Projeto restringe trânsito de automóveis no Centro

Projeto que prevê restrição ao trânsito de veículos automotores na região central de Porto Alegre começou a ser debatido nesta segunda-feira (18/11) em período de Discussão Preliminar de Pauta da Câmara Municipal. A proposta, de autoria do vereador Marcelo Sgarbossa (PT), delimita a restrição às seguintes vias: Rua Caldas Júnior, Rua Siqueira Campos, Avenida Júlio de Castilhos, Rua Dr. Flores, Avenida Salgado Filho, Rua Andrade Neves, Rua General Câmara e Rua dos Andradas. Segundo o projeto, o acesso de veículos automotores à área restrita poderá ser controlado por meio da instalação de pinos nas ruas e por câmaras de vídeo.

Mapa mostra área que será atingida

Mapa mostra área que será atingida

Conforme o projeto, carros e motos de moradores residentes na área de restrição, além de ônibus, lotações, transporte escolar, táxis, viaturas de Polícia, Bombeiros, guinchos e serviços de correios ficam fora da restrição. O projeto estabelece que a Prefeitura deverá efetuar o cadastro e emitir selo de identificação para veículos de moradores da área de restrição, garantindo-lhes o acesso.

Como punições, a proposta de Sgarbossa estabelece as penalidades definidas nos termos do Código de Trânsito Brasileiro. Se o projeto for aprovado, a lei deverá ser regulamentada em 90 dias, contados da data de sua publicação.

Argumentos

“Nas mais diversas cidades, está em franca expansão um movimento inclinado a restringir o espaço e a circulação de veículos automotores nos centros históricos e comerciais, de modo a garantir melhores condições de deslocamento e acesso tanto a pé ou de bicicleta, quanto por transporte coletivo. A mudança dos padrões de deslocamento dos habitantes – por meio do transporte coletivo ou não motorizados, como bicicletas – é crucial para a construção de centros urbanos com padrões de qualidade de vida mais elevados”, sustenta Sgarbossa.

Texto: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)
Edição: Claudete Barcellos (reg. prof. 6481)

Câmara Municipal



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito, Outros assuntos

Tags:, , ,

69 respostas

  1. Off-topic (mas nem tanto…)

    A capital mundial do automóvel, Detroit, estuda remover uma via expressa urbana para devolver o espaço aos pedestres.

    Lá pelo meio do texto:

    “Detroit is hardly alone in thinking of removing a freeway. Indeed, removing freeways from urban downtowns ranks among the hottest trends in urban planning today.

    Milwaukee, San Francisco and Portland, Ore., have all ripped out part of their freeway systems, replacing them with parks or surface roads. Cleveland and other cities plan to do the same, and cities including Toronto and Washington, D.C., killed freeway projects before they could be built over concerns of damaging urban neighborhoods.”

    Tradução:

    “Detroit não está sozinha nos planos de remover vias expressas. De fato, remover vias expressas do centro das cidades está entre as maiores tendências no planejamento urbano atual.

    Milwaukee, San Francisco e Portland, todas essas cidades arrancaram total ou parcialmente sistemas de vias expressas, substituindo-os por parques ou vias de superfície. Cleveland e outras cidades planejam fazer o mesmo, e cidades como Toronto e Washington, abandonaram seus projetos de vias expressas antes mesmo de serem construías, numa preocupação em relação à deterioração de regiões urbanas”

    http://www.freep.com/article/20131124/BUSINESS06/311240072

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: