Grande número de argentinos deve vir a Porto Alegre na Copa (possivelmente 50 mil)

tn_311_600_argentina070735Representantes da embaixada e do consulado da Argentina apresentaram ao secretário extraordinário da Copa, João Bosco Vaz, as ações que deverão realizar em Porto Alegre com o objetivo de auxiliar no atendimento aos torcedores do país que acompanharem o jogo entre Argentina e Nigéria, no dia 25 de junho, quarta das cinco partidas que a cidade vai receber no Mundial. Durante o encontro, o ministro coordenador da Embaixada Argentina para a Copa do Mundo, Mariano Vergara, falou do grande número de torcedores que deverão chegar à Capital para acompanhar a partida. “Não temos uma ideia precisa de quantos virão, mas acreditamos que será um número muito próximo aos 50 mil que tivemos durante a Jornada da Juventude no Rio de Janeiro, tendo em vista a possibilidade de se deslocarem inclusive de carro”, confirmou.

O cônsul Adjunto da Argentina, Lissandro Parra, e o embaixador chefe do escritório de representação do Ministério das Relações Exteriores no Rio Grande do Sul, Paulo Antônio Pereira Pinto, confirmaram que para atender aos argentinos, além do consulado, postos de informação no aeroporto, rodoviária e na fan fest devem ser colocados e postos móveis.

Durante o encontro, que contou também com a presença do secretário de Comunicação, Flávio Dutra, Bosco explicou os projetos que a Capital Gaúcha está planejando para o período do Mundial. O secretário da Copa revelou que de fato espera um alto número de torcedores argentinos e destacou que a cidade está se preparando para atender bem essa demanda. “Sabemos que a proximidade de Porto Alegre com a Argentina fará com que muitos já comecem a chegar na cidade no fim de semana anterior ao jogo, que será na quarta-feira. Estamos nos preparando para que eles sejam muito bem recebidos”, enfatizou.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:COPA 2014

Tags:, , ,

11 respostas

  1. 3 vezes mais do que isso. Podem anotar. A Argentina é o país que mais leva gente para as Copas. Foi assim na África do Sul e COM CERTEZA vai ser assim aqui no Brasil. De 150 a 200 mil pessoas. Favoritem!

    Curtir

  2. Tô alugando meu ap na cidade baixa na falta de hotéis em Poa… Só para Argentinas, Holandesas e francesas…

    Curtir

  3. Quando o sujeito não tem o que conversa vem com esse tipo de papo. 50 mil argentinos no Brasil durante a copa ?

    Quem falou isso não considera que esse país está em grave crise financeira, politica e social. O real está extremamente valorizado diante do peso argentino, e classe da população que podia fazer viagens internacional naquele país hoje se contenta em ter o que comer em casa.

    Curtir

  4. A Tia Carmem vai bombar nessa Copa, essa é a única certeza que nós temos nesse momento.

    Curtir

  5. Eu penso e até antecipo que uma boa parte desses visitantes será vítima de bandidos, assaltantes, com certeza, tal é a quantidade de marginais beneficiados pelo chavão ” a polícia prende e a justiça solta”.

    Curtir

  6. Adoro estatísticas da prefeitura

    Curtir

  7. Que bom,já é quase a metade do total de 130mil turistas que virão para a Copa,não podemos esquecer.

    Curtir

  8. Vão botar 50 mil hermanos onde? Nos 9 mil quartos de hotel da capital?

    Curtir

    • Segundo a SMTur, a cidade vai possuir, em junho de 2014, 20.015 leitos. Considerando a região metropolitana, este número sobre para 27.489 leitos. Considerando a área num raio de 150 Km (o que inclui a serra e algumas cidades do litoral) sobe para 69.156 leitos. Todos estes números já incluem possíveis camas extras solicitadas nos quartos.
      Mesmo assim está aquém das necessidades.
      Estes dados são oficiais.

      Curtir

    • 1. Eles não vão ocupar 1 quarto por pessoa;
      2. Hostel
      3. Tem gente que virá e voltará, bate e volta de ônibus
      4. Airbnb

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: