Sete obras de mobilidade de Porto Alegre têm atrasos no cronograma

Prazos foram divulgados em 2011 pela secretaria de obras; datas de conclusão foram prorrogadas

Mais de R$ 95 milhões são investidos na Voluntários da Pátria (crédito: Prefeitura de Porto Alegre)

Mais de R$ 95 milhões são investidos na Voluntários da Pátria (crédito: Prefeitura de Porto Alegre)

Porto Alegre terá dez obras de mobilidade concluídas até a Copa do Mundo 2014. Pelo menos no papel. Os prazos anteriores, contudo, não foram cumpridos pelo governo municipal. De acordo com um cronograma divulgado em julho de 2011, sete projetos da cidade já deveriam ter sido entregues.

As dez obras também foram incluídas na Matriz de Responsabilidades de dezembro de 2010. Segundo a lista das obras prioritárias da Copa, todos os projetos gaúchos seriam concluídos entre junho de 2011 e junho de 2013.

Sete meses depois da Matriz ser divulgada pelo governo, o Sinaenco (Sindicato da Arquitetura e da Engenharia) e o Portal 2014 organizaram o Road Show 2014 – Vitrine ou Vidraça. O evento foi realizado no final de junho de 2011, na capital gaúcha. Na ocasião, a secretaria de obras da prefeitura de Porto Alegre modificou os prazos. Todos as obras tinham data de início e término.

O BRT Protásio Alves, por exemplo, estaria pronto no dia 5 de junho deste ano, após 13 meses em obras. A conclusão foi prorrogada para maio de 2014, a apenas um mês da Copa do Mundo. O atraso é de 11 meses. Mais oito intervenções têm a mesma situação.

Outras três obras, segundo o cronograma, devem ser entregues em dezembro deste ano. São elas: o prolongamento da avenida Severo Dullius, o Corredor da Terceira Perimetral e o Monitoramento 3 corredores.

Segundo o consultor do Sinaenco, Jorge Hori, o atraso ocorreu por conta dos projetos, que estavam incompletos e acabaram por prorrogar a data do processo licitatório das obras.

A previsão de investimento também mudou. Em junho de 2011, o montante era de R$ 480 milhões. Hoje, o valor atinge R$ 887,9 milhões. “Faltou a contrapartida da prefeitura para o financiamento da Caixa Econômica. Isso também causou os atrasos na entrega das obras”, disse Hori.

Confira os prazos dos últimos cronogramas divulgados pelos governos municipal e federal:

Corredor Avenida Tronco

Conclusão prevista: 29/07/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 276

Corredor da Terceira Perimetral

Conclusão prevista: 01/12/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 151

Corredor avenida Padre Cacique

Conclusão prevista: 12/09/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 231

Monitoramento 3 corredores

Conclusão prevista: 01/12/2013

Novo prazo: abril/2014

Dias de atraso: 121

BRT Protásio Alves

Conclusão prevista: 05/06/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 330

BRT João Pessoa

Conclusão prevista: 05/06/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 330

BRT Bento Gonçalves

Conclusão prevista: 05/06/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 330

Corredor Voluntários da Pátria

Conclusão prevista: 19/09/2013

Novo prazo: maio/2014

Dias de atraso: 224

Complexo da Rodoviária

Conclusão prevista: 19/09/2013

Novo prazo: março/2014

Dias de atraso: 163

Prolongamento da Avenida Severo Dullius

Conclusão prevista: 02/10/2013

Novo prazo: março/2014

Dias de atraso: 150

Portal 2014



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014

Tags:, , ,

25 respostas

  1. O “Fortuna” decidiu fazer todas as obras ao mesmo tempo e conseguiu atrasar todas.
    .
    Engraçado é que na campanha eu tinha ouvido “Melhorou e vai melhorar mais”. Se a maioria do povo de POA elegeu ele no primeiro turno, pela democracia, todos agora tem que conviver com suas decisões. Que pena.

    Curtir

    • Eu tenho o PDF com o plano de governo dele. Promessas furadas. Como dizia o Bezerra da Silva: “Candidato Caô Caô”.

      Curtir

  2. Estes políticos não tem vergonha na cara mesmo. O prolongamento da Severo Dullius nem começou e dão o prazo até maio de 2014 para terminar. Os viadutos e trincheiras da 3ª perimetral também, excetuando o viaduto da Aparicio com Bento, as outras nem começaram. O que não fizeram em três anos querem fazer em oito meses. Só pela falta de respeito com a inteligência da população estes pulhas não mereçem receber voto nunca mais.

    Curtir

  3. Claro, colocaram tudo para maio/2014, um mês antes da Copa, para “não assustar” a população. Mas é claro que isso vai se estender por muito mais. Não há dúvidas.

    Curtir

  4. Acho q esses “novos prazos” tão errados hein? Achei que já tinham admitido que a maioria das obras não ficaria pronta pra copa, mas por esses prazos aí, quase tudo acabaria em maio de 2014. Não entendi…

    Curtir

  5. E podem ter certeza que esse numeros de dias de atraso ainda vao dobrar antes do final das obras.

    Curtir

  6. Sobre esse assunto:
    Uma via expressa é uma via sem semáforos, sem comércio e sem calçadas. A perimetral é apenas mais uma avenida. Se querem basear o trânsito em tráfego de veículos, que invistam nisso:

    Notem que é uma via segregada e segura pra dirigir.

    E nisso:

    http://en.wikipedia.org/wiki/High-occupancy_vehicle_lane

    Pra maximizar a capacidade.

    Curtir

    • Deusmelivre ter isso ali na Carlos Gomes.

      Curtir

      • Isso não se enquadraria na carlos gomes porque ela tem prédios, trânsito de pedestres, etc. Isso se enquadraria pra conectar a avenida carlos gomes a outras avenidas sem paradas.

        Curtir

        • Mas Lucas, nenhum dos eixos de Porto Alegre tem espaço pra isso! Pra fazer esse tipo de coisa, ou teria que fazer um caminhão de desapropriações (caro), ou seriam estruturas elevados (caro e feio), ou seriam estruturas subterrâneas (caro pra dedéu)

          Curtir

        • Concordo, mas essas são as soluções pra quem escolheu carro como meio de transporte básico. Se a prefeitura não investe em transporte coletivo decente, deveria pelo menos investir nisso, mas já que não dá… tem que investir em transporte coletivo e ponto!

          Curtir

      • Até acho a ideia de HOV lane interessante, mas duvido que fosse dar certo no Brasil. E mesmo assim, HOV lane vai requerir segregação e isso consome espaço. Nenhuma via de Porto Alegre teria como fazer isso. Só a Ipiranga talvez.

        Curtir

        • Concordo, mas nenhuma cidade tem, espaço se compra. Não estou defendendo a implantação disso, só estou mostrando que estradas não mordem.
          Outra, geralmente as HOV são enforçadas com câmeras que detectam os passageiros, eu acho que alguém já postou isso aqui no blog.

          Curtir

        • Na verdade, estradas ainda assim mordem, em termos de eficiência de ocupação de espaço. Mesmo implementando HOV lane, o máximo de capacidade por faixa vai ser 10 mil passageiros por hora por sentido. Trens fazem o dobro disso brincando usando praticamente o mesmo espaço.

          Curtir

        • Honestamente quando vejo a foto imagino uma br116 na cidade. Me parece realmente eficiente para dirigir mas divide a cidade em setores (como Canoas) e mata a vida do entorno.

          Curtir

        • Depende muito da construção, porque geralmente dentro de cidades eles fazem essas rodovias enterradas, abaixo do nível da cidade. As ruas e avenidas continuam passando por cima normalmente.

          Exemplo: http://images.publicradio.org/content/2009/06/03/20090603_traffic_33.jpg

          Mas claro que é caro fazer isso, mas repito: pra quem escolheu o carro como meio de transporte básico, é ASSIM que se soluciona, não colocando mil viadutos numa avenida de duas faixas.

          Curtir

        • fmobus: concordo que a capacidade é menor, por isso não é geralmente usado na europa, onde a densidade das cidades é bem maior (como o brasil), e mais usado nos estados unidos, onde existem subúrbios extra esparsos.

          Curtir

        • A Ipiranga precisa é de um corredor de ônibus.

          Não faz sentido implantar HOV lane antes de um corredor de ônibus.

          Curtir

    • Se é pra fazer uma segregação tão grande assim ou mesmo uma via elevada para essa segregação, que se faça num espaço menor para uma linha de metrô. Ambas causam uma cicatriz muito grande na cidade, mas pelo menos o metrô tem capacidade muito maior que uma rodovia ou avenida.

      Curtir

  7. Olha a frase que se vê no link do corredor da III Perimetral:

    “Projeto inclui a realização de cinco OBRAS DE ARTE para desafogar uma das principais vias expressas da capital gaúcha.”

    Desconfio que tem alguém trollando o site hehehe

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: