Projeto quer integrar bicicletas com o TRI

tri1

 

tri2

Jornal Metro – Porto Alegre – 03/09/2013



Categorias:Aluguel de biciletas, Bicicleta, Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , ,

14 respostas

  1. Eu não tenho nada contra o uso do TRI, acredito que será melhor porque mais gente usando bicicleta significará menos gente usando carro, e a consciência de mobilidade urbana evoluindo com tudo isso…

    Fico me perguntando quem é que tem dificuldade de ter um cartão de crédito hoje em dia…você precisa abrir conta no banco pra fazer um estágio, recebe cartão da C&A, Renner ou qualquer outra loja e já ganha função de crédito nele…
    Mais da metade das transações comerciais no Brasil em 2012 foram feitas em débito ou crédito, superando o dinheiro físico. Será que realmente as pessoas tem tanta dificuldade de ter um cartão de crédito hoje em dia? Como que pagaram o celular que também é necessário pro bikepoa?

    Curtir

  2. O que esperar de um vereador com o nome de Paulinho Motorista ? apenas projetos populistas… O cartão de crédito é o método mais seguro neste sistema. O resto é populismo típico de Porto Alegre.

    Curtir

  3. Não creio que funcione com o Tri. O cadastro com a utilização de cartão de crédito é uma confirmação positiva e real do usuário, alem de funcionar quase como uma caução.

    Curtir

  4. tem é que ter vantagens para usar o tri… eu pego um onibus por trajeto e não ganho vantagem nenhuma usando o cartão… se ainda tivesse desconto inserindo credito antecipado, mas nem isso…

    Curtir

    • A principal vantagem do tri é perder menos tempo com o cobrador dando troco, a possibilidade de pegar dois ônibus pagando uma passagem e a meia passagem para os estudantes, integração com o metrô. Poderia ter passes mensais ou semanais? Poderia, mas ja é inegável que a praticidade que ele oferece seja uma vantagem. Falando em praticidade, pra ficar realmente prático, deveria ter postos de autoatendimento nas principais paradas e estações para que não seja necessário ir até a Uruguai ou à Protásio para recarrega-lo, recarregar pela internet seria uma boa também.

      Curtir

  5. Tem é que ter um fale conosco que funcione. Já mandei várias vezes questionando se há projeto para colocar um posto na cel massot (perto da cavalhada) e nunca tive resposta nem que o pedido foi recebido…

    Curtir

  6. Já que o artigo fala em renovação com a empresa prestadora de serviços, notaram que foi sem licitação?

    Curtir

  7. Note que provavelmente vai ter alguma bizarrice do tipo “só são aceitos créditos do tipo XPTO para as bicis, nem pensar em usar VT ou passe estudantil” e “só dá para carregar no centro”.

    Honestamente, era melhor fazer o totem das estações aceitar notas ou (mais uma vez) podermos comprar cartões de papel com créditos nas farmácias e bazares.

    Curtir

    • Mesmo que se tenha que comprar créditos específicos para as bicicletas no tri, acho válido, pois a mensalidade é muito barata e pode ser usada por pessoas sem cartão de crédito.

      Curtir

  8. Muito bom.
    Pro meu trabalho, vai ser ótimo, mas tem que funcionar até o final do ano, ja que pretendo sair.

    haha

    Curtir

  9. Assim que tiver integração com o Tri e um estação no Campus do Vale da Ufrgs, eu começo a vir pra faculdade de bike.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: