Problemas de estruturas temporárias continuam no Beira-Rio

Estádio do Internacional corre o risco de perder a Copa do Mundo se impasse não for solucionado

Estádio Beira-Rio está pronto para a Copa (crédito: João Linck/Inter/Divulgação)

Estádio Beira-Rio está pronto para a Copa (crédito: João Linck/Inter/Divulgação)

O impasse que envolve o Estádio Beira-Rio e as estruturas temporárias para a Copa do Mundo ganhou mais um episódio na última terça-feira (11). O capítulo, no entanto, não é nada positivo para Porto Alegre. O problema está na isenção fiscal que a Assembleia Legislativa precisa aprovar para que empresas privadas banquem a construção das estruturas. Sem isso, o risco da Copa não ir a Porto Alegre é grande, afirmou o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro.

“Se a Assembleia aprovar, fazemos o estímulo. Se a assembleia não aprovar, não fazemos. Mas aí alguém vai assumir uma responsabilidade, provavelmente por não termos cinco jogos aqui, por um prejuízo financeiro para a sociedade gaúcha”, salientou o governador.

Agora, as lideranças do governo esperam a publicação do projeto das estruturas na Assembleia para a respectiva votação. A previsão de acordo com o superintendente geral da Casa, Artur Alexandre Souto, é que a votação ocorra no dia 25, já que no dia 21 termina o prazo de 30 dias do regime de urgência.

De acordo com o contrato assinado em 2007, as estruturas são de responsabilidade do proprietário do estádio. Em Porto Alegre, o Beira-Rio pertence ao Internacional, que já afirmou, através do presidente Giovanni Luigi, que não pretende arcar com os custos da obra.

As estruturas temporárias devem abrigar, no entorno do Beira-Rio, as áreas de imprensa, energia, tecnologia da informação e segurança, entre outras, necessárias para a organização da Copa. Fazem parte das despesas, por exemplo, gastos com assentos, tendas, plataformas, passarelas, cercas, iluminação, cabos, mobiliário e divisórias. A maior parte dos itens será desmontado depois do Mundial.

O Beira-Rio vai receber cinco jogos da Copa do Mundo: Austrália x Holanda; França x Honduras; Nigéria x Argentina e Coréia do Sul x Argélia.

Portal 2014



Categorias:COPA 2014

Tags:,

20 respostas

  1. Nenhuma das partes, União, Estados, Municipios, FIFA, Clubes cumpriu sua parte. Se todo o problema desta copa fosse as estruturas temporarias no beira rio seria uma grata surpresa. E todo o legado prometido e esquecido pelo povo? Novamente estão desviando o foco dos problemas reais.

    Curtir

  2. Nos 45 do segundo tempo da 2ª prorrogação o negócio vai sair… pelo jeito o Luigi tá fazendo corpo mole, como não está dando resultados, o próprio Inter vai acabar pagando.

    Curtir

    • Duvido… para o SCI não faz a menor diferença a Copa, pois já conseguiram o que queriam que era a reforma do estádio.

      Curtir

  3. Quem se comprometeu que pague. A prefeitura de SP nao vai bancar nada. Ja Porto Alegre q nao tera nenhuma obra de mobilidade pronta pra copa nem tem q cair nessa chantagem, pq o famoso legado ate agora nao existe.

    Curtir

  4. Vá entender…. Teve até protesto contra a COPA. Assim acabam-se os problemas. A capital não terá protesto, porque ninguém vira pra cá. Aumentará o desemprego da rede hoteleira e a cidade continuará parada no tempo, pois investimentos por aqui só em 2099. Pronto sem problemas e a vida segue…..

    Curtir

  5. Se juntar a quantidade de concessões, investimentos públicos, acordos, ajuda de custo, “parcerias”… dados a dois times de PoA dava para pagar a dívida do estado e sobrava dinheiro para abdicar dos pedágios por 20 anos.

    Curtir

    • Acho que tu exagerou um pouco… com os 27 bilhões necessários pra quitar a dívida do estado dava pra comprar o time todo do Barcelona, construir o camp nou aqui e ainda construir casas pra trazer a torcida deles pra morar aqui…

      Curtir

      • Estou pensando também na quantidade de dinheiro que sai do ministério do esporte e secretarias do esporte que vão para o futebol. Fora doação de áreas nobres em cidades.

        Curtir

        • E por falar em doação…

          O Giovani Luigi falou na RD Gaúcha na segunda feira que o SCI está negociando com o Estado a doação de uma área de 70 hectares, frisa-se, SETENTA HECTARES, para a construção do novo CT do clube.

          Curtir

      • Patrocínios do Banco do Brasil, Caixa Econômica ou Petrobras são dinheiro público. Essas empresas possuem monopólios e não precisam de publicidade alguma.

        Curtir

        • Monopólios? Então eles, não precisam fazer propaganda, já que não existe NENHUM outro benco nesse país onde eu possa abrir uma conta e nenhuma companhia de petróleo privada da qual eu possa comprar petróleo

          Curtir

        • Exatamente, para uma série de operações bancarias, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica tem monopólio. Todos os funcionários públicos federais ou bolsistas de universidades são obrigados a abrir conta no BB e pagar taxa de manutenção de conta. Petrobras não vou nem comentar…

          Curtir

  6. Existe um contrato assinado pelo presidente do inter de que o clube arcaria com as despesas dessas estruturas, correto? Então que paguem! É muito fácil fazer uma candidatura com o estádio velho e, depois com um estádio totalmente reformado, às vésperas da Copa, resolver mudar as regras do jogo dizendo que não tem dinheiro. Malandragem pura dos dirigentes colorados.

    O Governo do Estado e a Prefeitura não tem nada que colocar dinheiro nas estruturas. No máximo, que emprestem a grana e depois cobrem do clube com juros após a Copa.

    Curtir

    • Ahh sim, e quem seria louco em acreditar que o SCI pagaria pelo empréstimo?

      Curtir

      • Fora que é bem capaz de aparecer um outro Beto Albuquerque (ou o mesmo Beto Albuquerque) com uma Lei pra perdoar a dívida do SCI.

        Curtir

    • E como fica o contrato assinado pela prefeitura ou estado depois de 2007 se responsabilizando em arcar com as estruturas yuri? constava até do orçamento, plano plurianual, lei orçamentária ou algo assim, não entendo bem disso………….mas sei que já havia comprometimento e previsão orçamentária

      por isso repito: o estado ou prefeitura ainda vai ter que pagar uma multa pra fifa, ou seja, nós teremos que pagar uma multa pra fifa, dinheiro do povo

      Curtir

  7. Não sei como está a opinião geral por aí, mas não vejo nenhuma razão para o governo do estado arcar com essa despesa…

    Curtir

    • Vou exemplificar uma razão valida.

      Exemplo, daqui a alguns anos dois empresários europeus conversam sobre onde investir numa nova fábrica:

      – Que opções temos para a fábrica no Brasil?
      – Temos Santa Catarina e Rio Grande do Sul
      – Rio Grande do Sul não foi aquele estado que saiu nas notícias do Le Figaro (ou berliner zeitung ou economist…) por uma confusão na organização dos jogos da copa?
      – Ah, é verdade. Melhor não arriscar. Imagina se construímos a fábrica lá e depois ficamos parados esperando alguma licença…
      – Certo. Vamos considerar Goiás então…

      Curtir

      • A conversa é por aí, eu só trocarria “esperando uma licensa” por “esperando uma grana de extorção”, por que é isso que o inter tá fazendo.

        Curtir

        • É claro, mas quem em sã consciência deixa alguma responsabilidade a cargo de um clube de futebol?

          O erro todo da história foi esse, e os outros vão entender assim. Incompetência dos nossos gestores públicos.

          Curtir

%d blogueiros gostam disto: