Marcada para março, inauguração do Cine Capitólio pode ser novamente adiada

Roberta Fofonka

Capitólio está na fase final da obra | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Capitólio está na fase final da obra | Foto: Bernardo Jardim Ribeiro/Sul21

Mesmo com a estimativa de abrir as portas enfim no próximo dia 27 de março – Dia oficial do cinema gaúcho, a inauguração do Cine Theatro Capitólio nesta data ainda é incerta.

Atualmente o prédio aguarda o orçamento para regularização do Plano de Proteção Contra Incêndios (PPCI). Segundo o coordenador do segmento de cinema da Secretaria de Cultura do município, Marcus Mello, a nova estrutura já tinha um plano aprovado, mas que agora tem de ser refeito, após a mudança na regulamentação com o incidente na Boate Kiss, em Santa Maria. Fechado desde os anos 1990, o Cine Theatro Capitólio abrigará, além da sala de projeção, uma cinemateca com cinco andares de acervo, biblioteca e café.

Mello afirma que já foi contratada uma empresa especialmente para fazer as adaptações, que já concluiu o laudo técnico e irá apresentar o orçamento na segunda-feira (10). Após o orçamento ser validado, a decisão quanto à data de reabertura será dialogada entre a empresa, a Secretaria de Cultura e a Fundacine. Até que saia o PPCI definitivo, a equipe da cinemateca não poderá sequer mover o acervo para o local e nem deslocar as equipes.

– Para ver com mais detalhamento a situação do Capitólio, acesse:

O Capitólio, seu retorno e as projeções interrompidas

A reforma, que começou em 2004, e embora já tenha tido muitas datas de abertura adiadas, encontra-se em fase de acabamento. Conforme informações da prefeitura, até o dia 20 de março devem estar instaladas as cadeiras, que compõem os 180 lugares da plateia do cinema, uma das etapas finais da obra. “O grosso da obra já foi concluído, inclusive o sistema complexo de climatização para a manutenção dos filmes. Quando você entra no prédio, a sensação de finalização é muito clara”, afirma Mello. “Eu estou super otimista. Se a gente não conseguir inaugurar em março, certamente vai inaugurar este ano, no primeiro semestre. A gente nunca esteve tão próximo de entregar este prédio para a comunidade”, definiu.

Leia a matéria completa, no Sul21, clicando aqui.



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Patrimônio Histórico

Tags:, ,

6 respostas

  1. Hahahaha, “Amadeus” é um baita filme!!

    Curtir

  2. Todos os espaços culturais de Poa estão em situação deplorável. Capitólio, Multipalco, Memorial, Biblioteca Pública, Casa de Cultura…Na Europa é muito comum que as mulheres dos grandes empresários organizem eventos de patrocínio as artes, de reforma dos centros culturais… aqui tirando a Eva Sopher nossa elite só quer saber de Moinhos, botox, Barra

    Curtir

  3. Quando inaugurarem, a pintura já estará velha. Ridículo.

    Curtir

  4. heheh fui na obra “em estágio avançado” do capitólio há aproximadamente 5 anos atrás!

    Curtir

  5. Pena que só vai ter uma sala de cinema. Não tem coisa mais desagradável do que ir ao Santander ver o que está passando e sempre só ter uma opção de filme do tipo “drama psicológico indigesto para depois do almoço”. Na CCMQ já tem mais opções. O Capitólio deverá seguir a linha do Santander e do CineBancários. Só dá filme que ultrapassa a linha do cult e entra no panfletarismo barato, com raras exceções. Tomara que o Capitólio pelo menos exiba uns filmes bacanas do nosso cinema novo, da nouvelle vague, etc, e não apenas os seminais-bizarros.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: