Iguatemi anuncia oficialmente projeto de expansão (atualizado com imagens)

construindo-do-jeito-2

Com o texto abaixo, o Iguatemi Porto Alegre anunciou hoje, 17/10, oficialmente, a sua expansão, que deverá adicionar 20,4 mil m² de ABL (Área Bruta Locável) e mais uma torre de escritórios com 10 mil m².

“Hoje é um dia muito especial para nós! Estamos anunciando oficialmente o projeto de expansão do Iguatemi! Como já explicamos aqui, as obras já estão em andamento, e o objetivo é atender vocês ainda melhor, com mais conforto e opções diferenciadas de compras, serviços e lazer. A expansão também vai oferecendo novas oportunidades aos lojistas.

No ano em que completamos três décadas, temos uma certeza: a gente cresce junto! A previsão é de que a inauguração aconteça no primeiro semestre de 2015.”

Serão 100 novas lojas (totalizando 373 no shopping) entre elas algumas inéditas como Top Shop, Sephora, Zara Home, Gap e uma filial da academia Body Tech.

“É um projeto de grande porte. É como se estivéssemos construindo um novo shopping”, afirmou o vice-presidente comercial do Iguatemi Rodolpho Freitas, destacando que o projeto começa quando o shopping comemora 30 anos. O prédio terá três pisos, nova área de alimentação, com 20 lojas e dois restaurantes no térreo, com entrada externa. O estacionamento terá mais 1,3 mil vagas, sendo 1 mil cobertas. Atualmente o shopping conta com 3 mil vagas.

A contrapartida para a cidade inclui alargamento da rua Anita Garibaldi e reforma geométrica da via.

iguatemi-ficha-tecnica

iguatemi-poa3

Fonte: Iguatemi Porto Alegre + ZH + Correio

VEJA MAIS IMAGENS, INÉDITAS :

Imagens do hotsite da expansão do Iguatemi Porto Alegre.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Shopping Centers

Tags:, , ,

60 respostas

  1. Entrei em contato com o departamento de marketing do Iguatemi solicitando mais imagens da expansão. Eles foram educadíssimos e me enviaram o endereço do hotsite da expansão, do qual retirei todas as imagens do post, adicionadas agora pela manhã (18/10). Um agradecimento especial ao Iguatemi pelo atendimento do meu pedido.

    Curtir

    • Como assim!?! É o departamento de marketing que deveria te agradecer!!! Não é todo mundo divulga informação espontaneamente. Aliás, o próprio Iguatemi cobra para fazer divulgação 🙂

      Curtir

      • O Blog é sobre arquitetura !!! Tenho a obrigação de informar os meus leitores sobre essa grande obra na cidade!!! E pra analisarmos o projeto também. Este não é um blog comercial. Se eles me cobrassem mandava a merda !

        Curtir

  2. me espanta como posts sobre esse assunto tem mais comentários que os 2 posts sobre a coleta de lixo…

    Curtir

  3. Olhando esse prédio novo que vão construir, bem que poderiam fazer uma sequencia de prédios, não precisam ser altos, até uns 4 ou 5 andares, num padrão parecido, mistura de residencial com comercial, tudo na volta do Iguatemi.

    Teria uma clientela fiel para o shopping, ocuparia o grande estacionamento, daria mais vida para a quadra, mais segurança, e acho que ficaria muito bonito.

    Curtir

  4. Nada contra, ate acho legal uma guriazinha com um canguru da Gap, mas acho ridículo essa babação de ovo pela marca.

    Eu tenho e mal uso, ganhei da minha mãe em uma viagem aos Eua, pagou uma mixaria, idem para uma jaqueta da Oakley que aqui custa quase 500 reais, e que custou numa promoção nos Eua, 30 doletas.
    hahaha

    Sobre a noticia, não sei o que pensar, o Iguatemi, na minha opinião é o melhor shopping da cidade, pelas fotos, parece que vai ficar melhor, mas não tenho como saber se isso vai ser em todo o shopping, ou só na parte nova.
    Se for pra remendar, que nem façam então.

    Eu gosto do estilo de “tijolinhos” do shopping, mas poderiam por umas janelas nele (como nas imagens).
    Vai ver nunca fizeram isso prevendo as ampliações, mas vai saber,né?

    Uns bares, restaurates e coisas do tipo numa area ao lado de fora tambem não cairia mal.

    Curtir

    • Paguei 17 doletas num moletom da Gap quando fui pro Canadá, quero ver achar um moletom bonzinho aqui por menos de 80 pila.

      Curtir

  5. Gostei do aparente acabamento do projeto!

    Curtir

  6. Só espero que tenha uma Starbucks…

    Curtir

  7. GAP e H&M são lojas de grife apenas se o parâmetro de comparação for o Saldão Oba-Oba ou o Balaião da Tia Nice.

    Curtir

  8. da-le capitalismo…apesar da forte resistencia da esquerda caviar, Poa irá se tornar cada dia mais uma cidade capitalista…por isso o desespero da esquerda que tenta barra uma série de projetos, mas depois que muitos deles sao concluidos, nao abrem mao de conhecer e consumir.. adoram fazer uma boquinha no mac, compram iphones e usam artigos da nike.

    Que venham as grifes internacionais, as grandes obras e um grande ambiente para negócios.

    felizmente ainda temos uma economia forte, apesar do declínio dos últimos anos, ainda somos figurões no Brasil!!

    Poa tem que pensar grande, tem que ser globalizada, tem que estar de braços abertos para receber os grandes investimentos!!!

    Curtir

  9. E o Hard Rock Café? 😦

    Curtir

  10. Po, de cara vamos ter 2 GAP, Barra e Iguatemi, agora faltam por aqui, Armani, H&M, Louis Vouitton, Tiffany, e claro, bolso pra fazer comprinhas, heheh

    Curtir

    • H&M está chegando também, no Barra.

      Curtir

      • Ó, Hermes Macedo voltando ao mercado, hahahaha.

        Curtir

      • Oba, serio, Gilberto? Sei que ano que vem inaugura a primeira na avenida paulista em um predio proprio, mas a propria nao falou nada oficial. Dessas lojas de grife, sei que no barra vem a GAP em janeiro, e a Daslu esse ano ainda. a H&M não sabia. Alias, oba por que??? Cade a grana, cade?????

        Curtir

        • “Dessas lojas de grife, sei que no barra vem a GAP” não sei o que comentar haha

          Curtir

        • GAP é que faz aqueles uniformes que todo mundo usa igual?

          Curtir

        • Mas os modelos que virão pra ca não são só essas 3 letras numa camiseta ou moletom: http://www.gap.com/

          Curtir

        • De qualquer maneira a GAP, a H&M e essas em geral são basicamente Renners ou C&As em questão de qualidade e preço, a diferença é que eles contratam pessoas com uma mínima noção de estética pra fazer as coleções. Grifes mesmo seria se abrisse Prada, Gucci, Armani (não exchange), como tem no Iguatemi em SP, só acho que Porto Alegre não tem público rico o suficiente pra abrir isso aqui.

          Curtir

        • Não querem uma sociedade “igualitária” ? Todo mundo coletivo juntos, usando roupas GAP. Mas pode ser jaqueta Lacoste e abrigo Adidas, ou aquelas roupas sem grife chinesas do tempo do Mao Tsé Tung.

          Curtir

    • AJ, os comuna-contraprédios-xiitas vão te xingar!

      Curtir

    • A Tiffany não tem no Barra?

      Curtir

    • Armani já não tem?

      Ainda falta termos os cafés Hard Rock e Starbucks!

      Curtir

    • Não sei qual motivo de comemoração. GAP e tantas outras lojas “de grife” possuem fabricação oriunda de trabalho escravo.

      Olhem aí da onde vêm os moletons e camisetas que se usam por aí com aquelas letras grandes “GAP”:

      http://jovempan.uol.com.br/noticias/brasil/sao-paulo/fiscais-flagram-trabalho-escravo-em-confeccao-da-gap-em-sao-paulo.html

      http://horadopovo.com.br/2013/04Abr/3143-17-04-2013/P5/pag5d.htm

      http://oglobo.globo.com/blogs/ny/posts/2007/10/29/gap-acusada-de-patrocinar-trabalho-escravo-na-india-78809.asp

      Curtir

      • Os Cubanos tambem sao escravos do regime ditatorial castrista, os Norte Coreanos idem, tendo que fazer trabalhos desumanos e muitas vezes nao recebem nem comida em troca, pois sao regimes em que os ditadores se aonderam de todos os recursos da população que escravizam.

        Analisem a atual situação dos médicos Cubanos, ELES VIVEM COMO ESCRAVOS E AINDA SÃO OBRIGADOS A TRABALHAR EM PAISES CUMPANHEIROS PARA FINANCIAR OS COMUNAS DO PARTIDO DE FIDEL.

        O primeiro passo para combater a escravidão é aceitar que existem certos valores universais inegociáveis, que entre eles estão os conceitos de liberdade individual e propriedade privada, a começar pelo próprio corpo, e que nenhum relativismo cultural pode ficar acima deles.

        Constatar isso é importante, pois vemos que a escravidão permanece justamente em locais onde há menos influência dos valores ocidentais. Países asiáticos ou africanos, e muitos muçulmanos são os principais focos de escravidão em pleno século 21. Eis a triste realidade que não pode ser escamoteada.

        Curtir

      • sempre tem um tolo pra achar defeito.

        Curtir

      • Jesus, mas se existe trabalho escravo na China o maior culpado é o próprio estado Chinês. Não são só as empresas que estão ganhando, o estado com certeza tira lucro sobre isso, seja por acordo ou impostos.

        Curtir

        • No meu ponto de vista, o maior culpado é quem consome, e não quem oferece. Se a China oferece trabalho escravo, isso não torna automaticamente aceitável o consumo dessa forma de trabalho.

          Curtir

        • Alan, o maior culpado é quem contrata o trabalho escravo, pois ele tem total consciência da condição indinga dos trabalhadores. O consumidor, na grande maioria das vezes, não faz a mínima ideia de como e onde é produzido determinado produto.

          Curtir

        • Fred, sim, concordo com você. Utilizei o termo “consome” no sentido da empresa consumidora do trabalho escravo. Na questão do cliente que compra a mercadoria, realmente cabe àqueles que conhecem a origem dos produtos tomar a decisão que achar melhor.

          Portanto, voltando o inicio desse post, eu, na condição de conhecedor da origem dos produtos dessas lojas, nada tenho a comemorar com a abertura de mais uma filial dessas empresas.

          Curtir

        • Não consumir uma gota chinesa não vai alterar esse regime que sujeita parcela de seu povo à escravidão, já que a exploração existia antes mesmo da China se tornar a “máquina” do mundo.

          Curtir

        • Alan, não há como o consumidor controlar o regime de horário e pagamento dos trabalhadores em cada estabelecimento onde se compra ou na fábrica onde os produtos são produzidos. então, deixa de ser tolo.

          Curtir

        • Fernando Duarte, agora você sabe pelo menos da situação da GAP, com a informação que eu trouxe para você aqui. Menos um tolo. 😉

          Curtir

%d blogueiros gostam disto: