Após decisão da Assembleia, Tarso alerta para risco de RS perder a Copa

Legislativo barrou antecipação da votação do projeto para custear estruturas temporárias

Logo após a Assembleia Legislativa barrar a antecipação da votação do projeto de lei, enviado para a Casa pelo Executivo garantindo isenções fiscais às empresas que custearem a construção das estruturas temporárias da Copa, o governador Tarso Genro declarou que o Estado corre o risco de perder a Copa do Mundo. “O risco é perdemos a Copa, acendemos o sinal amarelo. Nós respeitamos a decisão do Ministério Público (MP) e agora esperamos pela votação na Assembleia. Se eles votarem, nós faremos. Se não aprovarem, não faremos. E sem estas estruturas, eu tenho convicção de que provavelmente a Fifa vai dizer que a cidade não está apta para sediar os jogos da Copa do Mundo”, declarou.

O adiamento da votação do projeto no Legislativo foi decidido em reunião realizada entre os lideres das bancadas no final da manhã de hoje. Para Tarso Genro, além da posição do MP, uma eventual rejeição do projeto pelo Legislativo pode colocar em risco a realização da Copa do Mundo em Porto Alegre.

 

Na segunda-feira, o MP declarou que o Inter e a Fifa devem ser os responsáveis pelo custos da estruturas temporárias da Copa, projetos que devem chegar a cerca de R$ 30 milhões. Para o procurador Nílson de Oliveira Rodrigues Filho, “o eventual uso de recursos públicos para este fim só será admitido como mecanismo para que Porto Alegre não perca o evento. Porém, isso não isenta o Inter e a Fifa das suas obrigações contratuais de financiar essas estruturas, indenizando o Poder Público. Apenas no caso daqueles bens que possam se tornar legado para o Estado ou Município é que a indenização deverá ser como uma forma de ‘aluguel’”, esclarece o procurador.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:, , , ,

24 respostas

  1. Não querem gastar em estruturas que poderiam perfeitamente ser reaproveitadas após a copa………….. ok, e qual será o prejuízo financeiro da cidade e do estado por não sediar a copa?
    ah, lembrando que o inter assinou o contrato, maaaaaaaaaaas, depois disso o governo do estado ou prefeitura assinou outro dizendo que ele se responsabilizariam pelas estruturas provisórias…………ou seja, se isso para em um tribunal quem pagará a multa será o estado/prefeitura………. não querem gastar 30 milhões que voltariam em consumo dos turistas mas vão correr o risco de pagar muito mais em um processo! “Jenios”

    Curtir

  2. Querem dinheiro federal. Deve ser isso

    Curtir

    • Não existe dinheiro federal. É tudo dinheiro retirado do povo (aqui no Brasil são os pobres quem pagam mais).

      Quando se gasta 600 milhões para fazer o estádio lá da Amazonia, somos nós gaúchos que estamos pagando uma parte.

      Curtir

  3. Que cumpram o contrato em vez de gastar meu dinheiro.

    Curtir

  4. Que percam então.

    Essa “nobre preocupação” devia ser demonstrada e a 7 anos atrás, não a 4 meses da copa. Teve quase uma década e agora aos 45 do segundo tempo que solução??? Ora vá…..

    Curtir

    • Marina!

      Há 7 anos atrás muita gente era contra a copa, mas me recordo bem, haveria um grande “legado”, Lembram que ia ter metrô, BRTs, abertura de grandes avenidas, redes de hoteis, ampliação de aeroportos, mobilidade, bla-bla, etc. Muitos aceitaram por este motivo. Agora quando estamos aos 45 do segundo tempo verificamos que nada disso aconteceu e nem vai acontecer.
      Para os politicos o que interessa é o circo e alienação, assim como foi ganhar o TRI, na ditadura (um belo alivio de tensões),
      Para a Fifa o que interessa é faturar muito,
      Para imprensa, principalmente esportiva, é um momento de ouro, pois vão faturar muito com seus patrocinadores.
      A Fifa manda e desmanda, até liberar alcool, proibido a muito custo nos estadios, conseguiu. As vezes para dar uma guinada é preciso quebrar os pratos. Talvez a propria Fifa mereça um cheque-mate, para achar que não manda no mundo. O Brasil precisa acordar do “Pão e Circo”. O que envergonha uma nação é a alienação e baixar a cabeça.

      Curtir

  5. A copa que vá para as cucuias. Não estou nem aí para essa m…

    Curtir

  6. Que os deputados façam seu trabalho direito e rejeitem esse oba-oba de dinheiro público em obra privada!

    Curtir

  7. PURO BLEFE.O INTER TEM UM CONTRATO..SE NÃO CUMPRIR A MULTA SERA GIGANTESCA…E O FORUM É NA SUIÇA

    Curtir

    • O inter (e todos outros clubes de futevol) não cumprem nem o óbvio que é pagar impostos.

      Um clube de futebol não tem nenhum medo em não cumprir obrigações legais, pois não é uma empresa e não pode ser responsabilizado.

      Curtir

    • A multa deveria ser o rebaixamento. Rebaixamento FIFA!

      Curtir

  8. Até o momento não entendi se os trinta milhões são de isenção ou é o custo total. De qualquer forma, sugiro ao governo que compre esse material e depois o ceda para a TVE. E que se use o Gigantinho como sede de tudo que for, aí barateia certamente esse preço absurdo.

    Curtir

    • O custo original da estrutura temporária era de 80 milhões de reais. Foi feito um acordo com a FIFA cortando tudo que fosse possível para baixar o custo para 30 milhões. Estas estruturas são tendas, banheiros, centrais de transmissão, etc… Em fim, tudo o que é necessário para realizar um gigantesco evento. Para tu ter uma idéia, no beira rio são esperados 1000 repórteres do mundo todo.

      Curtir

    • Aí é que está, não se trata de isenção de impostos para as estruturas temporárias, mas de uma espécie de compensação tributária, no valor de até 25 milhões, para um investidor privado fazer as estruturas e usar esse crédito como e onde quiser.

      Curtir

      • Se fosse isenção de impostos, digamos uns 5 milhões dos 25 milhões investidos, eu seria a favor, mas assim é uso integral de dinheiro público.

        Curtir

  9. Que novela. Podridao dos orgaos publicos. Nao tem como nada funcionar neste estado. Por essas e outras e que nao vou votar nesses candidatos por ai

    Curtir

  10. A prefeitura já tem o dinheiro, sequestrado com a redução do desconto de 20% para 12% do pagamento antecipado do IPTU…

    Curtir

    • A prefeitura não está dizendo que não tem dinheiro. O problema é o fato do inter ter se negado a cumprir sua parte do acordo. Agora a prefeitura está de mãos amarradas e a fifa se nega a botar dinheiro.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: