Porto Alegre: a cidade que perdeu todas as oportunidades de alavancar seu turismo até a Copa

Copa 2014

Sede: Porto Alegre, RS

4 jogos da primeira fase e mais 1 jogo das oitavas-de-final.

Ampliação da pista sequer começou e construção do Terminal 1 de passageiros está apenas na fase de fundação  Crédito: Samuel Maciel

Ampliação da pista sequer começou e construção do Terminal 1 de passageiros está apenas na fase de fundação. Crédito: Samuel Maciel

Dizem que por sediar alguns jogos da Copa 2014, 5 no total, Porto Alegre não teria nenhum lucro, não valeria tanto, pois seriam apenas uns 15 dias com poucos turistas de outros países.

Vejamos isto com outra ótica: sabe-se que a Copa será no Brasil há quase 7 anos. As principais cidades do país se preparam de todas as maneiras para serem bem-vistas e aproveitar para ter um aumento do fluxo de turistas.

Pois, no caso de Porto Alegre e as outras 11 cidades-sede, elas vão ser vistas nas TVs por mais de 3 bilhões de espectadores em todo o planeta. A cidade vai aparecer, vai virar uma vitrine viva do que o turismo oferece por aqui. Pois aí eu digo: perdemos todas as oportunidades para que a cidade fosse muito bem vista e alavancasse significativamente o seu fluxo turístico nos anos vindouros.

Todas as obras atrasaram, inclusive as do entorno do Estádio Beira-Rio! Sim, vão sair, mas estão ficando prontas agora poucos dias antes da Copa.

As únicas obras que serão concluídas, e serão funcionais serão o Estádio Beira-Rio, o Aeromóvel ligando a estação do Trensurb ao Aeroporto, me parece que o viaduto estaiado da Pinheiro Borda e ….

… nem o viaduto da Júlio de Castilhos vai ficar pronto.

Viaduto da Pinheiro Borda ficará pronto 1 semana antes da Copa. Foto: Cristian Vargas. Grupo GPS - Facebook

Viaduto da Pinheiro Borda ficará pronto 1 semana antes da Copa. Foto: Cristian Vargas. Grupo GPS – Facebook

No mais, não teremos o BRT, nem o concreto dos corredores, tão pouco as modernas estações nas linhas do BRT, o aeroporto já saturado não terá sua ampliação e, sim, obras ao seu lado, nenhum ícone arquitetônico foi construído, a orla continua exatamente a mesma, sem opção de curtir a sua beleza com conforto, as obras dos viadutos e passagens de nível da Terceira Perimetral estão ainda se desenvolvendo, algumas paradas, o projeto do bonde histórico que se arrasta há anos, e por aí segue o caos inercial. Cais Mauá ? Só umas feiras nos armazéns ao lado do pórtico. Lugares já usados por feiras há anos.

Quem, em seu estado normal de consciência e análise crítica, virá a Porto Alegre ou a indicará para visitação estando aqui em junho, daqui a 20 dias?

Prevejo que praticamente NINGUÉM VOLTARÁ!

Revitalização do Cais Mauá. Só daqui a 3 ou 4 anos.

Revitalização do Cais Mauá. Só daqui a 3 ou 4 anos.

Vão vir pra visitar o Margs? O Museu de Porto Alegre? o Iberê Camargo? Andar de bicicleta na orla toda cheia de lixo? Visitar os shopping centers que são iguais a qualquer outra metrópole? Ver umas casinhas de madeira com uns caras de camisa branca e lenço vermelho assando carne na rua, tomando um líquido verde, estranho e amargo? E ainda tudo enfumaçado?

Nem praças floridas nós temos, para dar um ar mais civilizado à nossa cidade.

Rua da Praia receberá os turistas assim. Foto: Marcelo Bumbel, Porto Imagem

Rua da Praia receberá os turistas assim. Foto: Marcelo Bumbel, Porto Imagem

Esta é a grande importância de um evento da magnitude de uma Copa do Mundo de Futebol. Não é pelo período de 15 dias de jogos. São as dezenas de milhares de visitantes que viriam nos anos seguintes da Copa! São as emissoras de TV do mundo inteiro a nos evidenciar.

Sabe-se que na África do Sul, após a Copa de 2010, houve um grande incremento no número de turistas. De 3 milhões anuais de visitantes estrangeiros no país, passou-se a 9 milhões em 2013. Ou seja, há um aumento sim no número de turistas decorrentes de um evento desta magnitude.

E a cidade não aproveitou esta única oportunidade, talvez no milênio, de se mostrar como uma cidade bonita e bem cuidada, com pontos diferenciados para atrair.

Porto Alegre: uma cidade bonita, mas sem aproveitamento do seu potencial. Foto: Gerson Ibias

Porto Alegre: uma cidade bonita, mas sem aproveitamento do seu potencial. Foto: Gerson Ibias

Então, continuaremos com nosso destino de sempre, uma cidade de médio porte com certa vocação para atrair eventos de média importância. E olhe lá.

Gilberto Simon

Este post foi publicado há 1 ano atrás, em 12/06/2013, mas atualizado. Para ver o original, clique aqui.



Categorias:COPA 2014, Obras da Copa 2014, TURISMO

Tags:,

60 respostas

  1. “Porto Alegre é uma das cidades mais interessantes que conheceu (de todas suas viagens pelo mundo)”

    Sério? Ele deve ter viajado pouco… 😀

    Curtir

  2. Vocês já viram o estado da balaustrada da praça Dom Feliciano, na face que dá frente para a avenida Annes Dias, e a Santa Casa de Misericórdia? Simplesmente, o muro histórico e arquitetonicamente valioso um belo dia desabou, e em seu lugar colocaram um pedaço de ferro, um corrimão (que já está torto, e mesmo que não estivesse, é horroroso!), um remendo que liquida com o valor turístico do local.

    Curtir

  3. Tiveram sete anos para preparar a cidade para um evento como a copa do mundo, é realmente impressionante o total despreparo dos nossos gestores públicos. O nosso aeroporto Salgado Filho totalmente inacabado e ainda muita coisa para fazer . A ampliação da pista em pouco mais de 900 metros se tornou uma eterna novela sem FIM, tudo é muito lamentável para uma cidade que poderia dar o exemplo de organização. Mas os nossos gestores não enxergam um Palmo além do nariz a ser interesses próprios e políticos. Perdemos TODOS, Que pena. Oportunidade Única.

    Curtir

  4. Vou receber muitas negativadas, mas vamos lá.
    Sem dúvida o problema é politico administrativo, mas a essência de tudo é uma venda nos olhos de muitos gaúchos. Essa história de que Porto é tudo de melhor nesse país fez com que ficássemos pára traz.
    Um orgulho bonito, mas muito ingênuo e bobo fez com que ficássemos felizes com tão pouco e a cidade foi se definhando durante o tempo. Sinto vergonha quando escuto pessoas dizendo que POA é tudo de bom, falta senso crítico e indignação aos porto-alegrenses.
    Ah, mas o Pôr do Sol?
    E quantas vezes no ano temos tempo pára ir até o Gasômetro e tomar um mate? No dia a dia enfrentamos o trânsito desumano, as calçadas esburacadas, a cidade suja, o vandalismo, o transporte público de terceiro mundo.

    Perdemos espaço até mesmo na nossa região, até o inicio dos anos 80 ninguém conhecia Curitiba, era uma cidade colônia de Poa e São Paulo e hoje nos ultrapassou e muito, é referencia em transporte, limpeza e urbanismo. Curitiba tem ruas floridas o ano todo, monumentos preservados, parques cuidados e obras de arte em paredões ociosos. E nós nos conformamos com espaços abandonados, e misturamos nosso orgulho tolo com nosso conformismo.
    Conseguimos passar vergonha diante de cidades como Goiânia ou Vitória.

    Mas não vai demorar para aparecer aqui os orgulhosos feridos, dizendo que não sou gaúcha (sim eu sou gaúcha), ou criticando outras capitais e vangloriando sobre nosso pôr do Sol.
    De fato a natureza nos deu muito, mas nós não estamos fazendo nada pelo nosso espaço.

    Talvez quando cair a ficha que Porto Alegre não é melhor que nenhuma outra capital brasileira, de que estamos com problemas sérios (muito sérios), que precisamos rediscutir nossa cidade, assumir nossos problemas e abandonar ufanismos bestas. Aí sim, talvez, algo comece a mudar

    PS. Eu amo Porto Alegre, mas não estou cega como muitos.

    Curtir

    • Concordo Giulia! Existe muito orgulho gaúcho mascarando os problemas de nossa cidade, RM e estado. Está na hora de mudar esta mentalidade

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: