Reforma da Praça Dom Sebastião não inclui os monumentos

Como eu havia comentado anteriormente, num post com fotos, a reurbanização da Praça Dom Sebastião não incluirá os monumentos, estátuas e as fontes.

Vejam a matéria do Metro.

dom-sebastiao-1

 

dom-sebastiao-2

Jornal Metro – Porto Alegre, 27/03/2014



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Reurbanização

Tags:, ,

11 respostas

  1. Essa noticia é incacreditável, beira a insanidade. Quase um milhão para trocar o piso e colocar uns brinquedos? E vão deixar aquelas fontes secas para honrar o título de cidade das fontes secas? Que palhaçada é essa?

    Curtir

  2. Deixar para depois da copa ?? Não mesmo, melhor uma ” comissão ” na mão do que duas voando …

    Curtir

  3. Pavão é um belo adjetivo para o nosso prefeito. Parabéns pela criatividade 🙂

    Curtir

  4. Bienvenidos a Cuba hermanos…

    Curtir

  5. Isso é uma das maiores verdades…
    É inauguração????? Então lá vem ele… nem que seja 300m de ciclovia o PAVÃO aparece para tirar aquela fotinho….

    Curtir

  6. Queria ver o prefeito chamar os monumentos de “sucata” devido ao seu estado, não os aviões da AA e em seguida aparecer de pavão inaugurando o consulado.

    Curtir

    • Ué. Mas quem usa os monumentos? Ninguém precisa deles. Vamos cortá-los de lá. (ironia ok?)

      Curtir

  7. De que adianta anunciar esse tipo de obra sem anunciar em conjunto alguma expectativa para os monumentos e etc? Ainda se dissessem que reformarão a praça por etapas… mas nem isso. Sem contar isso que o Gilberto falou. É triste.

    Curtir

  8. Eu só não entendo por que começar uma obra a 80 dias da Copa!!!! Se vai levar 6 meses a obra (sem considerar os atrasos) poderiam deixar pra começar em julho. Mais uma obra inacabada na cidade das obras inacabadas…

    Curtir

    • Pois é… E achei estranho não tocar nos pontos de iluminação e monumentos também…

      Curtir

    • Verdade, deve ser muita vontade de mostrar canteiro de obra pra gringo.
      Acho que o ideal seria limpar e restaurar a iluminação para deixar a praça ao menos transitável e segura durante o evento da copa e depois sim restaura-la.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: