Grupo que depredou escritório diplomático vai para o Presídio Central

Sala onde será consulado dos EUA em Porto Alegre foi pichada

Depois de passar a noite prestando depoimento na 2ª Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), um grupo de seis pessoas, detido na sexta-feira após invadir o escritório temporário do consulado dos Estados Unidos na Capital, foi levado, na manhã deste sábado, para o Presídio Central e para a Penitenciária Feminina Madre Pelletier. Outros dois menores de idade estiveram no Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (DECA), não deram explicações e foram liberados, mas devem se apresentar na segunda-feira no Ministério Público (MP).

De acordo com o delegado Ayrton Figueiredo Martins Junior, os cinco homens e a mulher fazem parte da organização socialista A Marighella e responderão por crimes ambientais, cárcere privado e dano ao patrimônio, já que fizeram pichações nas cores verde e amarela, pintaram uma foice e um martelo (imagem símbolo do comunismo) e rasgaram a bandeira americana no estabelecimento. A sala fica localizada no Strip Center Boulavard, na zona Norte da Capital.

Por meio de comunicado oficial, A Marighella confirmou a ocupação dizendo ser contrária à espionagem imperialista, o leilão de Libra (pré-sal, ainda que não haja petrolíferas dos Estados Unidos participando do processo) e a prisão de ativistas em protestos de rua no Rio de Janeiro.

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:, , ,

7 respostas

  1. Acho super errado eles levarem esses caras pras masmorras do presidio central. Podiam levar uma multa de uns 5 mil, 10 mil reais cada um que seria bem mais instrutivo, útil e justo.

    Curtir

  2. Mandar para o Central os manifestantes que protestavam (ainda que de uma forma meio estabanada) contra a espionagem dos EUA é tudo que o Tio Sam queria.

    E ainda aplaudimos.

    A gente nasceu pra ser colônia mesmo, não adianta…

    Curtir

  3. Tomara que façam o habo deles para eles sentirem que pimenta no ku dos outros eé refresco!!! Certo que algum marginal vai fazer o ku desses filinhos de papai….eu torço por isso para aprenderem a ter limites!!!

    Curtir

  4. Toooma, filhos da …..

    Ser’á que vão querer um lugar especial no presidio?

    hahaah

    Lugar de marginal é na cadeia.

    Curtir

  5. Finda da picada! Devem receber punição exemplar para poder aprender a realizar protesto civilizado. Como alguém consegue pegar mensagens como essa é transforma-las em “luta patriótica pela democracia e liberdade” é algo que realmente desafia qualquer lógica!

    Curtir

  6. Ta certo!!!!

    Curtir

  7. + Depredação :

    OFF

    http://polibiobraga.blogspot.com.br/2013/10/desde-o-inicio-do-ano-tribunal-de.html

    quinta-feira, 17 de outubro de 2013
    Desde o início do ano Tribunal de Justiça cozinha apelação de Stela Farias, condenada em primeira instância, em Alvorada

    Ao lado, Stela Farias, PT. A deputada considerava-se dona do fundo de pensão dos municipários de Alvorada. Condenada por má aplicação de R$ 3 milhões, ela recorreu ao TJE, mas continua com bens bloqueados.

    Dorme desde o início do ano no Tribunal de Justiça o recurso interposto pela deputada Stela Farias à condenação de que foi objeto no juízo singular do município de Alvorada, tudo porque na época em que foi prefeita de Alvorada, junho de 2004, aplicou R$ 3 milhões do fundo dos servidores municipais, Funsema, sem autorização para isto e junto a um banco sabidamente bichado, o Banco Santos, que quebrou.

    A apelação ainda não foi julgada por nenhuma das Câmaras Civeis, porque houve erro na distribuição para a 2ª. Câmara, mas o Ministério Público já falou no processo e quer que o TJE mantenha as condenações.

    . Se isto acontecer, Stela Farias irá para a Lei da Ficha Limpa e não poderá concorrer em 2014.

    . Eis as penas aplicadas pelo juiz singular de Alvorada, que recebeu do MPE respaldo no primeiro e no segundo graus:
    – Multa civil correspondente ao triplo da remuneração que ela percebia como prefeita.

    . A deputada está com sua casa e com seu carro bloqueados por decisão judicial.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: