Porto Alegre ganhará 16 caetanos para conter violência no trânsito

Ipiranga com João Pessoa é um dos pontos que terão caetanos. Foto: Gilberto Simon

Ipiranga com João Pessoa é um dos pontos que terão caetanos. Foto: Gilberto Simon

Alguns dos principais cruzamentos da cidade serão vigiados por equipamentos de fiscalização do trânsito, os chamados caetanos. A decisão de implantação pela EPTC, com licitação para aquisição prevista ainda para este ano, busca conter irregularidades como o avanço do sinal vermelho, parada dos veículos sobre a faixa de travessia de pedestres, conversões proibidas, excesso de velocidade, além de transitar em local proibido.

Os pontos definidos para a colocação dos equipamentos, após análise técnica pela Gerência de Planejamento de Trânsito e Circulação, por intermédio da Coordenação de Informações de Trânsito, são os seguintes:

– Av. Ipiranga esquina com av. Azenha;
– Av. Ipiranga esquina com av. João Pessoa;
– Av. Ipiranga esquina com av. Silva Só e esquina com Praça Carlos Santos;
– Av. Ipiranga esquina com av. Salvador França;
– Av. Ipiranga esquina com av. Cristiano Fischer;
– Av. Bento Gonçalves esquina com av. Antônio de Carvalho;
– Av. Aparício Borges esquina com rua do Presídio;
– Av. 24 de Outubro esquina com rua Dr.Timóteo;
– Av. Sertório esquina com av. Ceará;
– Av. Sertório esquina com av. Souza Reis;
– Av. Dona Margarida esquina com rua Edu Chaves;
– Av. Assis Brasil esquina com rua Bernardino Silveira Amorim;
– Av. Assis Brasil esquina com av. Sertório;
– Ruas Marechal Floriano Peixoto, Vigário José Inácio e Otávio Rocha (transitar em local proibido).

O diretor-presidente da EPTC, Vanderlei Cappellari, explica que a colocação dos caetanos busca, sobretudo, a maior proteção dos pedestres nas travessias. “Infelizmente, nos dez primeiros meses deste ano, das 107 vítimas fatais, 44 foram por atropelamentos. Claro que os pedestres também precisam colaborar, mas muitos motoristas desrespeitam a sinalização, com graves riscos de acidentes”, adverte.

Além dos futuros 16 pontos de caetanos (controle nos cruzamentos), Porto Alegre tem 47 pontos de pardais (controle da velocidade) e 32 pontos de lombadas eletrônicas (controle de velocidade).

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:EPTC

Tags:, ,

28 respostas

  1. Na China eles instalaram mais de 60 equipamentos de segurança em uma só rua, daqui a pouco Porto Alegre tá assim hahaha http://sploid.gizmodo.com/china-installed-more-than-60-security-cameras-on-one-st-1461916304

    Curtir

  2. Eu quero saber é se essas MERDAS caça-níqueis vão ser desligadas depois das 21h, ou se vamos ter de nos arriscar mais ainda a ser assaltados e assassinados em cruzamentos pela marginália que domina Porto Alegre (e o brazíu, aliás) para não sermos multados pelos mesmos desgraçados que não nos dão segurança pública… e ainda tem quem aplauda… bah.

    Curtir

  3. Vai pegar bicicleta que passa sinal vermelho também ? … 😛

    Curtir

    • Se tu estiveres de bike com placa, pode pegar! hehehe Mas se tu cruzares uma via com sinal vermelho, de bicicleta, tem chance de virar mais um Werner Shünemann!

      Curtir

  4. Ando seguidamente de madrugada na avenida Ipiranga e não cruzo o sinal vermelho (apenas diminuo a velocidade e espero ele abrir). Nunca fui assaltado e nunca vi ninguém ser assaltado – muito pelo contrário: quase que outros bateram no meu carro ao passar no sinal fechado!
    .
    Essa história de insegurança e indústria das multas serve apenas para confirmar a hipocrisia brasileira, onde a lei vale somente para os outros, somente os outros são criminosos, mal educados…

    Curtir

    • Tem muita diferença entre passar um sinal fechado de vagar, e passar ele a 100~120Km/h, como muitos fazem alegando que é perigoso parar no sinal!

      Curtir

      • Eu geralmente reduzo, se o sinal não abre ate la, vejo se não tem ninguem e passo.

        Sinaleira existe justamente pra controlar o transito nos horarios mais movimentados, se não seria apenas placa de PARE.

        Na madrugada não existe tanto transito pra isso.

        Acho certo ter o sinal funcionando, ate para chamar a atenção dos motoristas, para eles terem uma ideia de que pode vir outro carro, e acertar eles caso passem no vermelho, ja ajuda a reduzir e passar o sinal vermelho lentamente, vendo que não vem carro.

        Curtir

        • Ainda acho que durante a madrugada o caetano deveria ser desativado e as sinaleiras deveriam ficar com o amarelo piscante, assim, todos cuidariam mais ao passar por cruzamentos. (ao menos em teoria…)

          Curtir

    • Eu tambem faço isso, mas minha mãe ja foi agredida e assaltada na Ipiranga.

      Mas ja aconteceu de uma vez em que parei na Ipiranga com a 3 perimetral, fui abordado por um magrão que meteu as mãos dentro do carro.
      Por sorte eu não estava com o vidro todo aberto.

      E uma outra vez numa rua em que a placa de pare era pra mim, um cara tentou bater no carro com uma barra de ferro, era uma rua interna, perto do Iguatemi, no cruzamento havia um taxi, que viu a situação e deu sinal de luz para eu seguir.

      O problema da madrugada não é levarem o carro, é destruirem teu carro, o que mais me assusta são pessoas com problemas com drogas e alcool querendo aprontar.

      E, logo que tirei carteira, fui perseguido por uma moto com duas pessoas, la perto do Olimpico.
      Nesse caso eu, eu vi que a moto estava me seguindo fazia um tempo, parei no sinal vermelho, quando eu vi que ele ia encostar, arranquei com tudo, mas ja sabendo que não tinha carro no cruzamento, a moto arrancou junto e me seguiu.
      Como era uma moto simples, não conseguiu me acompanhar, mas tive que ir ate uns 120/130km/h pra me livrar dos desgraçados.

      Curtir

      • Bah tu é mais perseguido que eu. kkk
        Te aconselho a comprar uma arma. Deixa do lado do banco e na hora que o magrão encostar na janela tu espalha os miolos dele pela rua.

        Curtir

        • O melhor é evitar sair de carro. É mais seguro caminhar à noite que andar de carro.

          Curtir

        • Te dizer que as vezes eu ando com um taser. (não a pistola, aquele de mete no pescoço do desgraçado e dar o choque… haha)

          Nunca usei, mas por segurança eu to sempre com ele, infelizmente, eu tenho azar com roubos e assaltos.
          asushusa

          Curtir

    • Ou seja, tu NÃO PÁRAS no sinal. Logo, também tens medo. Larga de ser demagogo!

      Curtir

  5. Isso vai funcionar na madrugada tambem?

    Por que parar na sinaleira na madrugada é perigoso, ainda mais em alguns pontos da Ipiranga.
    Ali no Bourbon ja sei de muitos casos de tentativas de assaltos.

    De resto, nada do que reclamar.

    Curtir

  6. E caetano é…?

    Curtir

    • Caetano é um equipamento dotado de sensores no asfalto, câmeras fotográficas, filmadoras em alguns casos, e radares de velocidade.

      Servem para cruzamentos especialmente, mas também em locais que se exige controle de acesso, por exemplo.

      Percebem quando se avança o sinal já vermelho, quando veículos param sobre a faixa, ultrapassam a velocidade da via, a depender da disponibilidade do equipamento ou então dos dispositivos habilitados pela empresa de controle (EPTC no caso).

      É o pardal desenvolvido.

      Curtir

  7. Fazer traffic calming nem pensar né?Bando de incompetentes!

    Curtir

    • Aham, fazer traffic calming na Ipiranga, senta lá Claudia

      Curtir

      • Esses papagaios são foda. Eles pegam uma palavra que alguém disse em alguma outra discussão de outro assunto e saem vociferando sem nem saber o significado dela.

        Daqui a pouco chega alguém dizendo “EPTC indústria de multas. Não conseguem fiscalizar então tacam pardais. Morte ao Fortunatti”.

        Curtir

      • Verdade Elvis Vieira;esqueci que aqui a integridade do pedestre vale pouco ou nada.Obrigado por me lembrar.É sempre bom ter pessoas de bom senso aqui pelo blog como tu.

        Curtir

        • Acredito que ta faltando bom senso pra ti Ricardo, Traffic Calming poderia se cogitar na Cidade Baixa, Moinhos de Ventos, Petrópolis entre outros, mas não em avenidas expressas como a Ipiranga. Isso é Utopia, avenida desse tipo são necessárias em grandes cidades. Mesmo que se tenha metrô, ciclovia para todo lado e ônibus a avenida ainda iria ser necessária para dar conta de toda demanda.

          Curtir

        • Da onde que Ipiranga é avenida expressa?!Ou mehor,tu sabes o que é uma avenida expressa?

          Curtir

        • Expressa não é, mas ainda assim, é uma via de grande movimento, por ser uma opção para dispersar quem vem de Viamão pela Bento, de quem vai aos hospitais (São Lucas e Ernesto Dornelles), universidades (Pucrs, Ifrs, Campi Saúde, Olímpico e Vale da Ufrgs) e shoppings (Bourbom, Praia de Belas e João Pessoa). É uma via onde, ao menos hoje, é impossível aplicar traffic calming. Esse tipo de política tem que ser aplicada aos poucos. Primeiro aplica-se ao centro, depois aos bairros, e depois que a cidade tiver uma rede consolidada de transportes segregados (em elevado ou subterrâneo, afinal, BRT de 4 faixas ou VLT é algo que não combinam nem um pouco com traffic calming) ai pode-se começar a aumentar calçadas em avenidas largas como a Ipiranga ou a 3ª perimetral.

          Curtir

      • Ricardo, aplicar traffic calming na Ipiranga é a mesma coisa que dar parecetamol pra quem foi mordido por tubarão.

        Remédio é, mas não pra isso.

        Curtir

  8. Graças a Deus!

    Não aguento parar no sinal e ter que ficar cuidando o carro de trás pra não acertar a traseira do meu carro!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: