Vans escolares começam a cumprir os roteiros dos ônibus

Cerca de 80% dos veículos escolares estarão disponíveis para a população  Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Cerca de 80% dos veículos escolares estarão disponíveis para a população Foto: Ivo Gonçalves/PMPA

Cerca de 40% das vans escolares da cidade começaram a atender o transporte público de Porto Alegre na manhã desta segunda-feira, 3, conforme estimativa do sindicato da categoria. A previsão é de que haja adesão de 80% dos 617 veículos escolares disponíveis, minimizando os efeitos da greve dos ônibus. O preço da passagem é o mesmo do praticado pelo sistema de Lotações: R$ 4,20.

De acordo com definição da equipe técnica de transporte da EPTC, os veículos escolares realizam seus deslocamentos pelos seguintes eixos, com base em suas bacias regulares de atendimento:

Bacias 1 e 2 (Norte)

a) Baltazar de Oliveira Garcia (Colégio São Francisco / Parada 40), Assis Brasil, Farrapos, Voluntários da Pátria, terminal junto ao CPC (Centro);

b) Assis Brasil (Igreja São José), Farrapos, Voluntários da Pátria, terminal junto ao CPC (Centro);

Bacias 3 e 4 (Leste)

Protásio Alves (Del. Ely Correa Prado), Osvaldo Aranha, Túnel da Conceição, Mauá, Júlio de Castilhos / Salgado Filho;

Bacia 5 (Leste)

Antônio de Carvalho (Terminal), Bento Gonçalves, Princesa Isabel, João Pessoa, Salgado Filho / Borges de Medeiros;

Bacia 6 (Sul)

Juca Batista (rótula com Edgar Pires de Castro), Venceslau Escobar, Icaraí, Pinheiro Borda, Padre Cacique, Borges de Medeiros / Salgado Filho

Bacia 7 (Sul)

a) João de Oliveira Remião (Parada 21), Bento Gonçalves, João Pessoa, Salgado Filho / Borges de Medeiros;

b) Hospital Parque Belém, Oscar Pereira, Princesa Isabel, João Pessoa, Salgado Filho / Borges de Medeiros;

Bacia 8 (Sul)

João Antônio da Silveira (Esplanada da Restinga), Edgar Pires de Castro, Juca Batista, Cavalhada, Teresópolis, Gomes Carneiro, Cel. Neves, Carlos Barbosa, Azenha, Princesa Isabel, João Pessoa, Salgado Filho / Borges de Medeiros.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Outros assuntos

5 respostas

  1. O pessoal fica 1h ou mais parado esperando coletivos pela cidade, e há que pense que essa greve é questão de justiça social e dividida entre os certos e errados.

    Curtir

  2. Bah tchê! Nunca a cidade dos ônibus, ficou tão desamparada de transportes coletivos. Mais um alerta para que saibamos, que já está passando do momento de buscarmos outras alternativas para suprir o transporte público da capital, talis como: Aeromóvell (Coester) e metrô.
    Parabéns Gilberto pelo Blog.
    Ronaldo.

    Curtir

  3. Este video desmente a ATP.

    Curtir

  4. Pela manhã, a notícia nas rádios era de que as vans já saíam lotadas do ponto inicial, que não era possível embarcar no meio do caminho.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: