Zona Norte ganha linha alimentadora de ônibus

Terminal Triângulo. Foto: Ricardo Giusti/PMPA

Terminal Triângulo. Foto: Ricardo Giusti/PMPA

A partir da próxima segunda-feira, 11, entra em operação a linha alimentadora de ônibus A33-Costa e Silva / Triângulo, da Conorte, consórcio que detém a circulação de ônibus na zona Norte da Capital. A linha alimentadora, que estabelece a ligação do bairro Costa e Silva com o Terminal Triângulo, irá reforçar o atendimento no pico da manhã. Os usuários que utilizam o cartão TRI terão o benefício de integração gratuita em outra linha urbana. A A33 circulará a partir dos seguintes horários: 6h18, 6h45 e 7h05.

A iniciativa de implantação dessa linha alimentadora foi da área de Planejamento de Transporte da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), em razão da sobrecarga de passageiros nas linhas operadoras nos bairros Costa e Silva e Porto Seco. “Estamos avaliando as demandas no transporte de ônibus em toda a cidade, para os devidos ajustes”, afirma Flávio Tomelero,  gerente de Planejamento de Transporte da EPTC.

Prefeitura de Porto Alegre



Categorias:onibus

Tags:

11 respostas

  1. A Prefeitura se expressou mal aqui: não são “a partir” desses horários, são SOMENTE esses três horários dessa Alimentadora, que serve o Jd. Costa e Silva, a região onde mora a família da minha esposa. Quando ela ainda morava lá, como sofria pra pegar o ônibus lá… às vezes recorria ao Vila Leão, que também é bem demorado entre um e outro.

    Curtir

  2. Já morei no Costa e Silva e por muitos anos peguei ônibus nesses horários de pico. 70% do ônibus esvazia ate o triângulo. Tinha que fazer duas linhas: uma até o triângulo, e outra semi direto, pegando os passageiros no bairro e permitir descer somente após o Triângulo.

    Curtir

  3. Só pra esclarecer, o título do post dá a entender que seria a primeira linha alimentadora da zona norte, mas na verdade já existem umas 20 linhas alimentadoras do consórcio Unibus. E a zona sul possui mais uma 30 linhas dessa modalidade através do consórcio STS. Fonte: site da EPTC.

    Curtir

  4. Acho que essa integração temporal com o cartão tri é menos eficiente do que a interação física através de terminais fechados. O ideal seria ter ao mesmo tempo as duas interações a temporal e a física.

    Muito bom o uso de linhas alimentadoras desde que sejam utilizadas para redução do número de ônibus indo ao centro. Porto Alegre é uma rodoviária a céu aberto e o sistema de linhas alimentadoras e troncais é uma solução eficiente e rápida. (não vou nem citar o nome daquela cidade que criou isso).
    Mas um passo a frente seria a criação de linhas troncais interbairros (sem passar ao centro).

    Ainda bem que a passos curtos algo começa a se desenhar em termos de transporte público

    Curtir

    • Troncais interbairros já temos, as T. Só precisam ser menos sobrepostas e dar menos voltas, seriam muito mais eficientes.

      Curtir

  5. Interessante.

    Curtir

  6. Finalmente apareceu algo inteligente vindo da EPTC. Parabéns, by the way.

    Curtir

    • 1- Alimentadora, segundo entendi, funciona só no pico da manha ;
      2- Em consequência, vai coexistir com linha q vai até o Centro ;

      Curtir

      • Como muitas pessoas em PoA nunca saíram da cidade e nunca experimentaram em sistema integrado, quando se fala em extinguir linhas e trocá-las por alimentadoras e troncais vira uma chiradeira sem fim. Quem sabe essas linhas mostrem a vantagem do sistema.

        Curtir

      • Bem assim Pablo. Mas em Poa e região também o povo ficou traumatizado por causa dos terminais de integração que tinha na década de 80, se não me engano, que foi erro atrás de erro. O pessoal meio que disse “nunca mais queremos algo parecido”.

        Resta acabar com esse “trauma” e mostrar as vantagens de um sistema composto por alimentadoras e troncais.

        Curtir

%d blogueiros gostam disto: