Internacional anuncia empresa que fará estruturas provisórias

Imbróglio envolvendo o Beira-Rio e a Fifa quase tirou Porto Alegre da Copa do Mundo

Beira-Rio vai sediar cinco jogos na Copa do Mundo (crédito: Portal da Copa)

Beira-Rio vai sediar cinco jogos na Copa do Mundo (crédito: Portal da Copa)

O consórcio Fast-Pazini-Rohr irá gerenciar a montagem e a execução das estruturas complementares no entorno do Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre. As instalações são necessárias para a realização da Copa do Mundo da FIFA 2014. O anúncio foi feito nesta quarta-feira (30.04) pelo Sport Club Internacional, gerente do estádio e proponente do projeto das instalações.

A solução do caso, no entanto, não foi fácil. O Internacional se negou a bancar os R$ 30 milhões necessários para a obra. A Fifa não abre mão do espaço e impôs ao clube gaúcho uma definição. A partir daí, a Assembleia Legislativa aprovou um projeto de lei que dá isenção fiscal para empresas que contribuíssem com R$ 25 milhões para a construção das estruturas. Os R$ 5 milhões restantes serão financiados pela prefeitura de Porto Alegre e o Governo do Rio Grande do Sul.

O Beira-Rio vai receber cinco jogos da Copa do Mundo: Austrália x Holanda; França x Honduras; Nigéria x Argentina e Coréia do Sul x Argélia, além de uma partida das oitavas de final.

Confira a íntegra da nota divulgada pelo clube:

O Sport Club Internacional comunica que o consórcio Fast-Pazini-Rohr foi o selecionado para ser o integrador para construção das estruturas complementares dos jogos da Copa do Mundo, no Beira-Rio, por apresentar a proposta mais vantajosa para o objeto contratado. A escolha foi definida após análise de uma comissão de conselheiros e colorados formada para o recebimento e análise das propostas. Cinco empresas se candidataram. A comissão que analisou as propostas foi formada por José Alfredo Amarante (coordenador), Paulo Rogério Silva dos Santos, Keller Dornelles Clós, Eduardo Jaeger, Guilherme Petry e Ubaldo Alexandre Licks Flores.

Fonte: Internacional/Secopa-RS

Portal 2014



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

4 respostas

  1. É verdade Diego, o Gigantinho está bizarro mesmo. Infelizmente é assim mesmo, reforma é mais caro que uma obra nova, e sempre sobra uma pendenga pra resolver depois.

    Curtir

  2. EXTRA ! Tudo quw está ruim pode ficar ainea pior : http://www.mobicidade.org/?p=279

    Curtir

  3. Essa imagem aérea mostra como está desgastado o Gigantinho. Destoa do estádio. Uma pena.

    Curtir

  4. Tiraram o corpo fora quando era pra bancar, disseram que a responsabilidade era do governo. Foi só darem a isenção que ele já apareceu.
    Será que vai tirar uma grana por fora?

    Que violência!

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: