Imprensa estrangeira detona jeitinho brasileiro de organizar a Copa de 2014 e destaca ‘mal-estar’ no País

0001b

O Brasil que todos nós conhecemos, com congestionamentos intermináveis nas grandes capitais, bagunça na prestação de serviços públicos e obras prometidas e não entregues, está caindo na boca do mundo. A chegada da imprensa estrangeira na semana de abertura da Copa de 2014 vem seguida de relatos de repórteres com as boas-vindas pouco calorosas e artigos sobre as tensões que marcam greves e protestos, no período que antecede o Mundial.

O jornal The New York Times aborda a “ansiedade profunda” entre os brasileiros, em meio aos preparativos para a Copa e à crise econômica. Segundo o noticioso dos Estados Unidos, existe uma “sensação de mal-estar”, que reflete as reivindicações crescentes da classe média por serviços melhores.

A revista The Economist critica a falta de alternativas a táxis em Guarulhos. “A esperança era que um trem iria conectar o aeroporto à cidade em tempo para a competição”, diz a publicação. “Não vai. Na verdade, apenas cinco das 35 obras prometidas de mobilidade urbana para a Copa do Mundo foram concluídas ao redor do País”, enfatiza.

Em sua coluna Para Gringo Ver, o jornalista Nelson de Sá, da Folha de S. Paulo, destaca nesta terça-feira (10) as “5 horas e 20 minutos” que um jornalista da Reuters levou do pouso de seu voo no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, até a chegada ao hotel em que está hospedado.

O correspondente-chefe da agência, Brian Winter, tuitou sua saga desde o momento em que pisou solo brasileiro:

0001

0002

Brian Winter dividiu o táxi com o repórter Jan Piotrowski, da The Economist, que também criticou o tamanho da fila de táxi, a ausência de ônibus e trens no transporte a partir de Guarulhos.

0003

0004

Publicado: 10/06/2014 12:33 BRT Atualizado: 10/06/2014 17:14 BRT

Brasil Post



Categorias:COPA 2014

Tags:,

11 respostas

  1. Fiz conexão em Guarulhos no domingo e posso confirmar a bagunça. O meu voo ficou parado na pista por 30min porque, por algum motivo, havia um avião no gate que não devia. Depois o meu voo foi para uma área de desembarque no pátio e ficamos mais 20min porque não havia ônibus para transportarmos até o saguão do aeroporto.

    Curtir

  2. Espero que espalhem todo esse CAOS que vivemos no dia-a-dia e que sirva para um futuro melhor (nas eleições de outubro).

    Curtir

    • Demagogo. As eleições de outubro serão uma merda. Como colocar competentes na política se só se candidatam incompetentes?

      Curtir

  3. Falta de transporte público??Honestamente, esse é o dia a dia do brasileiro classe média. Eles deveriam agradecer pelo turismo vivencial.

    Lição 2, compre um helicóptero

    Curtir

  4. Jura, isso é papo dos porcos capitalistas, nosso Brasil do PT é perfeito.
    Nossa presidentE disse que entregou todas as obras pra copa, se não ta bom pra eles, é por que a Fifa exigiu pouco.
    hahaha

    Curtir

  5. Nesse ponto vamos aprender muito, na marra.

    Curtir

    • … Ou não, porque muitos vão dizer que “somos assim mesmo’ e não tem o que mudar, os outros que se adaptem.

      Curtir

  6. É uma coisa tão óbvia que deve ter metro/trem e ônibus do aeroporto para o centro da cidade que me faltam palavras para descrever a situação do país!!!

    Curtir

    • Porto Alegre tem…mas ai querem mudar o aeroporto de lugar…

      Curtir

      • Ia comentar exatamente isso. o terminal salgado filho tem um estrutura excelente para o deslocamento dos viajantes. Aí agora querem fazer um aeroporto no meio do nada. Quero só ver quantos anos vai demorar para chegar um transporte decente por lá.

        Curtir

    • O governo de SP já está planejando o trem urbano que ligará a cidade ao aeroporto de Guarulhos para o início da próxima década.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: