Era dos patins motorizados

Peter Treadway

Peter Treadway

Uma pequena empresa de tecnologia da Califórnia, nos EUA, criou patins motorizados para servirem de meio de transporte alternativo. Os RocketSkates – “patins-foguetes”, por assim dizer – se parecem com os patins usados pelo personagem Coiote para perseguir seu inimigo, o Papaléguas, em um famoso desenho animado.

A ideia de desenvolver patins movidos a energia elétrica partiu de Peter Treadway, fundador e diretor técnico da Acton. Ele queria contemplar as necessidades de quem precisa cobrir distâncias que são curtas demais para ir de carro e longas demais para ir a pé. “No fim dos anos 1950, muita gente previa um futuro com carros voadores, cintos-foguete e patins motorizados”, diz Treadway.

“Já temos um deles. Agora faltam os outros dois”, brinca.

Os preços vão de US$ 499 (R$ 1.130) a US$ 699 (R$ 1.580). A invenção funciona em princípios simples: para acionar o motor, é preciso se inclinar para frente; ao inclinar-se para trás, os freios são ativados. Os dois patins trocam mensagens para que mantenham a mesma velocidade. O “condutor” pode chegar a até 19 km/h, mas isso varia de acordo com seu peso (que deve ser de no máximo 125kg) e a velocidade do vento. Os superpatins pesam 3kg cada e são ajustáveis para qualquer tamanho de calçado.

Affonso Ritter

Foto adicionada pelo Blog



Categorias:Meios de Transporte / Trânsito

Tags:, ,

6 respostas

  1. Os preços vão de US$ 499 (R$ 1.130) a US$ 699 (R$ 1.580).

    Ou seja R$ 5.000,00 e R$ 6.000,00 respectivamente.

    Curtir

  2. show.
    hahaha

    Será que não tem como turbinar pra ir mais rapido?
    hahha

    Curtir

  3. Qualquer meio de transporte que não seja carro ou ônibus vai sofrer com:

    1. Falta de trechos cicláveis. Esse tipo de meio de transporte poderia facilmente circular pela ciclovia, mas… deixa assim;
    2. Calçadas irregulares, onde cada proprietário faz de um jeito e acaba cheio de rebaixos e rampas para entrada de carros. Todo mundo paga pela pista de rolagem, onde circula menos de 30% enquanto a calçada que é inevitavelmente para 100% das pessoas cada um faz como dá.

    Curtir

  4. É bem interessante. Uma vez que é motorizado não precisa usá-los lado a lado, assim algumas pessoas do vídeo aparecem com um pé a frente e outro atrás. Quem já tentou andar de roller saber que dá bem mais estabilidade.

    Curtir

  5. Essa segunda está bem pobre em termos de notícias para nós do Blog. Mas vai mudar significativamente a partir de amanhã. Estou trazendo algumas novidades exclusivas esta semana. Aguardem.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: