Restrição de circulação de carroças entra em nova etapa

Crédito: Vinicius Rorato

Crédito: Vinicius Rorato

Iniciada em setembro do ano passado, a restrição de circulação de carroças e carrinhos em Porto Alegre entrará em uma nova etapa a partir do próximo dia 31 de março. Na data, será implantada a restrição na chamada zona 2, que abrange as regiões administrativas Eixo Baltazar, Leste, Nordeste, Noroeste e Norte (veja os bairros abaixo). Em contrapartida à proibição de circulação desses veículos nas regiões, a prefeitura está incrementando as ações do Todos Somos Porto Alegre – Programa de Inclusão Produtiva na Reciclagem na área da zona 2. A restrição está prevista na Lei 3.581/08, que determina a retirada dos veículos de tração animal e de tração humana do trânsito da cidade até junho de 2015.

O Todos Somos Porto Alegre é desenvolvido com o objetivo de possibilitar inserção profissional a condutores de carroças e carrinhos. Hoje, mais de 1,7 mil carroceiros e carrinheiros estão cadastrados no programa, que oferece cursos de formação profissional e encaminhamento para vagas de trabalho. Ao se inscrever nos cursos, os trabalhadores passam a receber bolsa de estudo no valor de um salário mínimo – R$ 678 – por mês, cesta básica mensal e vale-transporte. A carga horária da qualificação é de quatro horas diárias, com duração média de três meses.

Também está previsto o pagamento de indenização para carroça e carrinho entregue ao programa. Para carroças, a indenização é de R$ 2 mil, se o veículo for entregue dentro de um período de até três meses depois do início de restrição na área de domicílio, e de R$ 1,5 mil em período posterior. Para carrinhos, de R$ 300 e R$ 250, respectivamente. O programa prevê ainda reformas e construção de seis unidades de triagem.

O Todos Somos Porto Alegre é liderado pela Prefeitura de Porto Alegre, com financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Braskem, Bunge e Celulose Riograndense. A Lei nº 3.581/08, de autoria do então vereador Sebastião Melo, começou a ser aplicada no dia 1º de setembro de 2013, nas regiões Centro-Sul, Cristal, Cruzeiro, Glória, Lomba do Pinheiro, Partenon e Sul.

Veja os bairros da zona 2:

  • Região Noroeste: Boa Vista, Cristo Redentor, Higienópolis, Jardim Itu, Jardim Lindóia, Jardim São Pedro, Passo D’Areia, Santa Maria Goretti, São João, São Sebastião, Vila Floresta e Vila Ipiranga
  • Região Leste: Bom Jesus, Chácara das Pedras, Jardim Carvalho, Jardim do Salso, Jardim Sabará, Morro Santana, Três Figueiras e Vila Jardim
  • Região Norte: Sarandi
  • Região Nordeste: Mário Quintana
  • Região Eixo Baltazar: Passo das Pedras e Rubem Berta

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:Carroças e Catadores

Tags:,

7 respostas

  1. Uma vez vi uma carroça na contramão descendo o viaduto da Silva Só, hahaha.

    Curtir

  2. Amem.

    Os carroceiros cansados com o estresse do transito agora andam ate pelos corredores de ônibus.

    Vejo isso diariamente.
    Depois acontece um acidente e o culpado é o motorista.

    Curtir

    • Todo mundo sabe que a culpa é sempre do pedestre, não importa a situação.. 😉

      Curtir

      • lugar de pedestre e carroceiro é no corredor de ônibus?
        E eu achando que era pra incentivar o transporte publico…

        Que paranoia einho…

        Curtir

  3. Seguido tenho deparado com carroceiros na região central. To achando que esta lei vai ir para a mesma prateleira onde está a “mãozinha para atravessar na faixa” e a “multa para jogar lixo no chão”, entre outras.

    Curtir

    • O problema é que provavelmente vão fazer essa iniciativa agora e vai morrer. Por mais que todos carroceiros sejam qualificados e inseridos no mercado, sempre vai ter mais gente aparecendo (sempre haverão desempregados).

      Meu ponto é, deveria ser um programa sem data de término.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: