Turistas movimentam R$ 1 bilhão durante Copa no RS

Governador apresentou balanço prévio do Mundial para Estado

Foto: Caroline Bicocchi

Foto: Caroline Bicocchi – Palácio Piratini

Conforme números prévios divulgados na manhã desta terça-feira pelo governador Tarso Genro, estima-se que 350 mil turistas passaram pelo Estado, sendo 160 mil estrangeiros, movimentando aproximadamente R$ 1 bilhão. O Beira-Rio recebeu cinco jogos, nove seleções em uma média de 42,9 mil torcedores por jogo.

“Somos um Estado preparado para grandes eventos e manifestações públicas. Nós fizemos a formação de mais de 2 mil policiais da Brigada Militar com cursos de língua estrangeira. Cumprimos todas as exigências da Fifa, a preparação da comunidade foi exemplar, os impactos no nosso comércio foram extraordinários, e tivemos bons espetáculos de futebol que ficarão marcados na memória de todos”, afirmou Tarso.

Para o governador, foi fundamental a preparação iniciada em janeiro de 2011, trabalhos transversais entre as secretarias que garantiram o preparo da estrutura do Governo no evento. “Nossa capacidade de acolhimento passou pela segurança, qualificação dos nossos quadros e investimentos. O desempenho foi positivo. Tivemos um esquema de segurança que permitiu o acolhimento e a celebração do futebol”. O esquema de segurança montado no Rio Grande do Sul foi apontado como exemplo para o país pelos ministros da Justiça e do Esporte.

“O legado na área do turismo e a abertura de espaço para a chegada de novos negócios são exemplos positivos dos resultados que a Copa nos trouxe”, destacou a porta-voz do Governo para a Copa do Mundo, a secretária da Assessoria Superior do governador, Mari Peruzzo.

Para o coordenador executivo do Comitê Gestor, Maurício Nunes Santos, a criação do comitê foi um acerto que possibilitou o trabalho integrado entre secretarias e órgãos públicos. “A articulação nos proporcionou sucesso e superação de desafios. Os números de visitantes, investimentos e gastos de turistas retratam o que acreditamos desde o início: nossa capacidade para organizar um evento que deixa um legado estrutural e econômico para o Rio Grande do Sul”. Confira alguns números e ações realizadas pelo Estado durante o evento:

Turismo

– Até o encerramento dos jogos em Porto Alegre, foram registrados cerca de 350 mil turistas, sendo 160 mil estrangeiros.

– A ocupação hoteleira média foi de 80% num raio de 200 quilômetrosde Porto Alegre.
– O comércio de serviços teve um acréscimo de 50% da demanda e os de turismo 40%.
– O gasto médio projetado para cada turista durante a Copa foi de R$ 3 mil.

Segurança Pública

– O Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) continuará interligando os órgãos de segurança, permanecendo ativo 24 horas, durante todos os dias da semana.
– De 2013 até o início da Copa, foram empenhados R$ 12 milhões em equipamentos, além do treinamento dos profissionais de segurança.
– Cerca de 3,5 mil policiais militares trabalharam durante o evento. Destes, 2.296 fizeram cursos de idiomas do Pronatec. Vieram do interior do Estado 2.115 policiais e cerca de 700 policiais civis estiveram envolvidos nas ações de segurança.

Infraestrutura

– Uma das obras estruturais mais importantes foi a de energia elétrica, com a nova subestação Menino Deus da CEEE que em conjunto com a linha de transmissão associada beneficia cerca de 150 mil pessoas.

Saúde

– Foram realizadas ações em parceria com o Ministério da Saúde, Anvisa e Prefeitura de Porto Alegre. O Governo do Estado criou e equipou a Força Estadual de Saúde, com o objetivo de mobilizar profissionais para atendimento de incidentes com múltiplas vítimas.
– Inspeções sanitárias em serviços de alimentação, saúde, ambulâncias e abastecimento de água no Beira-Rio e Fifa Fan Fest, hospitais de assistência e referência, hotéis e pontos espalhados pelo Caminho do Gol e Acampamento Farroupilha.

Outros destaques

– Centro Aberto de Mídia prestou atendimento para mais de mil jornalistas não-credenciados para a Copa.
– Reforço no atendimento via Telefone Lilás e na divulgação de ações de combate à violência contra a mulher.
– Programação cultural que proporcionou aos turistas conhecer a cultura gaúcha e brasileira.

Correio do Povo



Categorias:COPA 2014

Tags:, ,

28 respostas

  1. Como sempre, fica difícil acreditar em dados oficiais. Cada turista gastou em média 3 mil reais ??? Ahãm…conta outra. Ou se nesses 3 mil foram computados o que o turista gastou nos ingressos dos jogos, lucro da FIFA, óbvio.
    É complicado ouvir esse palavrório e blablabla politiqueiro, principalmente vindo de alguém, no caso o Governador, que ideologicamente sempre foi contra a Copa, que ele mesmo classificou como um evento “mercantil e das grandes corporações”, acusando a FIFA de “invasão de soberania” e outras tosquices esquerdistas revolucionárias. E que agora quer evidentemente tirar proveito político da realização da Copa.
    Mas pra não dizer que critico só o ex porta voz do Partido Revolucionário Comunista no RS, esses números me fazem lembrar, a busca redentora pelas “montadoras” no RS no geverno Britto e de que a GM seria a salvação da lavoura da combalida economia guasca, que o seu “efeito multiplicador” da cadeia produtiva geraria mais de 220 mil empregos…
    Político é político, não interessa o partido, é tudo igual…

    Curtir

  2. No mundo real, tivemos na verdade uma queda da atividade econômica da cidade no período, mesmo contando com essas receitas extras da Copa.

    Curtir

  3. Gilberto, olha o decantado “legado” aí: http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/07/mesmo-com-copa-comercio-de-porto-alegre-tem-queda-de-10-em-junho.html?utm_source=twitterfeed&utm_medium=twitter

    01/07/2014 20h20 – Atualizado em 01/07/2014 20h20
    Mesmo com Copa, comércio de Porto Alegre tem queda de 10% em junho
    Expectativa de vendas de até R$100 milhões não se confirmou.
    Apesar disso, CDL-POA se mostra confiante em recuperação em julho.
    Luiza Carneiro
    Do G1 RS

    A Copa do Mundo acabou impactando negativamente no comércio de Porto Alegre, que apresentou uma queda de 10% nas vendas no mês de junho, em relação ao mesmo período do ano passado. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Porto Alegre (CDL-POA), Gustavo Schifino, diz que a queda já era esperada em função da redução de horário em dias de jogos do Brasil, mas que o percentual previsto era de 5%.

    “Todo o ano de Copa do Mundo o mês de junho é sempre complicado. Em 2010, nós também tivemos uma retração, então não é uma surpresa que tenhamos ficado abaixo do resultado do ano passado, porém nesse ano nós tivemos muitos dias em que as lojas não abriram”, avalia Schifino ….

    Curtir

  4. Que movimentou alguma grana é ponto pacífico, mas duvido que tanto. Todavia antes de se vangloriarem estas figurinhas deveriam fazer uma baita mea culpa e admitir que a cidade de Porto Alegre, seu centro histórico, sua orla não são bem cuidados e sim todo contrário se veem muito abandonados e esculhambados, o que prejudica o potencial turístico nato da capital, razão pela qual não se destaca no cenário nacional e nem sequer no regional do Sul. Então estes incompetentes deveriam sentir no mínimo vergonha e passar a fazer investimentos em obras decentes, projetos de primeira mais avançados e gabaritados para repaginar POA.

    Curtir

  5. O que consideram como turistas? No nosso bar atendemos dezenas de estrangeiros que estavam a trabalho. A própria ocupação dos hoteis se deu em grande parte pelo staff da Fifa, vide o Everest, por exemplo.

    Essa galera toda entrou na conta?

    Curtir

  6. A noticia é boa, mas sempre tem os que reclamam. A copa foi um sucesso, e porto alegre ta de parabens!!!!

    Curtir

  7. http://esportes.terra.com.br/futebol/copa-2014/brasil-sediar-a-copa-foi-uma-roubada-diz-governador-do-rs,a1c1ce35bbbf4410VgnVCM5000009ccceb0aRCRD.html

    o governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro, participava do evento “Diálogos sobre a Copa”, organizado pelo Gabinete Digital. Diante de representantes de movimentos sociais, secretários e assessores, ele afirmou que a decisão de sediar a Copa do Mundo no Brasil foi “uma roubada” pelo impacto social que o evento causa.

    “Precisamos separar o espetáculo esportivo de um evento totalmente mercantil. (A Copa) é uma grande lição para nós. São apenas a ponta de grandes negócios para grandes corporações.
    Soubemos das invasões de soberania no País assim que foram acontecendo. ”

    Estranho, não parece a mesma pessoa. E ele estava bem faceiro ao lado dos Reis da Holanda e do Blatter no Camarote do Beira-rio.

    Curtir

    • Alegria de alguém do PSTU (aliás, a Luciana não falou para NÃO protestarem durante a Copa???) como o Marcelo50 (sim, 50 é o número do Psol, coincidência??) é achar algo do outro para criar uma falsa contradição, típico de gente sem proposta…

      Curtir

  8. Não sei se foi 1 bilhão, se foi mais ou menos, mas entrou dinheiro, isso é fato…

    Sobre a Fifa,
    pô parem de mimimi que a fifa fatura alto,
    Todos sabemos que pelo mundo todo a Fifa fatura grana nos seus eventos, mas a preocupação que devemos ter é de quanto isso foi lucrativo para nós gaúchos e não ficar negativando e dizendo o quanto a fifa lucrou.

    Curtir

    • A crítica não é ao lucro da FIFA, mas à propaganda da evasão de divisas como algo positivo. Afinal de contas “movimentar dinheiro” pode ser entrar, sair ou só mudar de lugar. Se esse 1 milhão tivesse entrado no estado não usariam a palavra “movimentaram”, certamente.

      Curtir

      • A fifa ganhou dinheiro.
      • O município arrecadou também.
      • Porto Alegre ganhou destaque, internacional.
        -A população de Porto alegre ganhou novas obras que ficam para sempre…

      Obs:
      – ”Não” houve superfaturamento na obra do Beira Rio porque é um estádio particular.
      – Se houve superfaturamento em alguma obra pública, é errado, mas nós sabemos que existe isso infelizmente…
      – Se houve algum faturamento ilegal da fifa que se averigue e se puna…
      – Se a fifa tem alguma regalia de ”algumas” isenções de impostos, não é novidade, o mundial foi sempre assim, vai reclamar agora??

      Infelizmente alguns só sabem ver o lado negativo e ficar de mimimi, julgando quanto tal entidade faturou, (como se fosse novidade) e esquecem de falar das coisas boas…

      Tem muita coisa pra melhorar ainda no estado é lógico, mas as poucas coisa boas não são valorizadas…

      Curtir

      • Concordo!!! Mas tem gente que acha que só um lado de um negócio pode ganhar, nao querem que a nossa parceira neste negócio, que é a Fifa , ganhe! Nao se faz negócios assim.

        Curtir

  9. Está certo: “Turistas -movimentam-“. Os turistas pagam ingresso, cerveja, lanche, entre outras coisas com dinheiro e a FIFA movimenta esse dinheiro para o exterior sem pagar imposto.

    Acontece é que além dos turistas que “movimentam” dinheiro, os brasileiros também movimentaram seu dinheiro para a FIFA.

    Curtir

    • A FIFA paga imposto sobre a venda de ingresso e a comercialização de outros produtos e serviços. Te informa diretinho para não repassar informações erradas. A isenção da FIFA é parecida com a recebida pela Fórmula 1 para realização de eventos. Os automóveis e maquinário que entram no país não pagam imposto de importação ou ICMS.

      Curtir

      • Olha, a única fonte que diz que a FIFA vai pagar imposto é um blog chamado osamigosdopresidentelula. Outras fontes como UOL, Estadão, G1, R7… afirmam que a FIFA tem isenção total.

        Curtir

      • Ah, não! Me poupem. Realmente acho que devem se informar melhor antes de falar asneira por aqui. Se possível deixar fontes também. Não possuo expressões aceitas socialmente para designar o tamanho desse absurdo. A FIFA não pagou nenhum imposto. Além dessa insenção que é a mesma da F1, a FIFA foi isenta de tudo mesmo, comercial, propaganda, direitos… Para se ter uma ideia, a FIFA “registrou” 200 nomes para uso exclusivo, sem pagar nada. Duzentos! Ou seja, se eu quiser publicar um livro com o nome “Mundial 2014” “Porto Alegre 2014”, não poderei, é da FIFA. Hoje, para usar o nome da Copa nas propagandas do Governo, nós pagamos 20 milhões de imposto à FIFA, olha só que inversão!
        Link da Carta de Garantias Governamentais à FIFA

        Clique para acessar o garantias_fifa_portugu%C3%AAs.pdf

        A garantia número 3 se refere aos Direitos e Impostos Aduaneiros (mesma da Formula 1) e a número 4 se refere à Isenção Fiscal Geral, o próprio nome já diz, palhaçada. Detalhe que essa versão é difícil de encontrar, o Governo posta essa carta no site da Copa em uma versão mais acessível (lê-se engana trouxa) em que é quase um infográfico e que justamente as garantias 3 e 4 são esquecidas, aparece só o nome, mas não o que diz.

        Depois dessa, vou dormir.

        Curtir

      • Para quem tem preguiça de ler tudo, leia apenas o art. 8, §3°.
        http://www.receita.fazenda.gov.br/Legislacao/leis/2010/lei12350.htm

        Curtir

      • O Artigo 7 é bem mais interessante.

        Curtir

    • Claro, a Fifa é dona de todos oa bares da cidade baixa, de todos os hotéis, da banca 43, de Gramado, dos taxis, dos restaurantes, do shopping praia de belas, de várias lojas que vendem roupas de inverno, enfim, a Fifa é dona de tudo. ora por favor, será que não se pode reconhecer que foi um sucesso muito maior do que todos esperavam, talvez esta cifra tenha sido bastante exagerada, mas a realidade foi muito maior do que a expectativa. Chega de mau humor, não aprenderam nada com os holandeses?!

      Curtir

      • O bar teve um mês bom de faturamento, o garçom teve uma gorjeta gorda. Seu Zé, taxista, também ganhou um pouco a mais com os gringos.Acabou o mês.E agora? Continuamos com os mesmos problemas

        O que quero dizer principalmente é que esse lucro é momentâneo, só um mês, passou, e como ficamos sem legado nenhum,continuamos com os mesmos problemas.

        Holandeses têm um Governo dos mais exemplares de todo o Mundo. Têm metrô e etc, temos realmente que aprender com eles. Estão aqui apenas por diversão, suas vidas lá são ótimas.

        Ser crítico é diferente de ser mau humorado, pessimista ou infeliz como a galera gosta de dizer por aqui.

        Curtir

  10. Este PETRALHA e um mentiroso. Os turistas no estado eram todos muchileiros em sua frende maioria, nao gastaram nem U$300,00..cada um. Como chegaram a sifra de um bilhão , isto e demagogia eleitoreira….

    Curtir

  11. “Claro… claro…”

    Curtir

Faça seu comentário aqui:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: