nome aos bois.

      Sobre as postagens frenéticas do André com aquele blog: pra mim, um cidadão que se presta a criar um blog só pra cornetear o time rival ou que 90% das postagens se destinem a isso não merece um pingo de respeito. E isso vale pra qualquer lado.

      Que use essa energia e vá fazer uma caridade pra idosos, animais ou crianças.
      Chega de gente doente nesse estado!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      Outro questionamento que eu pesquisei e não descobri nem tive resposta da prefeitura: porque o corredor é mais alto que o nível da rua?

      Curtir

      • Argumento ad hominem : raso como um pires de café ….

        Curtir

        • E o teu cadê?!
          Colar de blog não necessita mais que o Tico e o Teco – e um deles ainda pode estar no banheiro inclusive!

          😉

          Curtir

        • Nossa André, quanto raiva no teu coração meu guri….isso que o teu time tá bem na tabela.
          Mas eu não entendi, primeiro tú trazes “argumentos” de blogs declaradamente gremistas e corneteiros, depois diz que o pessoal não tem argumentos e te ataca, quando a BIanca Grando traz argumentos tú diz que eles não valem. Aí fica difícil.
          Engraçado que os gremistas ficam revoltados porque, segundo eles dizem o Inter se “apropriou” de um espaço que antes era água.
          Em relação a Av Padre Cacique, todos conhecem a distância que havia entre o meio-fio o o Beira-rio, como a rua foi alargada, é óbvio que a distância diminuiu.
          E não é o 1° caso em POA. não lembram da capela do Colégio Pastor Dohms ? que seria demolida para a construção da III PErimetral ? E que no final das contas a via é que teve uma redução na sua largura naquele trecho ?
          Sem falar nos negócios entre OAS, Gremio, Governo do Estado, Prefeitura, terrenos do HUmaitá, Federação dos Círculos Operários, aluguel do CT por 28 centavos o m2, Nossa! Que tal olhar para o próprio umbigo primeiro ?

          Curtir

      • O corredor é mais alto que a rua porque a avenida vai ser reasfaltada, com uma inclinação maior, Bianca. Aqui uma imagem da licitação:

        Curtir

    • A calçada sempre foi assim, VOP, talvez por isso teu questionamento anterior sobre o “pedestre perder”… A calçada do Beira-Rio tem (ou tinha) 2m (o comprimento de uma bicicleta +-), era crivada de postes e placas (tanto no canto quanto no meio, como aquela da foto. Tinha um muro até +- aquela parte, onde o degrau delimita o terreno do Inter.

      Agora, a princípio o pedestre vai ter pelo menos 9m de calçada, pois o passeio vai ser integrado com o terreno (e não segregado por um muro como antes). Destes 9m, 7.5 ficam debaixo da cobertura.

      A via vai passar a 1,5m da base da cobertura, e a cobertura (que desde 2006 já se sabia que iria avançar um pouco sobre a calçada, a 15m de altura) agora vai avançar sobre a rua, porque a prefeitura resolveu que não podia perder 1 via para ônibus, então eles estão expandindo a beira-rio em 1 pista para cada lado. Só que do outro lado da via não vai ter avanço sobre a calçada, pois negociar com 3 revendas de carro, um posto, prédio, colégio e o escambau é mais complicado do que negociar com o Inter. Então na real vão avançar duas pistas de automóveis pro lado do Beira-Rio, que já tinha uma calçada diminuta.

      Vale lembrar que a licitação pras obras da padre cacique só foi licitada e vencida no final do ano passado, enquanto o projeto da cobertura data de 2006. A liberação do recuo de jardim pro Inter antecede esse projeto esdrúxulo da rua.

      O blog podia também postar as fotos do novo alinhamento dos postes, mais de 3 metros pra dentro do terreno do clube:


      Ainda, um pedaço do render do projeto da licitação da av. Padre Cacique


      Curtir

  6. Depois que vi que o Inter invadiu uma via pública e nada vai acontecer, e que a cobertura não vai cobrir o estádio como foi alardeado, larguei de mão!!!!!

    Curtir

  7. Não adianta, torcedor é torcedor, se for analisar de forma correta, da para ver, sem muito esforço, que foi a rua que invadiu o terreno do Inter, não ao contrário… pelamor hein, cada um que eu vejo por aqui

    Curtir

    • No fim o único que sai perdendo de verdade é o pedestre.

      Curtir

    • Quem não tem argumento ataca o argumentador :

      http://www.blogdodemian.com.br/2013/09/todas-as-datas-de-reinauguracao-do.html

      domingo, 1 de setembro de 2013

      Todas as datas de reinauguração do Beira-Rio

      Confesso que até é difícil de acompanhar todas as datas e adiamentos da entrega da obra do Beira-Rio.
      Vamos tentar acompanhar:

      1º – Não ia fechar para a obra.

      2º – Estaria pronto em dezembro de 2012.

      3º – Voltaria a treinar no Beira-Rio em Julho de 2013.

      4º – Estaria pronto em setembro de 2013: aqui e aqui.

      5º – Deveria ficar pronto em dezembro de 2013.

      6º – Talvez esteja pronto em abril de 2014: aqui, aqui e aqui.

      Curtir

  8. Copa do Mundo ? Relaxa e goza :
    http://lucianobioblog.blogspot.com.br/2013/08/copa-do-mundo-2014-o-que-nao-sai-nos.html

    27 de agosto de 2013
    COPA DO MUNDO 2014! O QUE NÃO SAI NOS JORNAIS DE POA.
    QUEREM SABER UM POUCO MAIS A CERCA DO QUE NÃO É NOTICIADO REFERENTE A COPA/14?

    QUER SABER O QUE SÓ O MUNDO DAS “REDES SOCIAIS” DESCOBRE E DENUNCIA?

    QUER SABER A OUTRA VERSÃO DO QUE SAI NAS FONTES OFICIAIS?

    TEM MUITO MAIS ÁGUA PARA PASSAR POR DEBAIXO DESTA PONTE CHAMADA “GIGANTE PARA SEMPRE”…

    ACESSEM OS LINKS:

    http://cubbos-consultoria.blogspot.com.br/search/label/COPA%20DO%20MUNDO

    http://cubbos-consultoria.blogspot.com.br/2013/08/cmdua-pra-que.html

    http://cubbos-consultoria.blogspot.com.br/2013/08/beira-rio-privativacao-do-espaco.html

    Curtir


    • .
      E estes postes no terreno do Inter? Quem invadiu quem mesmo?
      .

      .
      A base da cobertura no TERRENO DO CLUBE. De novo, quem invadiu quem mesmo???
      .
      Antes, a Padre Cacique tinha 3 pistas de cada lado. Agora serão 3 de cada lado e mais o corredor de ônibus. A pista vai aumentar de tamanho. Pela terceira vez, quem invadiu quem mesmo?

      Curtir

      • Suas idéias não correspondem aos fatos .

        http://botecodoilgo.com.br/?p=3447

        Invasão legalizada de espaço público
        ESCRITO POR ILGO EM AGOSTO 24, 2013 PARA: FUTEBOL|24 COMENTÁRIOS – DEIXE O SEU TAMBÉM
        O Inter já tomou posse oficial de alguns hectares no entorno do Beira-Rio, além de tudo o que havia ganho; avançou sobre o leito do Guaíba; e agora se lança despudoradamente sobre a via pública com a reforma de seu estádio.

        A subserviência do poder público é tanta que no trecho em que a cobertura do estádio avança mais a avenida será desviada em quase dois metros.

        Nada ilegal, tudo abençoado e legitimado pelas autoridades.

        Um pouco de história.

        Em 1997, conquistei o segundo lugar no prêmio ARI – merecia o primeiro pela relevância do tema, já que mexia com o patrimônio da cidade – com uma série de matérias sobre o avanço da dupla Gre-Nal sobre áreas públicas.

        Descobri, na época, que a prefeitura de Porto Alegre havia se debruçado sobre o assunto. Quem estava no comando da operação era o vice-prefeito José Fortunati.

        No dia 13 de janeiro de 97, o Correio do Povo abriu a contracapa com a reportagem, por mim assinada, com o título:

        Prefeitura investiga dupla Gre-Nal.

        Resumo: havia dois pontos irregulares no Olímpico. Um na área onde ficavam as piscinas e outro na rótula do Papa. Coisa de algumas dezenas de metros quadrados. Uma migalha perto do prato abundante servido ao Inter.

        Declaração de Fortunati, mostrando documentos:

        “O Inter recebeu, em duas doações, um total de 14 hectares. Hoje, ocupa 31 hectares, comprovadamente”.

        A prefeitura pretendia negociar com o Inter o aproveitamento de pelo menos 4 hectares dos 17 hectares a mais que o clube havia tomado, segundo Fortunati na época, do espaço público.

        A ideia era instalar ali um ‘hotel e um centro de compras’.

        O que está sendo feito hoje pelo Inter, que há alguns anos foi agraciado pela prefeitura, com aval dos nobres vereadores, com a doação de toda a área.

        Tempos depois da minha reportagem, a prefeitura mandou tratores para derrubar um muro que o Inter havia erguido sobre área considerada pública. Um dirigente, já falecido, foi para o local e impediu a ação dos operários do município.

        E ficou por isso mesmo. O assunto morreu e só ressuscitou mais de uma década depois com a posse definitiva de toda a área, um espaço nobre que a cidade cedeu para um clube de futebol, sem protesto, sem choro nem vela.

        Quando se imaginava que a invasão de área pública terminaria aí, eis que vem agora esse avanço que irá atingir 200 metros da via pública.

        Penso que os shoppings da região, com esse precedente monstruoso – o jornal Zero Hora publicou matéria neste sábado tentando caracterizar o fato como algo positivo porque se trata de “uma integração inédita da cidade com um estádio de futebol” – poderiam reivindicar o mesmo benefício.

        Depois de ler a ZH, quase comemorei essa “conquista” para a cidade e seus cidadãos, que terão o “privilégio” de caminhar sob a magnífica estrutura do estádio.

        Bem, vamos aguardar qual será a nova conquista territorial do Inter.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: