Copa atrairá 130 mil turistas a Porto Alegre, diz secretário de turismo

Luis Fernando Moraes diz que serão realizadas ações nos oito países.

Hotel da capital gaúcha já reservou dois apartamentos para holandeses.

Do G1 RS

Sorteio que definiu grupos da Copa do Mundo 2014 ocorreu nesta sexta-feira (Foto: Reuters)

Sorteio que definiu grupos da Copa do Mundo 2014 ocorreu nesta sexta-feira (Foto: Reuters)

A realização de cinco jogos da Copa do Mundo de 2014 com seleções como França e Argentina deve atrair cerca de 130 mil turistas a Porto Alegre. A estimativa é do secretário municipal de turismo, Luis Fernando Moraes, como mostra reportagem do RBS Notícias (confira no vídeo). Ele destaca que serão realizadas pela prefeitura as ações nos oito países cujas seleções jogarão no Estádio Beira-Rio.

“Ações de promoção específicas para estes mercados, e cada um do seu jeito. Nós faremos de uma forma na Argentina, de outro jeito na Austrália… mas nós precisamos aproveitar esta oportunidade para ir até lá e convidar essas pessoas para virem a Porto Alegre”, disse Moraes.

Em alguns casos, sequer foi preciso um convite para conhecer a cidade. O atendente de reserva de um hotel da capital gaúcha Pablo Pontes conta que, pouco depois do sorteio, foram feitas reservas para torcedores da Holanda, que enfrenta a Austrália no dia 18 de junho no Beira-Rio.

“Alguns estrangeiros, como holandeses, já compraram quartos aqui conosco, dois apartamentos na data do jogo da Holanda”, contou Pontes.

A data de início do evento será 12 de junho, e Argentina, Austrália, Coréia do Sul, Nigéria, Argélia, Holanda e Honduras serão os times que passarão pela cidade na primeira etapa. Um sorteio realizado pela Fifa na Bahia nesta sexta-feira (6) definiu os grupos do torneio.

Apesar de lamentar a ausência de grandes jogos entre seleções, a rede hoteleira espera dobrar o faturamento em junho do ano que vem. Os comerciantes também mostram empolgação. A Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Estado do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS) projeta a movimentação de R$ 330 milhões e R$ 360 milhões durante o período.

De acordo com a entidade, o setor terciário tanto do município quanto da Região Metropolitana será beneficiado com a vinda de turistas. A avaliação já desconta as despesas com passagem aérea e ingressos das partidas. Desse modo, os gastos projetados serão predominantemente refletidos em receitas para as empresas com potencial para captação de turistas. Nessas despesas, estão incluídos hospedagem, alimentação, serviços de lazer, compras em geral e turismo.

G1 – Rio Grande do Sul

Saiba mais:



Categorias:COPA 2014, TURISMO

Tags:,

18 respostas

  1. Fortunati pode ir em Curitiba pegar umas dicas, maquiagem é com eles mesmos!

    Curtir

  2. O legado mais importante pra copa seria uma qualificação mínima dos principais atrativos de poa para que a própria população e os investidores passassem a perceber a capital com potencial turístico! Minha esperança é que ao menos uma maquiagem seja feita e um milagre aconteça!

    Curtir

  3. A questão não são os dias em que eles vão ficar em Porto Alegre, e sim, o que vem depois.

    A imagem que vão passar da cidade para o mundo.

    Alguem vai perguntar o que tem pra fazer aqui, e vão dizer o que?

    Ir numa antiga usina de energia pra ver o por do sol no lado de um monte de lixo atirado no chão?

    Ver um parque todo largado?

    Poderiam largar os gringos no centro num domingo pela madrugada, vão se sentir num filme de ataque de zumbis, ai não tem Disney pra concorrer.
    hahaha

    Curtir

  4. Tem gente que pensa com o dedão do pé… Tem empresários e pessoas achando que os Argentinos viajariam mais de mil KM para só chegar no dia do jogo e ir embora? A partir de Porto Alegre, a distância é de 1.063 km até a capital argentina. A distância mais próxima na fronteira tem uns 632 KM. É claro que eles pela proximidade terão mais pessoas que os demais times, mas eles ficarão no mínimo dois dias, para valer a pena o gasto da viagem. http://zerohora.clicrbs.com.br/rs/esportes/copa-2014/noticia/2013/12/invasao-argentina-e-muito-barulho-as-promessas-dos-hermanos-que-moram-em-porto-alegre-para-a-copa-4356990.html

    Curtir

  5. Desses uns 100 mil argentinos que farão um bate e volta no dia do jogo, virão sem ingresso e ficarão enchendo o saco pelos ruas da cidade.

    Curtir

  6. Quero ver os “excelentes” pontos turísticos que vamos mostrar aos turistas. O que vamos mostrar? Maconheiros nas praças e parques da cidade? Bichos-grilos fazendo protesto pelo atraso da cidade? O por-do-sol “único”? Os restos do Estaleiro Só?

    Porto Alegre tem muito para mostrar, obviamente. Mas imaginem vocês chegarem em uma cidade e a primeira coisa que veem é a Av. Farrapos, degradada e cinza, depois chega ali no entorno da Rodoviária e um meliante te assalta. Imaginem o que uma pessoa de fora vai pensar? O taxista vai cobrar R$ 100 pra levar até o Beira-Rio e por aí vai…

    A cidade não está preparada para receber um evento do porte da Copa do Mundo.

    Curtir

    • Olha, Ítalo, acho que tu só deve conhecer cidade de 15, 20 mil habitantes. Toda entrada de cidade e arredores de rodoviária é degradado e feio, pelo menos na américa do sul. E as grandes cidades da Europa não ficam muito atrás. Não que eu ache que Porto Alegre esteja preparada, pelo contrário, mas essa tua visão demonstra desconhecimento do mundo.

      Curtir

      • A própria NYC é feia, chegando pelos 3 aeroportos.
        LA? Nem comento.

        Porto Alegre tem sim coisa pra fazer, terá mais com o cais.

        Curtir

        • Quais coisas?

          Não me venha com por do sol no gasometro.
          hahaha

          Cais só fica pronto quando nós dois estivermos mortos de velhos.

          Curtir

      • Pois é, eu não sei como é a Europa, por exemplo, mas acredito que seja melhor que a nossa entrada, não?

        Aliás já melhorou bastante, até anos atrás quem vinha de ônibus dava de cara com a Vila dos Papeleiros…

        Curtir

      • Na América Latina sim, a maioria das entradas são feias.

        Curtir

    • Passei por algumas cidades da Itália e lá também havia degradação em algumas partes. Não falo de favela, mas de prédios velhos, terrenos abandonados, um ambiente desgastado. Imagino que outras partes da Europa também tenham esses problemas.

      A gente tem o costume de achar que tudo que é daqui é ruim.
      Tanto que, quando cheguei lá, não foquei nas mazelas deles, mas procurei valorizar as partes mais charmosas da cidade. E haviam várias. Espero que os turistas estrangeiros tenham a mesma compreensão.

      Curtir

    • Mas um problema de POA e de grande parte das cidades sul-americanas, que não se vê facilmente na Europa, por exemplo, é a falta de planejamento urbanístico. Esse congestionamento de prédios de variados tipos e tamanhos numa mesma região, gerando uma imagem poluída e caótica, é coisa daqui mesmo.

      É prédio histórico colado em prédio empresarial, casa, tenda de frutas, oficina mecânica… hahahah Lá as cidades parecem mais harmônicas.

      Mas também tá longe de ser o fim do mundo por isso.

      Curtir

      • E eu acho, sinceramente, que isso é o que os turistas mais gostam nas nossas cidades. Temos mania de ficarmos nos comparando com a Europa e lamentando do quanto somos “subdesenvolvidos”, mas não vemos que, se fossemos iguais a eles, eles não teriam motivos para nos visitar. É só olhar Gramado, mesmo com toda a fama, não se vê turistas europeus ou até americanos lá, porque aquilo é o que eles vivem diariamente. Quando esses vêm pro Brasil, já vêm procurando outras paisagens, outros tipos de urbanismo (ou até a falta dele), isso que os impressiona e os faz querer voltar. Eu já ouvi falar de gringos que se surpreenderam e adoraram até nossa arborização, que pelo menos aqui, em Porto Alegre, é bastante frondosa e não se tem aquela poda comum aos países europeus, etc.

        Curtir

  7. Triste, vão voltar para suas casas falando que no sul do Brasil não tem o que conhecer e fazer.

    O que salva é a tia Carmen e a serra.

    Curtir

  8. Alguém sabe por onde anda o Rogério Maestri?Nunca mais li nenhum comentário dele aqui.

    Curtir

  9. Espero que o povo trabalhador de Porto Alegre lucre muito com isso.
    Espero que aqueles que vierem à nossa cidade sejam muito bem recebidos e tenham vontade de voltar mais vezes….Porto Alegre e o Rio Grande do Sul precisam do turismo….

    Curtir

    • Turismo: o grande bálsama que todos os males cura. Vamos abrir uma Snowland em Porto Alegre, logo.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: