Hospital de Clínicas assina contrato com construtora para sua ampliação em 70%

Assinatura acontece nesta quinta (07), às 15h

Maquete da ampliação. Imagem: HCPA

Maquete da ampliação. Imagem: HCPA

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA) assina nesta quinta-feira (7), às 15h, contrato com a empresa vencedora do processo licitatório para executar as obras de ampliação da instituição. A construção dos prédios anexos I e II, que vão ampliar o hospital em quase 70%, ficará a cargo do Consórcio Tratenge—Engeform. No novo complexo hospitalar, será dada especial atenção às áreas para atendimento dos pacientes considerados criticamente enfermos – aqueles que necessitam cuidados urgentes ou intensivos. A Emergência, por exemplo, que hoje conta com cerca de 1,7 mil metros quadrados, ficará com mais de 5 mil, podendo oferecer melhores condições de acolhimento aos pacientes. Já o Centro de Tratamento Intensivo (CTI) passará de 54 para 110 leitos (detalhes completos abaixo e simulação de imagem em anexo – se necessário, dispomos de versão em alta resolução).

Por ser um hospital universitário vinculado academicamente à Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), o Clínicas também vai incrementar a infraestrutura dedicada ao ensino e à pesquisa. Anualmente, o HCPA oferece aulas práticas para mais de 2 mil alunos de diversos cursos de graduação da Ufrgs e é área de pesquisa para 1.300 mestrandos e doutorandos, constituindo um dos principais polos do país para formação de recursos humanos e produção de ciência na área da saúde.

A assinatura do contrato acontece no segundo andar do hospital, na sala do Conselho Diretor. A solenidade contará com a presença do prefeito de Porto Alegre, José Fortunati, secretários municipal e estadual da Saúde e outras autoridades.

Fonte: Hospital de Clínicas



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Prédios

Tags:,

14 respostas

  1. pq não ampliarem e melhorarem os hospitais no interior do Estado ? E não fazer com que mais gente venha do interior em busca de atendimento, tão precário nas suas regiões de origem.

    Curtir

  2. Não entendo como as pessoas são tão desnaturadas e desalmadas, sem Alá no coração. Sabem quantas árvores serão assassinadas para construírem essa obra inútil?

    Primeiro, todos sabem que hospitais não servem para nada. Já viram alguém jogando futebol ou pulando carnaval em uma sala de cirurgia? Não, né? Salas de cirurgia são a diversão dos psicopatas inimigos dos programas governamentais em parceria com nossos irmãos cubanos. Lá pessoas abrem outras com facas por simples diversão (dizem que é para curar, mas todos sabem que isso não adianta, o caminho é a medicina preventiva, todos sabem, todos sabem, não adianta, não discuta).

    Segundo, as irmãs árvores são seres humanos como a gente e merecem todo o respeito e direitos. Esse papo nazi-fascista dos assassinos de árvores e de beagles vem dos mesmos que dizem que temos que “matar” os bandidos, os pobres excluídos sociais marginalizados propositalmente pela classe média. Afinal, todos sabem que os únicos que merecem apodrecer na cadeia são Danilo Gentili e Rafinha Bastos, por que fazem piadas machistas, e isso é a única coisa que deve ser levada a sério nesse país.

    #revolução #cuba #fidel #ogiganteacordou #agregavaloraosocialismo

    Curtir

  3. Alguém sabe de quem é o projeto? E porque não houve licitação publica de projeto???

    Curtir

  4. Só espero que cheguem derrubando tudo, de preferencia na madrugada.

    Uma multa por perturbação sai mais barato do que um certo pessoal subindo em arvores.

    Ainda vai ter aqueles que vão dizer que é um espigão pra ajudar..
    ashuashuas

    Curtir

  5. Na década de 60 fizemos um hospital com arquitetura vanguardista, bonito e imponente. E hoje em dia…

    Curtir

  6. Pelo render achei uma pena os novos edifícios taparem o antigo :/ ficou meio amontoado tudo …

    Curtir

  7. Já vejo alunos da Ufrgs contra a obra e subindo nas árvores que serão derrubadas para a ampliação do hospital.

    Curtir

  8. Engeform….deu problema com eles a obra do anexo do TJRS. Sei não.

    Curtir

  9. Show de bola!

    Já tinha ouvido falar dessa ampliação, que bom que já vão começar.

    Curtir

  10. Louvável a iniciativa da instituição em ampliar o espaço físico no local, primeiro porque o centro necessita, segundo, por que é imprescidível, terceiro por ser excelência nos serviços.Porto Alegre precisa, não só desta ampliação como no mínimo tres novos hospitais deste tamanho..Gera empregos, atende as necessidades da populção, evita mortes, e restabelece a saúde de milhares de cidadãos.Parabéns.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: