EPTC testa intervalo de 30 segundos em sinaleiras de Porto Alegre

Estatuto que determina tempo mínimo deverá prejudicar principalmente o transporte coletivo

Pedestres podem ter mais tempo para atravessarem as ruas  Crédito: Vinicius Roratto / CP Memória

Pedestres podem ter mais tempo para atravessarem as ruas
Crédito: Vinicius Roratto / CP Memória

O presidente da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Vanderlei Cappellari, adiantou que vão ser iniciados nesta semana testes com semáforos de Porto Alegre em 30 segundos. O prefeito deverá sancionar em breve o Estatuto do Pedestre, que estabelece o tempo como mínimo nas sinaleiras.

De acordo com ele, foram selecionados pontos de maior movimento da cidade. A intenção é iniciar as experiências no trânsito com o tempo novo. “O impacto vai ser maior no transporte público e essa situação de teste vai nos auxiliar. Precisamos saber em que ritmo o período dos itinerários vai ser alterado para adotarmos providências”, explicou Cappellari.

Uma das possibilidades é a de orientar as empresas a comprarem novos veículos para as frotas e mudar as tabelas de horário. Cappellari garantiu, apesar de anteriormente ter alertado para o risco de “paralisar a cidade”, que o tempo mínimo de 30 segundos para a travessia vai ser respeitado, mesmo em casos de congestionamentos em locais com baixo fluxo de pedestres.

Correio do Povo



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

42 respostas

  1. Em NYC:

    His explanation may be the best reason for the continued existence of the buttons.
    ”Because,” he said, ”it’s fun.”

    http://www.nytimes.com/2004/02/27/nyregion/for-exercise-in-new-york-futility-push-button.html

    Curtir

  2. 30 segundos é demais em alguns casos. Mas é fato que é um absurdo algumas sinaleiras terem 8 ou 9 segundos. Até uma pessoa com boa condição de mobilidade às vezes tem dificuldade pra passar.

    Acho que não dá pra deixar tão estanque essa situação. Tem lugares em que 30s pode ser aceitável, mas em outros, esses 30s podem ocasionar congestionamentos enormes em algumas vias. E antes que falem alguma coisa, já digo que nem carro tenho, mas é preciso ter bom senso nesse tipo de situação.

    Curtir

    • Exatamente. Obviamente falta lógica em todo o trânsito de Porto Alegre. 30 segundos é muita coisa para atravessar uma rua que tenha uma pista, ou mesmo duas. Enquanto que, pelo menos até agora, há avenidas com 3 ou 4 pistas quem tem em torno de 10 segundos para atravessar.
      Não pode ser tão impossível colocar um tempo X segundos para uma rua de 1 ou 2 pistas, e um tempo Y para 3, 4 ou 5 pistas.

      Curtir

  3. Eu acho que 30 segundos é uma coisa muito rígida.
    Deveria é mudar o “cálculo” que agora é de 1 segundo para 1m. Deveria ser 2 segundos para 1m.

    Curtir

    • Pois é, seria uma boa contra-prosposta mesmo.

      Curtir

    • Se tivéssemos uma engenharia de tráfego eficaz, em que o pedestre percebesse a preocupação com sua segurança, que não aparecesse sinaleiras com 9s ou até menos, não precisaria dessa lei e nem nos daríamos conta.

      Curtir

      • Fato. Engenharia de tráfego em Porto Alegre não existe. Se existe deve ser o “Team Bozo”.

        Curtir

      • Talvez a engenharia de tráfego de Porto Alegre seja um deputado que determine que todos os semáforos devem ter 30 segundos para pedestres.

        Já parou pra pensar nisso?

        Curtir

    • Este teu cálculo seria uma forma bem mais inteligente de resolver o problema do tempo das sinaleiras.

      Curtir

    • É correto haver um limite mínimo para as sinaleiras. Se é 30s, pode-se discutir… Afirmo isso porque, mesmo que a rua tenha somente uma pista, a sinaleira não pode ficar aberta para o pedestre poucos segundos. Se o cara resolve olhar o relógio ou dar uma espiadinha para trás por segurança e a sinaleira abre, já se perde uns 3 ou 4 segundos.

      Ao menos 4 coisas são feitas até iniciar a travessia:
      1. Perceber o sinal verde (estudei isso certa vez para a indústria, é cerca de 0,75s);
      2. Olhar para um lado da rua (1s, estimado);
      3. Olhar para o outro lado da rua (as autoridades de trânsito aconselham a olhar para os dois lados mesmo em vias de mão única);
      4. Iniciar o movimento (1s, estimado).

      O que acontece na maioria das vezes, que é errado é o pedestre ficar vendo o sinal amarelo dos carros e iniciar a travessia e olhar para os dois lados ao mesmo tempo. Por isso que o sentimento da população que as sinaleiras de pedestre não estão dando o devido valor ao pedestre não é a toa…

      Curtir

      • Isso sem contar aquele motorista espertinho que dá uma acelerada quando vê o sinal ficar amarelo, reduzindo ainda mais o tempo disponível para o pedestre.

        Curtir

    • Também se deve levar em consideração a localização do semáforo, uma sinaleira em frente a um hospital (pessoas mais velhas e com menos mobilidade) ou em frente de escolas (crianças) se deve ter mais tempo. Ou se é uma rua de bairro ou grande avenida..

      30 segundos é rígido mesmo, uma travessia de 5m não precisa de todo esse tempo, mas também não pode ser 8 segundos. Ainda mais que a maioria dessas sinaleiras com pouco tempo é em lugares movimentados.

      Curtir

  4. 1/2 Offtopic: Total ineficiência da EPTC! Esse é um vídeo de 1 minuto da própria prefeitura de Porto Alegre!

    0:12 – Estacionamento ilegal
    0:35 – Estacionamento ilegal
    0:44 – Estacionamento ilegal
    0:47 – Estacionamento em cima da calçada

    Curtir

    • Um caso clássico tbm que a EPTC não faz nada. No cruzamento da Américo Vespúcio com Dom Pedro II, é proibido estacionar na Américo Vespúcio em horário de pico no trecho em frente ao colégio Pastor Dohms e à Sogipa. Vai lá ver se não tem carro estacionado todos os dias afunilando o trânsito. Eles colocam placas e nunca fiscalizam.

      Tem várias medidas pra melhorar o trânsito que só depende de replanejamento. Tem ruas que são caóticas pra ônibus e carros simplesmente pela ausência/desgaste da pintura no asfalto. A maioria dos motoristas sem noção de espaço não sabe se guiar sem as faixas pintadas e o trânsito fica péssimo. E eu tenho visto isso em dezenas de ruas. Ou seja, nem pintar o chão (!!!) a EPTC tem sido capaz de fazer. É muita ineficiência pra um órgão só.

      Curtir

      • Exato! Uma simples pintura melhora muito! Há pontos onde existe afunilamento e deve-se ter indicação de qual a faixa deixará de existir e qual seguirá livremente. Assim define-se claramente a preferência. Se não for assim acaba ficando carros lado a lado trancando todo mundo até decidirem qual vai primeiro.

        Curtir

        • Isso acontece muito na Ipiranga sentido centro-bairro no cruzamento da Azenha. Do nada, quatro faixas se transformam em três e é sempre uma complicação o fluxo ali.

          Curtir

    • Cara, é a Anita. Minha namorada mora no Passo d’areia, então passo muito por ali.

      Absolutamente SEMPRE que percorro a Anita, depois da perimetral (para quem vem do centro) há diversos carros estacionados em cima da calçada.

      Curtir

    • Nossa, que absurdo. Isso é muito grave. Como que pode uma empresa pública estacionar automóveis particulares em lugares proibidos? Este Capellari é um monstro desumano. Um crápula. Malditos azuizinhos que pegam o carro dos outros e saem estacionando em lugares proibidos.

      Curtir

  5. Tem a sinaleira na bento na frente da PUC e na Ipiranga com a João Pessoa, onde a sinaleira conta 10, mas de longe aqueles 10 são segundos, estão mais pra 8 segundos. Na PUC o problema é pior porque a pessoa tem que atravessar as duas pistas, separadas por um corredor de ônibus e mais uma cerca. NÃO DÁ NEM A PAU PRA FAZER ISSO DE UMA VEZ SÓ SEM CORRER RISCOS. A maioria das pessoas se arriscam nesse cruzamento. TEM QUE VALORIZAR O PEDESTRE! Os carros podem esperar porque eles andam mais rápido.

    Curtir

    • Essa faixa da PUC que tu tá falando é realmente patética, tu tem que esperar dois ciclos pra atravessar uma rua, porque no meio da travessia já fecha de novo.

      Curtir

  6. A EPTC sendo obrigada por lei a fazer o que o código de trânsito diz: priorizar o pedestre. Finalmente!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: