“Vai ser como jogar em casa”, comemora cônsul argentino

Julio Devoto Martinez crê que muitos torcedores virão a Porto Alegre para o jogo

Não foi apenas a definição dos adversários no grupo F, considerado fácil, que trouxe otimismo aos argentinos após o sorteio da Copa do Mundo. O jogo considerado mais importante da primeira fase, contra a seleção da Nigéria, será em Porto Alegre – a cerca de 700 quilômetros da fronteira entre Brasil e Argentina.

A partida ocorre no dia 25 de junho, às 13h, no Beira-Rio. O cônsul-geral adjunto da Argentina em Porto Alegre, Julio Devoto Martinez, comemorou o resultado. “Vai ser um pouco como jogar em casa”, projetou. Ele ressaltou que, apesar da rivalidade histórica entre Brasil e Argentina, o jogo a ser disputado na Capital irá possibilitar uma aproximação cultural dos argentinos com os brasileiros.

A expectativa é de que muitos argentinos cruzem a fronteira durante a Copa do Mundo, em especial para a partida contra a Nigéria. “Muitas pessoas provavelmente não vão ter a oportunidade de ingressar no estádio, mas mesmo assim a torcida vai chegar em um número muito grande”, observou o cônsul. Martinez acredita que a Argentina é favorita no grupo . “O futebol sempre oportuniza surpresas, mas a princípio é uma situação favorável.” Os demais adversários dos argentinos são Irã e Bósnia.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:,

1 resposta

  1. Puxa ninguém se importou com este “Post”.
    Com certeza virá muito dinheiro para Porto Alegre porém aquela minoria que gosta de complicar vai deixar a sua marca….

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: