Em Porto Alegre, número de turistas para a Copa deve ficar abaixo do esperado

Presença de turistas em Porto Alegre deve ficar abaixo do esperado (crédito: Divulgação)

Presença de turistas em Porto Alegre deve ficar abaixo do esperado (crédito: Divulgação)

Porto Alegre tem cerca de 10 mil quartos em 100 meios de hospedagem e, segundo o presidente do Sindicato de Hotéis de Porto Alegre, Carlos Henrique Schmidt, esta quantidade “atenderá plenamente às necessidades dos visitantes” que optarem por assistir aos jogos da Copa na capital gaúcha.

Segundo ele, a expectativa inicial era de que todos os apartamentos de hotéis em Porto Alegre e região metropolitana e na Serra Gaúcha fossem ocupados, mas isso não ocorreu. “Aproximadamente 40% dos ingressos [para os jogos] foram vendidos para residentes [da cidade ou região metropolitana] num raio inferior a 200 quilômetros no entorno de Porto Alegre, que certamente não estão prevendo usar a nossa hotelaria, além dos torcedores que usarão bases próximas e se deslocarão em coletivos, podendo chegar e voltar no dia do jogo”, disse ele à Agência Brasil.

Apesar disso, Schmidt acredita que a Copa será um evento positivo para o turismo na cidade. “Ela vai nos colocar na vitrine do mundo, pois este é o evento esportivo mais importante, assistido por mais de 3 bilhões de pessoas e também porque o futebol é o esporte mais popular do mundo”, disse.

A expectativa do governo era de que a capital gaúcha recebesse 260,4 mil turistas durante o Mundial. Desse total, 42,2 mil estrangeiros, segundo o Ministério do Turismo.

Fonte: Agência Brasil

Portal 2014



Categorias:COPA 2014, hotelaria, TURISMO

Tags:, , ,

28 respostas

  1. A copa veio para o Brasil por causa do Lula ele e a turma dele queriam e fizeram bons negócios e o povo que se dane e é bem feito deviam ter cobrado o triplo e baixado o caçete em quem protesta não é assim que o governo trata o povo e ele acaba sempre votando nos mesmos.Toda grande atividade esportiva é como guerra alguem ganha muito,a maioria perde mas fica com um baita sentimento de patriotismo.

    Curtir

  2. Gente, onde estão os turistas nesta cidade??? O Mundial começa amanhã, temos jogo domingo aqui e até agora não vi ninguém!! Tenho andado pelo centro, barra, praia de belas e NADA!

    Também concordo q a maioria do público será de locais mesmo. Eu vou a um jogo e pelo menos mais uma dúzia de amigos também vão.

    Curtir

  3. Não ficou abaixo do esperado, o número “esperado” foi artificialmente inflado para justificar os gastos desnecessários.

    Curtir

  4. Aqui em Porto Alegre deveria ter jogo até as semi finais, fica claro que o resto do país está nem aí pra nós, só uma seleção de quinto escalão está instalada aqui e etc.
    Mas no estádio inacabado de São Paulo terá um monte de jogos, chega a ser hilário.

    Curtir

  5. Eu só li o HUAHUAHUAHUAHUA na bandeira do mexicano… Quem tinha que lucrar com alguma coisa já lucrou. Agora é “só cumprir tabela”…

    Curtir

  6. Faltou mencionar o fato de que Porto Alegre só vai ter 1 jogo das 8as além da fase de grupos… nada de jogo ‘emocionante’
    A própria seleção acho que nem deve jogar aqui, outro absurdo.

    Curtir

    • É um absurdo mesmo não ter um jogo da seleção aqui! Sendo que POA tem dois dos maiores times do Brasil e cansou de carregar o país nas competições internacionais. Em termos de futebol (e outros também) o Brasil deve muito para o Rio Grande do Sul e Porto Alegre, e deveriam ter valorizado mais a cidade!!!

      Curtir

  7. O mais bizarro, muitos estádios não vão ficar prontos para a copa.
    hahaha

    E isso inclui o principal estadio, depois do Maracana.

    Curtir

  8. O numero de turistas no Brasil não apenas no caso de Porto Alegre será abaixo do esperado chegaram em falar 3 milhões (faz me rir né?).

    E é muito simples entender porque turistas não vem pra cá, país longe, visto como exóticos para os grandes emissores de turistas, que está entre os 15 países mais violentos no mundo, com cidades em obras em pleno mundial de futebol, em que os aeroportos por causa neblina não tem como funcionar… Só exemplificando o Aeroporto de Londres funciona mesmo com 0 de visibilidade, que mesmo sendo um país de 3ª mundo os preços praticados aqui em restaurantes e hotéis são acima dos praticados no países mais ricos do mundo enfim os motivos são muitos…

    E para os que se alegram com essa suposta onda de argentinos em POA, não adianta de nada são turísticas (bate-volta) que não faz muita diferença para cidade nenhuma.

    Curtir

    • Sim, Héder, tens razão. Esta não é uma situação somente de Porto Alegre e sim, de todas as cidades-sede. Vão vir apenas cerca de 600 mil turistas pro Brasil inteiro na Copa.

      Curtir

    • Com menos violência e mais infraestrutura de transporte público, a história seria outra. Essa copa deveria estar concentrada num raio de uns 1000km no máximo, pelo menos na primeira etapa. Toda a primeira fase poderia ser no Rio de Janeiro, Vitória, São Paulo e Belo Horizonte, e deveria existir um trem de alta velocidade ligando os quatro pontos, além de estradas impecáveis.

      A partir daí, daria para concentrar umas partidas das oitavas e quartas de final em Curitiba, Florianópolis, Salvador e Brasília, mas sempre tendo essa preocupação de dar conforto ao turista. Para os turistas, essa copa é muito desgastante… as famílias vão passar mais tempo num avião do que fazendo turismo nas cidades-sede.

      Curtir

      • De fato existiu um exagero no número de sedes para esse Mundial, a própria FIFA já declarou que solicitou 8 cidades e foi o governo brasileiro que ofereceu 12.
        Na teoria muito bonito proporcionar a Copa para todas as regiões do país, mas na prática um desastre total.
        Não deveria existir os jogos em cidades sem estádios ou tradição de futebol, aí já poderiam ser excluídas Manaus, Cuiabá, Brasília e quem sabe Natal.
        Um menor número de cidades, mais fácil deslocamento, maior concentração de turistas e principalmente MENOS GASTOS.

        Curtir

      • Giulia disse tudo. No mínimo teria evitado os elefantes brancos que ficarão, concentrariam mais jogos nas mesmas cidades. Mas imagina deixar a Amazônia e o Pantanal de fora. É só isso que o Brasil tem pra vender… turismo ecológico. =/

        Curtir

      • Esses dias eu ainda ouvi que o Lula queria 17 (sim, DEZESSETE!) estádios na verdade!

        Curtir

      • “Onde o PT vai mal, mas um estádio no Mundial”: esse era o lema, na época.

        Curtir

      • Não se necessariamente deveria ter copa onde tem tradição. Se a ideia é atrair turismo será que não seria mais adequado fazer onde há potencial turístico?

        Daí fica mais ou menos como diz o Semiógrafo, mas eu tiraria Brasilia fora. Por sinal, lá sim se despejou absurdos 1.2 bi de dinheiro público em um estádio!

        Curtir

  9. Os viadutos são para os moradores da cidade, não para os gringos.

    O turismo, bom, fazer o que se não temos o que apresentar para o mundo?
    Investir em publicidade para algo que não existe?
    haha

    Quem sabe quando derem liberdade para os empresários investirem na cidade, alguns prédios bonitos e altos, algum parque diferenciado, shows internacionais?

    Que tal criar algum festival?

    Não pode, por que prédio alto desvia o vento e gera dinheiro para os burgueses malvados, parques ja temos a redenção, que é a coisa mais incrível do mundo, com o super brique, shows fazem muito barulho e assustam os animais.
    Nossa orla tem um microclima supimpa, não pode fazer nada por la.

    hahaha

    Curtir

    • Boa. Bem isso.

      Curtir

    • Ah sim, vamos estimular o turismo com viadutos, prédios altos e shows do AC/DC. Vai ser a NY dos pampas.

      Curtir

      • Rock in Rio leva milhares de pessoas pro Rio, o Cristo redentor é um marco, praticamente representa o Brasil, os viadutos não são pontos turísticos, ter ou não ter não vai mudar em nada isso.
        A orla do Rio tambem atrai milhares de pessoas para conhecer a famosa Copacabana, Ipanema, entre outras.

        Curtir

        • Sim, concordo sobre a orla, tanto que mencionei logo ali em cima.

          Os viadutos mudam no sentido que na preparação para a copa investimos dinheiro na construção deles em vez de preparar a cidade para, veja bem, turismo.

          Curtir

  10. Será que se a cidade tivesse se comprometido mais com o turismo e os cuidados gerais em vez de construir viadutos esse número seria tão abaixo do esperado?

    Curtir

    • E mais: se chegassem aqui e encontrassem uma orla bonita e um cais novo operacional não teria um retorno de investimento melhor do que um viaduto estaiado e trezentas obras inacabadas?

      Curtir

    • Acho que não tem nada a ver com orla/cais. Pelo o que vi, todo mundo foi contra a copa mas não hesitou de ficar grudado no computador tentando ingresso.
      E já se sabia que a maioria dos ingressos seriam vendidos pra gente daqui de poa, da colônia e catarinenses/argentinos/uruguaios. E quanto ao turismo, pra que um Europeu vai sair de um inverno pra entrar em outro? Aposto que a maioria foi pro Nordeste e não vai atravessar 4000 km pra conhecer POA.

      Não sei pra que tanto blablabla com o Salgado Filho, a movimentação maior vai ser local. Garanto que o carnaval tem o aeroporto muito mais cheio. Não que ele não precise de reforma, precisa e logo.
      Nao to surpreso com essa baixa de turistas.

      Curtir

      • O aeroporto só tem um caos maior por causa da neblina, mas o movimento vai ser inferior ao do carnaval.

        Curtir

      • Até onde me lembro venderam muito para Austrália.

        Nenhum dos meus amigos vão em jogos da Copa. Não sei de onde vem essa relação “reclamou mais comprou”.

        Curtir

      • Argentinos virão, e irão embora no mesmo dia, talvez. Por ser um vôo de 1:30;
        Australianos? Compraram um lugar na mesma malha aerea nacional. Não vi grandes alterações.
        Bom, vamos ver; Mas ainda acho que quem vai lotar é gente daqui e o carnaval que lota os aeroportos; Agora, o caos seria pela neblina. Se houvesse neblina no carnaval;;;

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: