Dilma anuncia construção da segunda ponte sobre o Guaíba

Presidente garantiu que obra irá começar imediatamente

Crédito: Dnit Divulgação / CP

Crédito: Dnit Divulgação / CP

Uma obra tão esperada pelos gaúchos vai finalmente sair do papel. Nesta quinta-feira, a presidente Dilma Rousseff anunciou que a construção da segunda ponte sobre o rio Guaíba irá começar imediatamente. A homologação do resultado da licitação da obra foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) de hoje.

“A ponte vai melhorar o tráfego da Região Metropolitana e a ligação com a região Sul do Estado, em direção ao porto de Rio Grande. A empresa que venceu a licitação vai iniciar imediatamente os trabalhos, a começar pelo cadastramento de realocação das famílias”, disse Dilma em coletiva a três rádios gaúchas, entre elas a Guaíba.

A segunda ponte sobre o Rio Guaíba terá sete quilômetros de extensão e deverá ser utilizada por 50 mil veículos diariamente, informou Dilma. A empresa que venceu a licitação é a mesma que construiu a BR 448 (Rodovia do Parque). “A nova ponte do rio Guaíba vai facilitar a vida de todos os gaúchos. Será menos tempo no transito é mais qualidade de vida. A assinatura do contrato será agora no dia 31”, festejou Dilma.

A presidente ainda lembrou do aniversário de Porto Alegre, comemorado nessa quarta-feira, e disse que a obra é um presente para a cidade. “Todos que amamos Porto Alegre sabemos a importância dessa nova ponte e vamos comemorar. A segunda ponte do Guaíba vai sair”, concluiu.

De acordo com o DOU, o custo da obra – apresentado pela empresa Queiroz Galvão e a EGT engenharia – é da ordem de R$ 649,62 milhões, 26,28% abaixo do que foi orçado, segundo a publicação.

Correio do Povo



Categorias:Nova ponte Guaíba

Tags:

8 respostas

  1. Eleição chegando… tem que aparecer né? Vai que não ganha a copa…

    Curtir

  2. Até 2020 estará pronta.

    Curtir

  3. Queria ver o prefeito chamar os monumentos de “sucata” devido ao seu estado, não os aviões da AA e em seguida aparecer de pavão inaugurando o consulado.

    Curtir

  4. É indiscutível a necessidade desta ponte.
    Porém, poderiam ter feito um planejamento melhor prevendo uma rota direta entre Eldorado do Sul e Canoas, sem precisar passar por Porto Alegre.
    Imaginem o caos que será o trecho entre a atual ponte e a arena (aliás, já é um caos em determinados horários e nos feriados).

    Curtir

    • Mas por onde fariam isso? Uma terceira ponte muito maior e mais cara dando direto na 448?

      Aliás, o que será feito da ponte antiga, seus acessos e viadutos?

      Curtir

      • Acho que existe demanda para as duas pontes, quem vem via BR-290 do interior pode ir pela ponte nova se quiser seguir para ZN ou Canoas ou pela antiga se quer entrar no Centro de POA ou ZS.

        Curtir

      • Carlos, existe um grande número de indústrias na região metropolitana e em Caxias que necessitam do porto de Rio Grande. Ou seja, é grande o movimento de mercadorias nesta rota.

        Deveriam ter pensado em construir esta nova ponte ligando Eldorado do Sul direto a Canoas e, depois de pronta, demolir a ponte móvel para construir uma nova no local.

        Assim teríamos duas pontes: uma para ligar região norte e sul sem passar por POA; outra para ligar a capital ao sul.

        Do jeito que está, todo o movimento será concentrado em um trecho entre a ponte móvel e a arena (é uma estupidez!!!).

        Curtir

  5. É incrível a quantidade de escândalos que aparecem quando digitamos no google o nome de alguma dessas grande empreiteiras (Queiroz Galvão, Andrade Gutierrez, OAS, Camargo Corrêa…) junto das palavras “corrupção” e “denúncia”.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: