Estruturas temporárias Fifa: responsabilidade é do Inter (atualizado)

Foto: Alexandre Sperb

Foto: Alexandre Sperb

Assinado pelo então presidente do Inter, Vitorio Píffero, e pelo secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, o aditivo ao contrato para sediar a Copa do Mundo no Beira-Rio prevê que o clube se responsabilize por toda a operação dos jogos e pela instalação das estruturas temporárias.

Porém, prevê uma saída para que o evento seja realizado mesmo que a busca por empresas interessadas em bancar os custos, estimados em R$ 25 milhões, não dê em nada: a Fifa poderia instalar os equipamentos e depois cobrar do Inter.

A cláusula 31 do aditivo inclui, no Contrato Para Sediar original, a determinação de que, se a Stadium Authority – o Inter – deixar de cumprir obrigações do contrato, a Fifa ou o COL pode realizar essas tarefas e, depois, o clube reembolsar a entidade.

O assunto chegou a ser discutido durante as negociações para a resolução do problema das estruturas temporárias, mas foi descartado pela Fifa. Obtido com o Ministério Público Estadual na tarde desta quinta-feira (27) por meio da Lei de Acesso à Informação, o aditivo ao contrato também afirma que disputas serão resolvidas na Câmara de Comércio Suíça, em Zurique.

Affonso Ritter

_________________

CONFIRA O CONTRATO NA ÍNTEGRA, CLICANDO AQUI – ZERO HORA



Categorias:Outros assuntos

48 respostas

  1. twitter.com/alexaguiarpoa

    Alexandre Aguiar ‏@alexaguiarpoa 4 h
    Copa em POA segue apenas em meia dúzia de ônibus adesivados, o que aliás ocorreu faz tempo. Fórum Social teve mais publicidade que Copa.

    Em qualquer cidade de primeiro mundo que recebesse Copa do Mundo, a cidade estaria pintada de ações sobre o evento. Como Gramado faz e bem.

    Daqui a 73 dias tem Copa em POA. Não se vê uma iniciativa de decoração ou promoção na cidades por governo ou iniciativa privada. #fiasco

    Não é nada factível que estruturas temporárias com a qualidade que FIFA exige estejam prontas em POA no prazo. Copa em POA segue em crise.

    Pavimentação foi licitada só hoje pela PMPA. BRIO estará envolvido nos próximos 7 dias com estrutura da festa. Temporárias ? Só no papel.

    Prazo da FIFA para montagem das temporárias é 21 de maio. Logo, são apenas 51 dias. Não tem nada ainda, nem pavimentação, e precisa montar.

    Hoje faltam 73 dias para Copa do Mundo. Projeto das temporárias sequer foi sancionado e regulamentado. Não há patrocinadores. Vai ter Copa?

    Curtir

  2. Falta informações e as pessoas escrevem o que não sabem…

    Sobre as estruturas a Fifa anunciou que as próximas copas vai preferir estádios do governo porque estádios particulares obrigam os clubes a bancar quantias altas para as estruturas temporárias, NO CASO DO INTER O PÍFFERO ASSINOU CONTRATO, MAS NÃO HAVIA O VALOR DE R$30MILHÕES DAS ESTRUTURAS…

    Por que ninguém comenta que a Arena foi financiada pelo BNDES ??? Que o Grêmio tentou bancar a dívida direto com o banco mas não conseguiu, e hoje e o grêmio paga a OAS, e a OAS paga o banco e para ter lucro explora a Arena e por isso o grêmio não tem autonomia nenhuma na Arena, e cada vez fica mais pobre…

    Curtir

    • Se a Arena foi financiada, será paga, não se preocupe.

      Curtir

      • Verdade. Esse Márcio consegue baixar o nível metendo o Grêmio no meio pra tentar minorar a irresponsabilidade do seu time.

        Curtir

      • E o aluguel esta se do pago?

        Curtir

        • Não, mas pagaremos a construção da Arena com o esforço da torcida, porque não temos o costume de receber vantagens do governo, através do uso de chantagem, lobies e clubismo de políticos.

          Curtir

        • E tu acha que o terreno da Arena foi comprado como e a que preço? E os índices construtivo para os terrenos da Azenha e do Humaitá (maior cota de POA), Também ganhou incentivos fiscais (IMCS, IPI, PIS/COFINS, ISS) para a obra, no mesmo percentual do Inter, mas de valor absoluto muito maior. Conseguiu, sabe-se lá como, evirar que a OAS bancasse obras compensatórias ao impacto do empreendimento? Iguatemi vai duplicar a Anita por causa de uma ampliação, Zaffari abriu a Av. Grécia. O Barra urbanizou a Icaraí e Diário.

          Curtir

        • O terreno da Arena foi comprado pelo valor que o proprietário (FCO) pediu, repito, COMPRADO; estádios de futebol não tem índice contrutivo, são especiais; a Arena e OAS ganharam incentivos por investir numa região pobre e abandonada da cidade e o excesso de contrapartidas está em discussão na justiça, mas houve contrapartidas.

          Mais uma pergunta, pode mandar?

          Curtir

        • O índice não é para o estádio, e sim para os prédios residenciais que a OAS irá construir nos dois terrenos. Se a área é abandonada, não interessa, tem que cumprir a lei, como o Zaffari e a Multiplan fizeram. O proprietário do terreno era o governo do Estado, que cedia o terreno a FCO, que por sua vez não tem dono, e sim dirigentes. O preço vendido foi muito abaixo de mercado. Aguardo tréplica com argumentos melhor embasados.

          Curtir

        • Então você está me dizendo que o inter não é dono do terreno do BR, porque a FCO era tão dona daquele terreno tanto quanto o inter é do seu. Quanto aos índices da OAS, quem tem de explicar é a própria OAS, assim como a melnickeven, referente a área dos Eucaliptos. Por outro lado, se você acha que investimentos em regiões pouco desenvolvidas tem de ter o mesmo tratamento tributário de regiões consolidadas da cidade, além de fanático é tosco.

          Curtir

  3. Fato: Quando o Píffero assinou o contrato anos atrás não havia valores astronômicos das estruturas temporárias e agora a fifa aparece com r$30milhões e responsabilizando o Inter, é muito oportunista essa fifa isso sim…

    Curtir

  4. Trecho do aditivo do contrato: “fornecimento de ESPAÇO DE SOLO para a montagem das áreas de hospitalidade bem como ESPAÇO exigido pela FIFA e/ou COL para cercas, os pontos de verificação da segurança e do acesso, …”

    Curtir

  5. Acontece que a direção do clube (e não o Clube) são um bando de oportunistas salafrários. Sabiam que a responsabilidade era do Inter e esconderam o contrato esperando ganhar a Estrutura de graça às custas de todos nós. Gente baixa. Precisou um Promotor de Justiça solicitar o documento para ser mostrado. Cadeia neles. Que vergonha.

    Curtir

    • E responsabilidade não é do Inter, informe-se

      Curtir

      • Me informei nos canais de notícias, e continuo com a mesma conclusão: A RESPONSABILIDADE É DO CLUBE DONO DO ESTÁDIO (INTER). Aliás, é o mesmo contrato utilizado com outros Clubes que tiveram seus estádios sediando a Copa. Imagina, só com a Diretoria do Inter as palavras de um contrato padrão ganham novas interpretações. Está preto no branco. Quem disser o contrário, quer fazer com que uma mentira repetida se torne verdade. Vai se informar você. Então me diga, por que o Inter não quis mostrar o contrato? Para quem tu torce mesmo? Pro nosso Estado é que não é.

        Curtir

        • Me mostre qual cláusula deixa claro isto.

          Curtir

        • PS – o Inter não quis mostrar o contrato com a AG, que sempre foi protegido pos cláusula de confidencialidade. O com a FIFA já estava disponível.

          Curtir

        • O Píffero assinou contrato, mas não não havia valores mencionados, e agora a fifa vem com 30milhões… é muito oportunista essa fifa..

          Curtir

%d blogueiros gostam disto: