Segue indefinida liberação de alça da Rodovia do Parque

Quebra-molas serão construídos no acesso ao bairro Humaitá

Dada de liberação do acesso ao Humaíta pela BR 448 segue indefinido  Crédito: Tarsila Pereira

Data de liberação do acesso ao Humaíta pela BR 448 segue indefinido
Crédito: Tarsila Pereira

A liberação da alça da Rodovia do Parque, a BR 448, que permite o acesso para o bairro Humaitá, na zona Norte de porto Alegre, segue indefinida. A superintendência regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) informou nesta terça-feira que foi realizado um acordo entre o órgão, a Empresa Pública de Transportes e Circulação (EPTC) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para melhorar a segurança no tráfego na descida da alça.

Segundo a superintendência, o Dnit vai construir dois quebra-molas, que foram sugeridos no projeto apresentado pela EPTC em razão da movimentação de torcedores na Arena do Grêmio em dias de jogos e do público quando da realização de shows. Porém, segundo o Dnit problemas administrativos adiaram a realização obra. Assim que o assunto for resolvido nos próximos dias, os redutores de velocidade serão construídos no local. A previsão inicial do departamento é de que o trânsito na alça que permite a circulação no bairro Humaitá fosse liberado na sexta-feira passada. Conforme o setor sinalização do departamento, a construção dos dois quebra-molas pode ser realizada em um dia.

A direção da EPTC informou que na descida, na avenida Padre Leopoldo Brentano, no bairro Humaitá, que passa em frente a Arena do Grêmio foi colocado um controlador de velocidade. Porém, a alça permanece fechada por determinação do Dnit. A PRF garante que quando o trânsito for liberado no local, os patrulheiros rodoviários farão a fiscalização para evitar acidentes na região. A EPTC informou ainda que já realizou a colocação de tachões na alça o que não permite a descida de veículos para acessar o bairro Humaitá. Os condutores que trafegam na BR 448 no sentido Interior-Capital atualmente podem acessar a avenida Castelo Branco ou seguir em direção a Freeway.

Comerciantes da avenida Padre Leopoldo disseram que alguns motoristas e motociclistas desavisados sobre o bloqueio feito com tachões chegam a subir na contramão a alça para acessar a BR 448.

Correio do Povo



Categorias:Rodovia do Parque

Tags:, , ,

3 respostas

  1. Bah….que obra mais porca.
    Reparem a qualidade e ondulacoes do asfalto, encostamento, etc.
    VERGONHA!!!!

    Curtir

  2. o ideal (e utópico) seria uma elevada ao longo de toda a Brentano até a est. Anchieta.

    Curtir

  3. Esses escrotos não perceberam que esse é o lugar para por um radar movel, ou uma lombada?
    E não no meio de uma estrada deserta com uma reta de 50 km?

    Ai vão por um maldito quebra molas que só destrói os carros, vai ter nego se matando por não conhecer a entrada da cidade.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: