Congestionamentos em São Paulo e Rio custaram R$ 98 bilhões em 2013

10455168_826697107372294_7337446713548099245_nOs congestionamentos de trânsito nas regiões metropolitanas do Rio e de São Paulo custaram mais de R$ 98 bilhões no ano passado, por conta da perda de produtividade, segundo estudo promovido pela Firjan (Federação das Indústrias do Rio) e divulgado nesta segunda-feira (28).

O valor corresponde a 2% do PIB nacional (Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país) e é mais do que o dobro do investimento previsto na concessão de 7.500 quilômetros de rodovias para os próximos 25 anos, segundo a Firjan.

Especialista de competitividade industrial e investimentos da Firjan, Riley Rodrigues disse que a estimativa das perdas causadas pelos engarrafamentos é calculada a partir do custo da produção perdida, com base no PIB regionalizado, com o valor da hora trabalhada da população economicamente ativa. Entram também na equação a soma do gasto extra com combustível que, nessas condições, pode aumentar entre 30% e 40%.

Leia a matéria integral, na Folha de São Paulo, clicando aqui.

 



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, , , ,

17 respostas

  1. Eu já me incomodei mais com as isenções de IPI para transporte individual. Hoje em dia acho que os congestionamentos intermináveis são a única maneira que vamos ter de acalmar o trânsito e dar mais segurança física para os mais frágeis.

    Curtir

    • A brasileirada reclama do preço dos impostos nos automóveis. Querem pagar o que um americano paga.
      E acho que estão certos. Mas ainda bem que é caro (preço Brasil + impostos altos), se fosse ao contrário não haveria estradas suficientes (já não há). Qualidade da infra nem se compara.

      Curtir

      • Considerando que tudo é caro no Brasil (sim, inclusive moto e bicicleta além de eletrônicos) o que me impressiona que só o automóvel perturba as pessoas nas postagens do facebook.

        Curtir

      • Imposto alto é desculpa de comerciantes e industriários para praticar preços altos. O preço é alto simplesmente porque tem gente disposta a pagar.

        Lei da oferta e da procura, já ouviram falar?

        O carro no Brasil é caro porque ainda é um fetiche, é objeto de desejo. Porque alguém disse que “brasileiro é apaixonado por carro”, e geral acreditou.

        Curtir

      • Concordo que os preços são altos. Mas não são altos só por causa de impostos nem só por “ganância”. O mercado é fechado. O mercado automotivo é bem dizer fechado a não ser que a empresa abra uma fábrica aqui. Isso já limita muito a concorrência. Libera a importação com taxas razoáveis que quero ver se não baixa.

        Curtir

    • Aqui se tem uma cultura de “cada um tem seu carro”. A família mora no Bela Vista e todos trabalham no Menino Deus. Cada um vai no seu carro.
      O mesmo vale para o pessoal que vai na academia há 1 km de casa: de carro. Pra malhar.

      Curtir

  2. Essa notícia devia ser um baita argumento para investimento em transporte de massa, de cargas inclusive.

    Curtir

  3. Dado muito valido para aumentar as razoes para se ter um sistema ferroviario eficiente.

    o que entristece é ver quererem contruir o teto e depois o resto da casa… como a ideia de ter um trem bala sp rio sem nem antes ter sido criado uma linha semi direta entre as cidades…

    Curtir

  4. 98 bilhões? Chutando baixo, da para construir 20 linhas de metrô com as mesmas especificações da linha 2 do metrô de Poa.

    Talvez utópico, mas se são empresas privadas e públicas que perdem esse dinheiro, cada empresa destinasse uma uma parte do seu lucro exclusivamente para financiar infra estrutura de transporte coletivo, perderiam menos dinheiro. Quem sabe um imposto exclusivamente dedicado para isso? (ruim pensar em mais um imposto no Brasil, mas né…)

    Curtir

    • Imposto por definição da constituição não tem destinação especifica. Somente “taxas” tem destinação especifica. Não dá pra aumentar a carga tributária. Já esta muito além do limite suportável. E nem adianta arrecadar mais imposto, pois o problema principal é a má gestão dos recursos.

      Curtir

  5. O que quer dizer que São Paulo precisa de mais viadutos e elevadas….

    Curtir

    • Hahahaha

      Curtir

    • Falando sério, São Paulo precisa de mais metrô obviamente. E a pergunta simples: quanto se gasta sem metrô > quanto se gasta pra fazer o metrô? 98 bilhões por ano dá pra construir muito metrô e revela por que o Brasil é subdesenvolvido: estamos botando dinheiro fora. E o problema é que quanto mais dinheiro se põe fora assim, menos dinheiro se tem pra investir e evitar esse desperdício.

      Curtir

  6. E o governo federal querendo aumentar o PIB vendendo mais carro! Kkkkk

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: