Fifa aprova proposta para estruturas temporárias do Beira-Rio

Direção confirmou proposta construída entre prefeitura, Estado e clube   Foto: Anderson Kblo/Divulgação PMPA

Direção confirmou proposta construída entre prefeitura, Estado e clube   Foto: Anderson Kblo/Divulgação PMPA

O vice-prefeito Sebastião Melo e o procurador-adjunto do Município, Marcelo do Canto, participaram na manhã desta quarta-feira, 26, de reunião no Rio de Janeiro, para avançar nas definições sobre as estruturas temporárias necessárias à realização da Copa do Mundo em Porto Alegre. O encontro teve a presença do secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, do coordenador do Comitê Gestor da Copa do Estado, Maurício Nunes, e da 2ª vice-presidente do Sport Club Internacional, Diana Raquel de Oliveira. Uma vistoria técnica será realizada nesta quinta-feira, 27, às 15h, no entorno do estádio Beira-Rio, quando integrantes do Comitê Organizador Local da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014 (COL) vêm à Capital para definir os detalhes da implantação.

Conforme Melo, a direção da Fifa confirmou a proposta construída entre a prefeitura, o Estado e o clube. “A partir da aprovação do projeto na Assembleia Legislativa, avançamos de forma consistente no cronograma e na definição das ações de cada ente para viabilizarmos, no prazo necessário, as estruturas temporárias”, manifestou o vice-prefeito. De acordo com o cronograma, o Internacional deverá formalizar até 4 de abril o convênio com a empresa que atuará como mediadora na gestão dos projetos e implantação das estruturas. Na sexta-feira, 28, representantes de empresas estarão em Porto Alegre para dialogar com a direção do clube.

O Projeto de Lei nº 17 de 2014, que trata das estruturas temporárias visando à realização dos jogos da Copa do Mundo de 2014 no estádio Beira-Rio, foi aprovado pelo plenário da Assembleia Legislativa no início da noite de terça-feira, 25. De acordo com o encaminhamento definido na reunião, a legislação deverá ser regulamentada até 31 de março pelo governo estadual. Na vistoria de quinta, serão validadas as providências pertinentes à prefeitura, ao Estado e ao clube e será avaliada a extensão da demanda de pavimentação no local para as estruturas temporárias, para que a prefeitura adote as providências pertinentes enquanto a licitação para pavimentação do entorno está em desenvolvimento.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:COPA 2014

Tags:,

6 respostas

  1. Mesmo com o MP dizendo que vai querer mandar a conta?

    Curtir

    • Pra mim não passa de uma atitude hipócrita do MP
      Aonde estava o MP quando deram isenção fiscal pra construção do Arena e reforma do Beira Rio?
      Deveriam ter agido com firmeza desde o início

      Curtir

    • Vamos ver o que a Justiça vai dizer quando julgarem a ação de ressarcimento dos cofres públicos por pagar despesas privadas de um evento privado,

      Curtir

  2. Capaz?

    Curtir

  3. POXa…hoje niver da capital e nem um posto falando do que a cidade tem de bom…..

    Curtir

  4. Só uma conclusão:
    A FIFA está lucrando com a demora em Porto Alegre.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: