Vídeo: Hora de repensar o sistema de transporte na Região Metropolitana

Para pensar e participar!

 

Participe da pesquisa:

cidadeideia.com.br/2013/12/12/rmpa/



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

18 respostas

  1. O problema é que implantar esse projeto praticamente não demanda recursos financeiros: não tem obra pra entregar a licitação pro amigo empreiteiro, diminui a frota, os km rodados e o número de linhas, diminuindo os ganhos do amigo da ATP. Também, não precisa chorar por recursos federais e nem derrubar árvores pra poder por a culpa na Dilma ou nos “ecoxiitas”. É desolador ver que o interesse público é a última das prioridades da prefeitura de Porto Alegre.

    Curtir

  2. Se em Curitiba funciona muito bem, por que não aqui?
    Várias cidades do mundo se inspiraram na capital paranaense, não vejo mal algum em copiar o que funciona e dar os créditos da ideia a Curitiba.
    Agora lançar um videozinho bonito e fazer toda essa comoção não resolve em nada. Se várias cidades já copiaram Curitiba. Por que não?

    Curtir

  3. O vídeo demonstra exatamente o que é o transporte público de Curitiba, mas lá já existe desde os anos 70. Linhas troncais, redução do número de ônibus no centro, ônibus alimentadores. Qualquer pessoa que conheça o sistema de Curitiba vai ver que o que estão querendo aqui é uma cópia do que é feito lá. Não vejo problemas em copiar a ideia, afinal Bogotá e Los Angeles fizeram estudos no transporte da capital paranaense para implantar o mesmo modelo. Mas uma coisa devemos questionar, porque vamos implantar em POA uma lógica de transporte que os curitibanos estão querendo abandonar?? (lá estão investindo em metrô.)

    Curtir

    • Verdade Giulia, não podemos incorrer no mesmo erro que talvez nos demos conta 20 ou 30 anos mais tarde. Temos que planejar, pesquisar, estudar outras cidades e ver o que se enquadraria melhor em Porto Alegre.

      Curtir

    • Morei e Curitiba por alguns anos. Pela propaganda que a cidade faz e “no papel” parece tudo muito bom. Mas os ônibus por lá também atrasam, são superlotados e tal, além de ter centenas de linhas de ônibus no centro, assaltos nos tubos e dentro dos ônibus (arrastões). Acho que muitas cidades tentaram copiar aquele sistema, mas viram que nem tudo são flores.
      Além do mais, a cidade de Curitiba foi planejada para “abraçar” esse sistema e não o sistema para resolver os problemas da cidade. O sonho de todo curitibano é comprar um carro pra ir de carro para o trabalho.

      E sobre o metrô de Curitiba, acho que essa ideia anda meio deixada de lado. Nem falam mais nisso.

      Curtir

      • Breno, mesmo sendo ruim é muito melhor que o Poa. O problema é que não se inovou, em Bogotá que é uma cópia do transporte de Curitiba o sistema funciona porque foi constantemente replanejado de acordo com as necessidades.
        Morei em Curitiba 3 anos quando fiz mestrado no antigo CEFET, concordo que existe muito marketing em cima da cidade, mas mesmo assim a mobilidade é muito melhor do que qualquer outra capital brasileira.

        Em resumo, o transporte público por lá ainda precisa piorar muito pra ficar tão ruim quanto o nosso.

        Curtir

      • Eu moro em Curitiba há 3 anos e concordo com o sistema de ônibus, não é perfeito, não tem ar condicionado, é superlotado nos horários de pico, mas ainda funciona melhor que o de POA. Saindo daqui da minha casa e pegando o ônibus mais próximo eu posso chegar a qualquer lugar da cidade ou da região metropolitana fazendo baldeação nos terminais e pagando somente uma passagem. O edital do metrô de Curitiba foi lançado na sexta-feira passada, a linha azul irá do CIC até o terminal Cabral (sentido sul-norte, 17,6 km com 14 estações) e futuramente será extendido até o terminal Santa Cândida e custará 4,5 bilhões de reais.

        Curtir

      • Kadu Ibaldo, realmente em horários de pico os ônibus enchem muito mas a vantagem é o deslocamento por corredores exclusivos. A menor quantidade de ônibus circulando na região central é importante para o trânsito e também visualmente, a cidade parece mais limpa e menos poluída por não ter tantos ônibus concentrados na região central. Só vejo vantagem no sistema.
        Além do metrô Curitiba está investindo pesado em um novo modal por bicicletas, é vergonhoso quando vejo aqui em POA se comemorar pequenos trechos de ciclovias estreitas que só servem para passeio, sendo que a capital paranaense que já conta com quase 127 quilômetros de ciclovias e está investindo em mais 300 quilômetros de vias cicláveis em toda a cidade inclusive centro. Enquanto que POA tem APENAS 20 quilômetros de ciclovias e o povo acha tudo lindo.

        Meu Deus! Como eu amo Porto, mas até quando vamos viver esse abandono e falta de iniciativas inteligentes?

        Curtir

  4. Podiam tentar colocar no CLICRBS esse vídeo

    Curtir

  5. O trabalho desse rapaz mostra como precisamos de gestão no Brasil. É uma pena não ter mais iniciativas como essa, onde se mostra tecnicamente o que se pode melhorar. E ele falou somente de um dos pontos que temos a melhorar; o da sobreposição de linhas. Tem ainda o conforto dos ônibus, a não necessidade dos cobradores, a segurança dentro dos ônibus, e ao melhor uso dos cartões TRI e TEU (o site do cartão TEU parece feito por um pessoal muito preguiçoso e os pontos de venda e recarga são ínfimos). Não precisamos inventar nada, é só copiar o que funciona dos países mais avançados.

    Curtir

  6. Quem já foi à Curibita sabe como funciona a coisa… Não é impossível, é só querer!

    Curtir

  7. Acho que seria interessante conseguir mais informações sobre esse projeto com a Metroplan, como expectativa de implantação, prazos, papel das prefeituras, EPTC, etc…

    Que tal o blog tentar uma entrevista com os responsáveis?

    Curtir

  8. Linhas troncais com intervalo de 3 em 3 minutos ? é um sonho para a região!

    Curtir

  9. Fica muito claro a sobreposição de linhas. Não é a toa que há engarrafamentos na Assis Brasil ou Osvaldo Aranha. Agora imagine a economia que daria para se fazer? Com menos cobradores e motoristas, pode-se melhorar muito a qualidade dos ônibus e o tempo de viagem.

    Curtir

  10. Pior que uma boa organização poderia facilitar muita coisa, e melhorar absurdamente o sistema de transporte.

    Curtir

  11. Eu sempre achei que as regiões metropolitanas deveriam formar um ente federativo próprio (talvez com status de estado, mas assumindo também algumas competências municipais) para planejar e implantar sistemas integrados como esse.

    Curtir

  12. Pena que a licitação só vai manter tudo como está.

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: