Cais Mauá recebe autorização para segunda fase do projeto

Imagem do projeto do shopping center. Divulgação.

Imagem do projeto do shopping center. Divulgação.

Conforme matéria de ZH Online , publicada agora há pouco, às 20:47, a segunda fase compreende as redes de água, esgoto, incêndio, energia, dados e voz, gás e ar condicionado. Também inclui a demolição total do Armazém A7, o último, mais próximo da Usina do Gasômetro, que mais tarde dará lugar a construção do shopping center.

Também incluirá a revitalização do antigo frigorífico, na parte próxima da rodoviária.

Vejam a matéria da ZH clicando aqui.

____________________

armazem-a7-cais-maua

 

_______________________

Ao escrever este post, me lembrei, triste, deste outro post que escrevi em junho 2013:

12/06/2013 – Porto Alegre: a cidade que perdeu todas as oportunidades de alavancar seu turismo até a Copa

Uma pena, duvido que mesmo estes 2 armazéns ao lado do pórtico estejam prontos no dia 12 de junho, ao começar a Copa, em Porto Alegre.



Categorias:Projeto de Revitalização do Cais Mauá

Tags:, ,

33 respostas

  1. Opa, quer dizer que agora temos pré-requisito para as pessoas se intitularem porto-alegrenses? Nunca vi pensamento tão autoritário; que não leva em consideração os diversos tipos de pessoas e correntes de idéias presentes na cidade. Democracia.

    Curtir

  2. Que maravilha, mais um shopping center. Desta vez a beira do Guaíba.

    Mais 4.000 vagas para carro. O que está um caos, só vai piorar. Mas pelo menos cade vez menos gente vai depender de ônibus sem ar-condicionado neste calorão (quem manda não ter carro, ou não gostar de ficar parado dentro do carro).

    Que bom que inaugurarão a pista de formula Indy do gasômetro até as Cuias. Pra mim nem precisava do novo quebra mola, pois o trânsito vai ficar totalmente congestionado.

    POA vai melhorou, vai melhorar. Só que não (ou melhor, só pro Fortunatti e cia).

    Curtir

    • Já disse em outro post, mas quem acha bonito esse tipo de coisa não pode se intitular portoalegrense. No mínimo, viveu a infância numa redoma de vidro ou é um forasteiro deslumbrado com escadas rolantes.

      Curtir

      • Tb acho que os portoalegrenses preferem ir na orla do que dentro de shopping.

        É obvio que o pessoal procura o publico de quem usa carro no centro, principalmente para facilitar a vida de quem tem que pagar estacionamento.

        Tenho certeza que se POA tivesse um pouco de transparência, mais gente saberia que este projeto de reformulação do cais, na verdade é a “doação” da área para construção de shopping no gasômetro. E o pessoal que ofende “a turma do contra” ou é desinformado, ou pior, é muito bem informado mas com outros objetivos.

        Curtir

        • Esse shopping que será no Cais será diferente. Ele terá muito vidro na face que da pro porto e terá atividades de alimentação voltadas pra rua, com mesas fora dele. Além do mais não será um shopping de grande porte. Não vejo qualquer problema em termos mais um shopping, com o objetivo de revitalizarmos uma área morta da cidade. Além de que terá seu telhado verde, como se fosse uma praça, podendo-se caminhar sobre ele.

          Curtir

        • Mas isso é o render né Gilberto? No render tá lindo. No render, até o camelódromo era lindo. Quero ver como vai ficar de verdade.

          Curtir

          • Sim, mas infelizmente a gente só pode trabalhar com informações reais. Por enquanto é essa informação que temos. Tomara que seja, pelo menos, parecido com o render.

            Curtir

        • Gilberto, esta notícia da ZH está totalmente desatualizada. Quando fala “Está previsto o rebaixamento da Avenida Mauá para integração com a Praça Brigadeiro Sampaio” esquece. Nesta administração não sai o rebaixamento.

          A ideia de pequeno shopping, com a parte de alimentação voltada pro rio. Acho que vai ser somente os armazéns que restaram que vai ter quiosque.

          O shopping deve ser o edifício o tradicional caixote (2 andares para estacionamento, mais 2 de lojas). Nenhum shopping de POA tem area voltada pra fora, não deve compensar financeiramente.

          Curtir

        • Certo, deixa pra prefeitura investir 500 milhões ali.
          Assim como eles tem dinheiro para investir em parques e praças, pavimentar ruas, melhorar as paradas, lixeiras, até o céu eles pintaram de azul.

          Curtir

        • Não viaja Guilherme, arrumar praças é muito mais fácil e barato que viadutos e trincheiras. E outra, é mais barato ainda manter em boas condições do que arrumar. Mas e daí como vai pagar os financiadores de campanha?

          Curtir

      • Realmente, cada dia que passa parece que o porto alegrense tipico é o cara que quer viver num matagal, numa cidade parada no tempo.

        É onde vivemos.

        Tem gente querendo mudar, mas parece que o povo não quer mesmo.

        Curtir

        • Mudar para pior não quero mesmo. Só que as mudanças que vimos nos últimas décadas são sempre para pior. Basta ver as fotos de PoA de 30 ou 40 anos atrás para ver uma cidade muito mais limpa e organizada.

          Curtir

  3. Eu acho que o grande erro de Porto Alegre foi priorizar obras viárias, duplicação de ruas, viadutos, como “obras da copa”. Essas obras viárias tradicionalmente no Brasil atrasam, e geram inúmeros aditivos…vocês acham que um turista Europeu está dando bola pra a Trincheira da Anita?

    Era melhor ter investido na qualificação dos espaços publicos existentes, viaduto da Borges, Mercado Publico, Praça da Matriz…Isso tem muito mais apelo turístico que um viaduto.

    Não que essas obras viarias sejam injustificáveis, mas não são “obras da copa”, tanto que posteriormente foram retiradas do rol de. E muitas ainda apostam num projeto de urbanismo que já é rechaçado na Europa, priorizam o automóvel, penalizam o pedestre e o meio ambiente…sério…para os olhos de europeu só iram servir como testemunho da nossa concepção antiquada e superada de como uma cidade deveria ser…

    Curtir

    • Concordo contigo, Leonardo.
      Turista quer mirante, quer parque bem cuidado, quer calçadão, quer orla urbanizada e segura, quer região histórica bem preservada…
      Ainda ontem li que irão reformar o parque Marinha mas que não ficará pronto para Copa, pois não tem mais tempo para terminar a obra. Como assim? Tiveram SETE anos!!! É vergonhosa a situação!

      Curtir

      • Vai custar somente 1,5 milhão a reforma do Marinha. E depois tem gente que não sabe porque a maior parte pensante dos porto alegrenses são contra a doação de dinheiro público para copa (exemplo os 30milhões ou mais apenas para estrutura temporária de 1 mes de uso).

        Curtir

      • Era deste tipo de estruturas que necessitávamos por esse em um mirante Santa Tereza, todavia não há vontade política e os profissionais locais de arquitetura não demonstram capacidade nenhuma de projetar.

        Curtir

    • O próprio mercado público e as paradas de ônibus do centro mereciam uma bela caprichada… Antes da copa eu até achei que ela seria usada para resolver problemas como o esqueleto, mas nem isso.

      Curtir

    • Se entrar no site da Copa em Porto Alegre

      http://www.copa2014.portoalegre.rs.gov.br/

      É cheio de imagens de parques, prédios antigos do centro, mercado público, Ipanema… E o que a prefeitura está fazendo por esses espaços? Trincheira da Anita? Viaduto na frente da Rodoviária?

      Curtir

    • E o caixa dois da campanha, como fica? Tá me gozando… viadutos, duplicações, faixas exclusivas, é isso que garante a permanência no poder.

      Curtir

    • Concordo.
      Mas não da pra esquecer que quem apoiou a copa (eu por exemplo), foi com a ilusão de que assim o governo seria obrigado a investir em obras importantes para a cidade.
      Infelizmente, nem assim deu certo.
      De resto, não temos muitas atrações, e quando tentam, como o cais por exemplo, tentam impedir.

      Curtir

      • Sim, e acredito que Porto Alegre seja a cidade que mais tinha que correr atrás pra oferecer novas atrações aos turistas. Curitiba possui aquela série de atrações criadas nos últimos anos, os parques principalmente. As cidades do Nordeste dispensam comentários, possuem a praia de mar que turista adora. Rio e São Paulo são as grandes metrópoles do país, são as principais atrações. BH talvez esteja na mesma situação de POA. Brasilia tem a arquitetura do ON como atração patrimônio da humanidade. Então seria fundamental a cidade de POA ter melhorado em várias questões, a principal delas, a revitalização da orla e do Cais. O mirante do Morro Santa Teresa seria fundamental também na minha opinião. Não fez nenhuma. NADA. Acabou o prazo. Duvido que algum turista que chegar aqui tenha uma boa impressão da cidade. Não volta mais aqui. Perdemos a grande oportunidade como eu disse no meu artigo.

        Curtir

      • Não sei se foi o que vc quis dizer, mas acho que não cuidar das praças não tem a ver com o fato de grupos que são contra o cais da forma como está. Aliás, acho que a relação é exatamente oposta. Veja o que aconteceu com o Araújo Viana que onde foi feita uma concessão e o retorno para o parque foi nulo. Veja a concessão de propagandas para a Coca Cola na prefeitura e o retorno foi um chafariz furreca que está sempre desligado.

        Fato é que eu não confio mais no poder público em fazer nada. Quero a reforma do cais, mas duvido muito que seja um shopping aberto com vidraças e mesas na rua. Acredito que será um lugar fechado usando a maior área possível e onde tudo que é parede será transformada em vitrine, pois assim se ganha mais dinheiro…

        Curtir

        • Se ganha mais dinheiro em lugares que não tem paisagem à oferecer, como o Canoas Shopping, por exemplo. Um shopping, que fica na orla, tem como obrigação mercadológica ser integrado à ela. Separar a orla de quem está dentro do shopping, isso sim é perder dinheiro.

          Curtir

  4. Gilberto, compartilho com teu sentimento de pesar por causa das oportunidades perdidas.

    Há anos acompanho o blog e lembro muito bem de todos os projetos que foram anunciados aqui e sonhávamos chegar em 2014 em uma situação BEM diferente da que encontramos hoje.

    Tivemos 7 anos para mudar totalmente a cara da cidade e o que vemos são raríssimas obras finalizadas (ou prestes a serem finalizadas). A maioria ou foi cancelada ou está muito atrasada. Como ter fé de um dia estarão prontas e com a qualidade que desejamos?

    Curtir

    • Infelizmente somos Brasil, e embora se orgulhemos ao se julgar “diferentes” somos exatamente o mais do mesmo.
      O Brasil foi o único pais na historia das Copas que teve tempo em dobro para se preparar, 8 anos, já que desde 2006 já se sabia que a copa 2014 seria aqui; mas ainda assim entraremos para a historia como pais mais atrasado e descumpridor de melhorias sociais de todas as copas.

      Curtir

  5. Na matéria de ZH citada: “Esta primeira fase do projeto demandará investimento de R$ 150 milhões e 50% dos recursos já foram captados de investidores privados.”

    Isso demandará fiscalização para que o governo não injete dinheiro público que deveria ser do consórcio privado que ganhou a licitação. Se começarem a atrasar obras por falta de “investidores”, o consórcio deverá ser punido pois caso contrário a obra ficará na promessa.

    Curtir

  6. Melhor manter em segredo, se não ja vai rolar abraço coletivo no porto.
    haha

    Curtir

  7. Agora que a txurminha do atraso vai chiar! Já tavam conseguindo (ou tentando) engambelar o pessoal contra a revitalização do Cais dizendo que os puxadinhos eram tombados, imaginem o escarcéu que não farão com o A7 que além de tudo ainda é parecido com os outros. Tenho medo dos próximos capítulos dessa novela.

    Curtir

    • Eu deixaria o A7, mas ninguém me perguntou. Acho que não é deixando vestígios do passado que teremos turismo em Porto Alegre. O turismo se faz com a conservação do passado e crescimento em direção às periferias, com muito investimento em mobilidade. Mas… às vezes fico me perguntando se quem tem essas ideias realmente nasceu em Porto Alegre.

      Curtir

      • o que isso realmente quer dizer em relação a revitalização do cais? Nao me leve a mal, é muito bonito o que tu disse – mas que ações concretas na revitalização do cais implementam o que tu disse?

        Curtir

  8. Agora vai….que tudo de certo…

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: