Ação cultural deixa contêineres com novas cores em Porto Alegre

Vinte depósitos de lixo foram decorados por grafiteiros em frente ao Mercado Público

Vinte depósitos de lixo foram decorados por grafiteiros em frente ao Mercado Público  Crédito: Ricardo Giusti

Vinte depósitos de lixo foram decorados por grafiteiros em frente ao Mercado Público
Crédito das fotos: Ricardo Giusti

Vinte contêineres de lixo de Porto Alegre ganharam novas cores e pinturas especiais na noite desta terça-feira. Em frente ao Mercado Público, 15 artistas realizaram a última etapa da ação de grafite “Todos os Povos. Todas as Cores. Nossa Cultura”, organizada pela Secretaria Municipal da Juventude (SMJ) de Porto Alegre.

Além de dar uma nova “cara” para os contêineres, a proposta também quer inibir o vandalismo contra esses equipamentos do Departamento Municipal de Limpeza Urbana (DMLU). “A aceitação do público foi muito legal. As pessoas que passavam para pegar o ônibus, paravam para fotografar os contêineres”, reconheceu o grafiteiro Jasom Souza, de 33 anos.

Os recipientes de lixo serão espalhados pela cidade. Cada pintura levou cerca de 1 hora e meia para ser realizada. O tema escolhido para o projeto foi Meio Ambiente.

conteiner1

conteiner3

Correio do Povo



Categorias:Outros assuntos

Tags:, ,

29 respostas

  1. Observaram que na Quadra da Imperadores também estão grafitando, pra “esconder” aquelas paredes rebocadas…

    E perceberam que ocultaram as propagandas da Pepsi ao longo da orla, e nas quadras esportivas?

    Curtir

  2. Se fosse na Europa ou em NY todo munda ia achar lindo, vanguarda, etc. Como aqui é a terra dos do contra, é exagero, solução tosca para pichações. O melhor foi o comentário que sugere “poderiam chamar os artistas plásticos também”, como se grafite não fosse arte.

    Curtir

    • Então tu acha que é razoável que a única arte a ser contemplada nessa iniciativa seja o grafite? Por que?

      Curtir

  3. 1 – gostei dos grafites mas tem que manerar…
    2 – em frente ao Mercado Público , não… até pq vão ser feitos alguns encontros no Chalé,
    3 – é melhor grafite do que vandalismo, “eles” vão respeitar um pouquinho mais.
    4 – muito poluido: Mercado, conteiners, chafariz (ligado, pior ainda) e o Chalé. Ah e o povo passando….
    No mais, é o que deu…Poa precisa de uma faxina geral, que infelizmente não foi dessa vez!

    Curtir

  4. Portoalegrenses, eternos descontentes. Acho que vcs estão no lugar errado. A solução para vcs está neste endereço: Av. Ipiranga 1365 – Bairro Azenha – Porto Alegre CEP 90160-093. Fone: (0xx-51) 3235-9000. Passaporte na mão, e boa viagem.

    Curtir

    • Me dá um emprego em algum país no hemisfério norte, que não seja a china, russia ou coréia, que vou agora mesmo.
      Se fosse tao simples se mudar acho que não sobrava Brasil.

      Curtir

      • Digo o mesmo. Ah, vale Austrália e Nova Zelândia também.

        Curtir

      • Putz, sempre o “me dá”. Se quer de graça entra pra uma das filas de bolsas da Dilma. Se quer ser alguem luta por teus ideais.

        Curtir

  5. Ação cultural?????

    Curtir

  6. “Não pedi pra nascer, não me jogue no lixo”

    WTFFFF

    Curtir

    • Tem uma musica, acho que do Facção central que a letra é sobre algo mais ou menos assim, é bem pesada.

      Acho que o cara pegou pela parte do abandono de crianças em lixeiras.

      Curtir

    • Uma realidade extremamente presente no imaginário do grafiteiro, pelo visto.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: