Prefeitos do Brasil e Mercosul debatem soluções para as cidades

Fortunati na abertura oficial na 18ª Cúpula da Rede Mercocidades  Foto: Cristine Rochol/PMPA

Fortunati na abertura oficial na 18ª Cúpula da Rede Mercocidades Foto: Cristine Rochol/PMPA

Iniciativas bem sucedidas e ações inovadoras nas mais diversas áreas nas quais os governos municipais atuam e as dificuldades encontradas pelas prefeituras estão em pauta em 2 grandes eventos que reúnem até a sexta-feira, 29, prefeitos e gestores de diversas cidades do Brasil e dos países do Mercosul em Porto Alegre. Os discursos feitos pelas autoridades na abertura oficial da 64ª Reunião Geral da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) e da 18ª Cúpula da Rede Mercocidades, realizada nesta quarta-feira, 27, no Museu Joaquim Felizardo (Cidade Baixa) deram o tom dos assuntos que devem dominar as conferências, mesas redondas, palestras e oficinas nos encontros. De saúde, educação e assistência social a mobilidade urbana e desenvolvimento econômico, os temas propostos mostram que os desafios são os mesmos, independente do tamanho da cidade, do seu PIB ou do idioma.

“Cada vez mais o cidadão busca a solução das suas demandas junto aos prefeitos, à administração municipal. Por isso nós temos que pensar de que forma vamos oferecer aos moradores na nossa cidade uma vida com qualidade, com as condições básicas de sobrevivência, com o atendimento necessário em saúde, educação, assistência social, enfim, pensar como vamos desenvolver políticas públicas que atendam as necessidades e os anseios dos cidadãos. E nada melhor do que trocar conhecimentos e experiências que deram certo para que, cada um, ao voltar para sua cidade, possa aproveitar essas ideias”, afirmou o prefeito de Porto Alegre e presidente da FNP, José Fortunati.

O subchefe de Assuntos Federativos da Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República destacou a importância do encontro de prefeitos para o fortalecimento das relações entre municípios e União. “Esse trabalho desenvolvido pela FNP e pela Rede Mercocidades é fundamental para qualificar e fortalecer o diálogo cooperativo. São discussões como as que estão sendo propostas aqui que nos ajudam a analisar, a conhecer melhor os assuntos importantes para a cidade e a levar essa pauta para o debate dentro do governo federal”, disse Olavo Noleto.

A coordenadora-geral da Secretaria Executiva da Rede Mercocidades, Lucrecia Monteagudo (Quilmes, Argentina), falou sobre o protagonismo de Porto Alegre em sediar eventos que criam o espaço para os debates internacionais voltados para o desenvolvimento sustentável das cidades e ressaltou a integração como o primeiro passo na construção de uma sociedade melhor. “Todos nós aqui temos um sonho coletivo: o sonho de que outro mundo, um mundo mais humano, solidário e inclusivo é possível. E nós vamos realizar esse sonho com união, com esforço conjunto”, concluiu Lucrecia.

Medalha Célio de Castro – Durante a cerimônia também foram homenageadas as personalidades comprometidas com o desenvolvimento do municipalismo brasileiro. A medalha Célio de Castro, a mais alta honraria da FNP, foi entregue a políticos que atuaram na diretoria executiva e na comissão política da Frente durante a gestão 2011-2012. O ex-presidente e ex-prefeito de Vitória (ES), João Coser; o ex-vice-presidente para Assuntos de Desenvolvimento Econômico e ex-prefeito de São José dos Campos (SP), Eduardo Cury; o ex-secretário-geral e ex-prefeito de Aracaju (SE), Edvaldo Nogueira; o ex-vice-presidente para Assuntos da Saúde e ex-prefeito de Foz do Iguaçu (PR), Paulo Mac Donald Ghisi; o ex-primeiro secretário da FNP e ex-prefeito de Maringá (PR), Silvio Barros foram os agraciados.

Reunião Geral da FNP – O encontro vai reunir prefeitos de diferentes regiões do país para discutir e propor soluções para temas importantes para as gestões municipais como o barateamento das tarifas do transporte público, prazo para o fim dos lixões, e o papel das autoridades locais.

Cúpula da Rede Mercocidades – Com o tema “Protagonismo Cidadão e Identidade Regional”, o evento reúne representantes de cidades do Uruguai, Argentina, Brasil, Chile e Venezuela, que trocam experiências de projetos bem sucedidos que possam ser aproveitados em outros municípios, além de discutir alternativas para melhorar a qualidade de vida e o atendimento aos cidadãos. No final do evento, Porto Alegre assumirá a secretaria-executiva da Mercocidades pelo prazo de 12 meses.

A programação inclui o Festival de Música Ibero-Americano El Mapa de Todos, mostra de filmes Democracine, Seminário do Desenvolvimento Social ao Desenvolvimento Sustentável e, no segmento comercial, o Fórum de Negócios do Mercosul, entre outras atividades.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Eventos

Tags:, , , ,

5 respostas

  1. Desde que me conheço por gente, só vejo prefeitos e governadores indo em debates, presidentes também.
    Fazer que é bom, nada.

    Estamos indo na contra mão de tudo, tanto quando se fala de economia, meio ambiente, transporte em geral, e ainda assim gastam dinheiro para esses debates, pra que?

    Curtir

  2. Debates, debates, debates…….

    Curtir

  3. O brasileiro espera por uma melhor qualidade de vida, faz muitos anos. Enquanto nossos homens públicos não trabalharem a favor do povo, tudo vai continuar na mesmice. Ocorre que o brasileiro já está atolado de impostos, de taxas e outros penduricalhos que comem o nosso dinheiro e quase nada retorna em benefício público. Estamos há anos luz de países de Primeiro Mundo. Eu penso que estamos no degrau mais baixo e muito próximo do Inferno.

    Curtir

  4. Que tal mobilidade também, sr prefeito?

    Curtir

  5. Fortunati num evento desses é a mesma coisa que o Ronald McDonald realizar a abertura de um evento sobre alimentos saudáveis e sustentáveis ….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: