Lançado concurso arquitetônico para prédio anexo da Câmara de Porto Alegre

Novo prédio será construído no mesmo terreno onde fica o Palácio Aloísio Filho.

Novo prédio será construído no mesmo terreno onde fica o Palácio Aloísio Filho.

O presidente da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Professor Garcia (PMDB), apresentou na manhã da quinta-feira (31/7), no Salão Nobre Dilamar Machado, os dados do lançamento do concurso que escolherá o melhor projeto arquitetônico para a construção do prédio anexo ao Palácio Aloísio Filho. Acompanhado pelo presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil – RS, Tiago Holzmann da Silva, Garcia assinou o documento que sinaliza a prestação de serviços técnicos especializados para a organização de concurso público nacional de arquitetura.

Professor Garcia destacou que há algum tempo a Câmara Municipal passa por dificuldades de funcionalidade. “Nossas condições são modestas. O novo prédio deverá ter cerca de 8.000 m² e abrigará de forma inteligente, sustentável e transparente as diretorias Geral, de Patrimônio e Finanças e Administrativa. No total, serão três andares com garagem, escritórios e salas de reuniões”, concluiu.

Holzmann elogiou a criação do concurso e disse que o processo transparente, amplo e democrático resultará na construção e desenvolvimento de um belo projeto. “Contaremos com a participação de arquitetos de todo o Brasil. Não há dúvida que a comissão julgadora terá um grande desafio para escolher o vencedor”, enfatizou o arquiteto.

Projeto

O trabalho resulta das atividades da comissão permanente de obras da Câmara Municipal, que em 2014 é presidida pelo diretor-geral, Albano Assis. O projeto contou com a consultoria do arquiteto Claudio Araújo, autor do projeto arquitetônico do Palácio Aloísio Filho. A previsão é de que as obras para construção do novo prédio tenham início ainda neste ano e sua conclusão ao final da atual legislatura. A reforma ainda possibilitará a melhor ocupação do prédio principal, com a ampliação dos gabinetes dos vereadores, melhor atendimento ao público, maior produtividade, com novos recursos tecnológicos que, devido à superlotação, não é possível disponibilizar.

Concurso

Os concorrentes irão apresentar propostas de estudo preliminar de arquitetura para a construção do prédio anexo. A rubrica para custear a elaboração do projeto será de R$ 341,8 mil, sendo deste valor R$ 70 mil a título de prêmio para o primeiro colocado.

Texto: Lisie Venegas (reg. prof. 13.688)
Mariana Kruse (reg. prof. 12088)
Edição: Marco Aurélio Marocco (reg. prof. 6062)

Câmara Municipal de Porto Alegre



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Concursos Públicos para projetos arquitetônicos

Tags:, ,

5 respostas

  1. Podem ter certeza que essa obra, diferentemente de todas as outras de real interesse da população, será realizada rapidamente !

    Curtir

  2. Isso sim é um gasto desncessário.

    Curtir

  3. Que tal esta aqui?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: