Santa Maria pode perder investimento milionário de empresa alemã por demora da Fepam

Devido à burocracia da Fepam, multinacional alemã KMW reavaliará investimentos em Santa Maria e no Estado

Empresa planejava empregar 500 funcionários na cidade até 2017, mas parte do investimento pode ir para outro Estado

As obras de construção da sede da fábrica alemã de blindados KMW estão paradas em Santa Maria Foto:  Fernando Ramos  /  Agencia RBS

As obras de construção da sede da fábrica alemã de blindados KMW estão paradas em Santa Maria
Foto: Fernando Ramos / Agencia RBS

A longa demora da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) para liberar o início da obra da KMW em Santa Maria fará a multinacional alemã rever os investimentos no Estado e em Santa Maria. O pedido de licença para a construção foi feito pela fabricante de blindados em agosto de 2012, mas, até agora, 14 meses depois, ainda não foi dada a resposta pela Fepam.

A situação se agravou nos últimos dias, quando a fundação estadual não deu previsão exata de quando será dada a licença para a construção do prédio da KMW na cidade. Por causa disso, o gerente-geral da KMW do Brasil, Christian Böge, foi chamado nesta quinta-feira, às pressas, para uma reunião na sede da KMW na Alemanha. Na semana que vem, ele terá reuniões com a diretoria da multinacional para reavaliar todos os investimentos futuros no Rio Grande do Sul.

A multinacional garante que irá cumprir os dois contratos que têm com o Exército Brasileiro, de desmontagem de blindados antigos e de manutenção dos 220 Leopard 1A5. Para isso, ainda pretende construir sua sede em Santa Maria, mas há sério risco de novas expansões e novos projetos da empresa serem transferidos para outro Estado, onde houver menos burocracia. O Paraná estaria sendo cogitado. Dessa forma, a sede da KMW na cidade ficaria apenas no projeto básico, sem ampliações futuras e com menos funcionários que o previsto inicialmente.

Deni Zolin | deni.zolin@diariosm.com.br

Leia a matéria completa clicando aqui (Diário de Santa Maria)



Categorias:Economia Estadual

Tags:, , ,

18 respostas

  1. Parabéns FEPAM e parabéns a esse governo que só ferra com o estado

    Curtir

  2. A FEPAM manda reciclar o lixo?? A FEPAM mandou desassoriar a Lagoa do Patos. o estuário do Guaíba e seus afluentes??? Lembra Esteio está semana???? Meio-ambiente é esquema, dim dim$$$$$$$.

    Curtir

  3. Parabéns aos envolvidos… Com direito a uma salva de palmas! (clap-clap)

    Curtir

  4. É apenas um dos perdidos, ainda perderemos muitos mais pela incompetência que impera neste Estado….

    Curtir

  5. Ou então livrou Santa Maria de um grande desastre ambiental.

    Curtir

  6. Santa Maria não merece isso. Em epoca de campanha falam em atração de investimento, depois os proprios orgãos governamentais dão um jeito de estragar tudo.

    Curtir

  7. Fabio bsb vai estudar um pouco meu caro,.desde quando estes blindados são novos, o leopard é um carro complicado por isso veio parta cá e a industria brasileira e o desenvolvimento de tecnologia como fica?

    Curtir

  8. Será que esse atraso não está relacionado ao escândalo de venda de licenças? Antigamente era só pagar e pronto, mas depois q esse caso de corrupção foi exposto, tem q trabalhar direito e não é fácil trabalhar direito de uma hora para a outra.

    Curtir

  9. Pra quê indústria, vão plantar soja.

    Curtir

  10. Muito interessante como funciona as coisas aqui no Brasil. Esta empresa não tem nada de boazinha ela faz parte de uma estrategia de se comprar equipamento militar defasado e sucateado quase de graça e depois cobrar mais do que vale para fazer funcionar.

    Curtir

    • 1.E o que isto tem a ver com a licença?
      2.Nenhuma empresa é boazinha.
      3.Falar que um veículo militar novo é sucateado é sacanagem, e o que o EB tem hoje? Abhrams?

      Curtir

  11. Parabéns pela eficiência….

    Curtir

  12. Ou se conclui deferindo a licença ou não se defere a licença, fazendo com que a prefeitura viabilize logo uma outra área.
    o que é inadmissível é uma demora sem prazos

    Curtir

  13. Parabéns RS, mais um investimento indo pra fora. Porque tem que ser assim? A empresa tem que ameaçar sair para nossos órgãos (in)competentes se agilizem?

    Curtir

  14. Na boa, está mais do que na hora destes órgãos ambientais do estado trabalharem com PRAZOS!!! Se perderem o prazo, perdem o direito de reclamar.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: