Montagem do Caminho do Gol já começou

Prefeitura de Porto Alegre é a única no Brasil que está fornecendo um escritório diplomático aos países que vêm jogar  Foto: Joel Vargas/PMPA

Prefeitura de Porto Alegre é a única no Brasil que está fornecendo um escritório diplomático aos países que vêm jogar  Foto: Joel Vargas/PMPA

Durante os jogos da Copa em Porto Alegre os torcedores que se deslocarão a pé para o estádio terão uma rota especial, o Caminho do Gol. O trajeto de 3,5 quilômetros pela avenida Borges de Medeiros contará com decoração temática, atrações culturais, instalações consulares, alimentação e atendimentos em saúde, segurança e informações turísticas. As estruturas já começaram a ser montadas e devem ficar prontas no início da próxima semana. O primeiro jogo no Beira-Rio é dia 15 de junho, entre França e Honduras.

O Caminho do Gol será do Mercado Público, Centro Histórico de Porto Alegre, até as proximidades do palco das partidas na capital. O trajeto terá cinco estações principais: Mercado, Ponte de Pedra, Praça Isabel a Católica, Parque Marinha e Dom Pedro I.

A estação da Praça Isabel a Católica vai receber a maior estrutura e por isso foi a primeira a começar a montagem. Ela terá quatro containeres de serviços: dois reservados a consulados dos países que estarão jogando em Porto Alegre no dia, mais um reservado para delegações que não jogam na capital gaúcha, mas querem uma representação na cidade, e o último da prefeitura, com serviço de saúde e informações turísticas. “A prefeitura de Porto Alegre é a única no Brasil que está fornecendo um escritório diplomático aos países que vêm jogar”, destaca Maurício Nothen, coordenador do Caminho do Gol.

Ao longo do trajeto, a decoração já começa a chamar a atenção do porto-alegrense. A prefeitura está instalando postes provisórios para a colocação de galhardetes e bandeirolas das 32 seleções que jogarão a Copa. Contudo, Nothen argumenta que a decoração vai oscilar durante os 3,5 km. “Não queremos competir com lugares históricos da cidade. No trecho do viaduto da Otávio Rocha, por exemplo, serão apenas alguns banners no canteiro central”, lembra o coordenador. Ajudam ainda a caracterizar o Caminho do Gol pegadas pintadas no asfalto em formato de chuteiras, além de totens com mapas e sinalizações.

A iniciativa funcionará nos cinco dias de jogos em Porto Alegre (15, 18, 22, 25 e 30 de junho), sendo sempre via avenida Borges de Medeiros, no sentido bairro/centro, reservada ao fluxo de torcedores que se deslocarão a pé para o Beira-Rio.

Caminho do Gol em números

  • 3,5 quilômetros de evento
  • 31 dias de decoração (todo a Copa do Mundo)
  • 20 dias de atividade dos serviços consulares
  • 5 dias de ativação cultural
  • Mais de 90 apresentações culturais
  • 8 roteiros especiais do projeto Viva o Centro a Pé
  • 5 estações com serviços públicos (saúde, segurança, turismo, voluntariado, proteção à infância, serviços consulares, Procon, Defensoria Pública, delegacias móveis)
  • 5.000 pessoas na Orange Square – 18 de junho

Prefeitura



Categorias:COPA 2014

Tags:,

5 respostas

  1. Entre tantas coisas ruins, espero que pelo menos os servidores de carreira da prefeitura estejam ganhando um bom know-how (no mínimo, de como não fazer as coisas). Já os CCs desse governo, vão pegar as malinhas deles (cheias de grana) e sair, espero, em 2 anos

    Curtir

  2. O pessoal aqui so reclama de tudo, e com razao, mas esse caminho do gol é uma boa ideia sim, acho que temos que reconhecer nossos itens positivos, mesmo que tenhamos uma tonelada de coisas ruins.

    Curtir

    • OK, mas temos que ver as prioridades. Além disso, como já disse o Gilberto antes, é um evento monumental que só se realizará talvez daqui a uns 20 anos de novo aqui, com as TVs de todo mundo voltadas para cá, e deixaram de lado nosso centro. E isso é um absurdo.

      Curtir

  3. E o caminho da Rua da Praia, como vai?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: