5 obras “da Copa” ficarão para 2015

Cinco das 11 obras projetadas para a Copa 2014 em Porto Alegre poderão ficar para 2015, informa a Zero Hora desta segunda (30).

É o que já admite a Prefeitura Municipal, embora a redefinição das datas ainda dependa de acerto com o governo federal. São erros de planejamento e projetos com falhas na elaboração, apontados pelo TCE, a desapropriações discutidas na justiça e impasses ambientais e arqueológicos.

As cinco obras são a duplicação da Avenida Tronco, o prolongamento da Avenida Severo Dullius, o viaduto da Avenida Plínio Brasil Milano, a duplicação da Voluntários da Pátria e a implantação do sistema BRT (ônibus de trânsito rápido).

Affonso Ritter



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014

Tags:,

9 respostas

  1. “impasses” = nome bonito para falta de planejamento e gestão. Mas enfim, não concordo nem com metade das obras. Fica o “eu avisei”.

    Curtir

  2. Que lixo de gestao administrativa, tudo atropelado, tudo mal projetado, tudo mal resolvido, tudo “apressado”…enfim, Porto Triste é uma piada!
    Somos todos DesaFortunatis

    Curtir

  3. O dinheiro federal tem que entrar. Não tem como sustentar as grandes obras urbanas só com IPTU. Fora isso, faltaria diminuir os CCs e o conluio da classe política com a ATP e o SINDUSCON. Com essa medidas, o desperdício seria reduzido e os esforços seriam direcionados para obras realmente relevantes.

    Curtir

  4. Bem, a maioria das obras não tinha importância nenhuma para a copa mesmo.

    Fico triste pela Tronco, que além de necessária para a mobilidade da cidade era a única que eu considerava importante para o evento.

    Curtir

  5. Qual o problema com o viaduto da Plínio ? Aquela revenda de carros que INVADIU TERRENO PÚBLICO ? Passou dos limites… vergonha.

    Curtir

  6. Teve pouco tempo pessoal, vamos dar um desconto…

    Curtir

  7. Melhorou, vai melhorar…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: