Sem liberação de bombeiros, Fan Fest abre em Porto Alegre

Evento não obteve alvará de prevenção contra incêndio

Fifa Fan Fest. Foto: Gilberto Simon

Fifa Fan Fest. Foto: Gilberto Simon

Apesar de não receber a liberação do Corpo de Bombeiros, a Fan Fest em Porto Alegre liberou a entrada de torcedores às 12h30min desta quinta-feira. Pelo menos 50 pessoas aguardavam a abertura dos portões do evento elaborado pela Fifa para reunir a população da cidade-sede com os turistas.

Anteriormente, o comandante do Comando Regional do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Evilton Pereira afirmou que pela Corporação a Fan Fest não ocorreria por falta de Plano de Prevenção Contra Incêndio (PPCI). “Alguns laudos estão faltando, assim como o cálculo de população e as placas indicativas de ocupação. Este espaço pode comportar 20 mil pessoas, mas os organizadores precisam comprovar isso em documento e assumir o controle da situação”, disse em entrevista coletiva.

Pereira afirmou que não haveria como liberar a abertura da Fan Fest porque não existe alvará. O local, no entanto, não deveria ser interditado porque conta com os itens mínimos para funcionar. “Se o plano for apresentado com as devidas correções e se todos os sistemas estiverem instalados, nós até poderemos liberar o alvará, mas por enquanto não há o documento e, portanto, não haverá a liberação do Corpo de Bombeiros”, afirmou o tenente-coronel.

Apesar das declarações do comandante do Comando Regional do Corpo de Bombeiros, a coordenadora da Fan Fest em Porto Alegre, Ana Fagundes, afirmou que o evento irá ocorrer sem o alvará de prevenção contra incêndio. “Não há risco de nada aqui. Não é justo que as pessoas não possam vir porque uma assinatura de um engenheiro está faltando nos documentos. A Fan Fest irá ocorrer e será maravilhosa”, avisou.



Categorias:COPA 2014

Tags:, , ,

4 respostas

  1. A funcionária da prefeitura, “responsável” pela Fan Fest, disse que estava tudo certo com as exigências dos bombeiros e que não seria justo cancelar a festa por causa da falta de assinaturas.
    Daí me lembro dos comerciantes, que têm de entrar na justiça para conseguir uma liminar para abrirem seus estabelecimentos, pois a prefeitura não vai lá fazer a fiscalização…
    Detalhe: na época da Kiss, onde se verificaram que várias boates funcionavam com alvarás, o prefeito foi o primeiro a criticar!
    E viva a hipocrisia!

    Curtir

  2. A Cara de Bovinópolis. Putaria institucionalizada .

    Curtir

  3. As vezes parece que uma tragédia como a da Boate Kiss não ensinou nada a alguns organizadores.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: