Viaduto Otávio Rocha: próximo da recuperação?

viaduto-02

viaduto-01

 

viaduto-04

viaduto-03

Jornal Metro – Porto Alegre – 19/08/2014

Anúncios


Categorias:Abandono, Arquitetura | Urbanismo, Patrimônio Histórico, Restaurações | Reformas, Revitalização do centro

Tags:, , ,

28 respostas

  1. Tomara que isso vá adiante, mas a pergunta que fica é, para onde vão os moradores de debaixo do viaduto? Será que o direitos humanos vai se meter? E depois das obras, como vai ser o cuidado pra se manter igual como no projeto? Com certeza muitas perguntas vão surgir!

    Curtir

    • Sobre os moradores de rua, ali não é lugar para que eles fiquem “morando”, por mais “desumano” que isso possa parecer.

      Desumano é ficar na rua, no frio, sem as mínimas condições de higiene.

      Então sinceramente espero que quando os “direitos humanos” vierem encher o saco, que façam a coisa certa.

      Curtir

  2. As concessões das lojinhas estão regulares? Houve licitação? Está na hora de profissionalizar aqueles espaços. Vide o sucesso que é o Armazém do Chopp, na escadaria do viaduto. Gastronomia e comércio qualificados, com concessões com prazo definido, só isso pode manter o Otávio Rocha conservado no longo prazo.

    Curtir

    • Concordo. Esse bar, Armazém do Chopp é muito agradável. Faz percebermos como faz falta na cidade calçadas largas, ao ar livre, numa região movimentada mas sem barulho intenso de veículos. Gostaria que tivesse muito mais bares e restaurantes com ambiente assim. Se por um lado é triste ver como o viaduto é abandonado pela adminsitração (os próprios comerciantes já organizaram uma limpeza do viaduto), por outro, a coisa está tá tão ruim em Porto Alegre que o fato de não terem transformado a escadaria em estacionamento até agora já é positivo!

      Curtir

  3. Comparando a quantidade de pichação com a quantidade de piso quebrado ou sujeira nos parapeitos e coluna, percebe-se que a pichação nem é tanta. A degradação das pichações acaba sendo a mesma quantidade da degradação pelo descaso com o patrimônio.

    Curtir

  4. Jogando dinheiro no lixo, o viaduto vai ficar bonitinho por no máximo uma semana, após isso ja vai estar pichado novamente e os moradores de rua voltarão a habitar o local.
    Primeiro deveriam arrumar um lugar para essa gente morar, esperar o povinho porto-alegrense aprender educação e a preservar o que é seu para depois gastar dinheiro com essas coisas.

    Curtir

    • A prefeitura de Porto Alegre é que gosta dessa desculpa: “Não fazemos porque estragam tudo”.

      Mas compare a quantidade de pichação com a quantidade de degradação, do tipo piso quebrado, limo, sujeira de escapamento ou rachaduras. Verá que a pichação, apesar de ser horrível está longe de ser o maior problema.

      Curtir

      • eles limparam as paradas e removeram os cartazers colados: levei um susto, nao lembrava que eram tão claros os abrigos

        Curtir

    • O pessoal em esta me negativando em peso, mas eu estou falando como um cidadão Porto-Alegrense que sou. Lembro de quando fizeram uma grande reforma no viaduto, eu era bem novo ainda. Na época achei muito lindo, nem parecia o mesmo viaduto e logo em seguida ja estava todo emporcalhado novamente. Eu sei onde vivo e sei como o pessoal que suja o viaduto não esta nem aí para restauração ou valor histórico e cultural.

      Infelizmente pra mim, o viaduto limpo ficou apenas nas fotos antigas registradas de quando aqui na cidade viviam pessoas, ao invés de macacos.
      A cidade inteira é pichada e isso não terá uma solução tão cedo, enquanto isso seria bom começar a trabalhar neste problema que são os pichadores e deixar de lado as restaurações, caso contrario, sera sim dinheiro jogado no lixo.

      Curtir

      • Eu lembro que a última reforma do viaduto foi mal feita desde o princípio. Acrescentaram uma camada de reboco extra de cerca de 1cm, o que tornou as linhas de sua arquitetura mais grosseiras. O viaduto nunca teve uma reforma decente, do tipo que os fiscais do contrato olham de lupa se o serviço foi bem feito.

        Na época, eu tinha uns 14-15 anos e lembro que aquilo me causou uma enorme má impressão antes mesmo de a obra estar concluída. Achei tosca aquela camada extra de reboco. Era óbvio que ia descascar, além de passar uma ideia de restauração feita nas coxas.

        Curtir

      • Teoria da janela quebrada. Tem que limpar para que as pessoas valorizem e mantenham limpo.

        Curtir

    • É, talvez vocês estejam corretos, tomara que tudo fique lindo e perfeito e que do dia para noite as pessoas se conscientizem ❤ S2

      Curtir

  5. Mais uma lenda.

    Curtir

  6. Como eu sou um turista em Porto Alegre, conheci o viaduto a pouco tempo. Achei incrível! É claro que tinha problemas mas, estava bem melhor do que pensei que estivesse (lembrando o que haviam me dito).

    Acho que esse viaduto é um dos maiores símbolos de Porto Alegre, talvez até O maior. Um símbolo de ostentação que mostra a grandeza da capital gaúcha desde sempre! Acho também que deveria ter tanta ou mais atenção que o Mercado Público.

    Na minha opinião, as duas coisas que mais lembram Porto Alegre são o prédio em forma de pista de skate com aquele monumento em frente e esse viaduto. Duvido que se alguém bater os olhos em fotos desses dois pontos, não veja de cara que é Porto Alegre!

    Curtir

    • Pois é! O viaduto e o prédio administrativo são umas das pouquíssimas arquiteturas que destacam Porto Alegre. Necessitamos de mais obras que se destaquem aqui na cidade.

      Curtir

  7. Infelizmente quando se fala de reformas de patrimônio não se fala de um contrato de manutenção. Vão gastar uma grana pra reformar e vai ficar legal por um tempo, depois serão anos até a próxima reforma. Se tivesse um contrato com uma empresa que 1 vez por mês lavasse o viaduto (não precisa nem pintar, ele tem uma cor legal) e substituísse as lampadas estragadas já ficaria bem bonito, e pra sempre, e provavelmente com menos custo.

    Curtir

  8. Vou chover no molhado e dizer o que vários já disseram aqui. Não adianta reformar e nunca dar manutenção. Eu ainda lembro da última reforma que fizeram, em 2001. Não levou muito tempo pra ficar podre de novo. Tem pichações ali que já devem ter uns 10 anos. Tem que colocar uns 2 guardas-municipais permanentemente fazendo ronda ali, pra inibir ações de vandalismo. Esperar que os marginais se conscientizem chega a ser uma piada.

    Curtir

  9. 1 – Difícil pra qualquer frequentador do blog acreditar em tantos projetos. Olhem as últimas postagens, é projetos e mais projetos que nunca saem do papel. Alguns estão sendo postados a ANOS como o projeto da Orla do Guaíba.

    2 – Os poucos projetos que saem do papel acabam frustrando a todos no resultado final. O que era o projeto do BRT e compare com a realidade.

    3 – Como as pessoas não conseguem pensar no todo, falam da reforma do viaduto e já aparece a discussão sobre os moradores de rua. É preciso entender que são secretarias diferentes pra situações diferentes. Os moradores de rua merecem a dignidade e atenção do poder público através da Secretaria de Assistência Social. Já o viaduto é uma questão de Secretaria de Obras. As duas devem fazer seu trabalho e não é porque uma não obtêm sucesso que a outra não pode trabalhar.

    4 – Vamos ser mais sensatos e críticos, estamos em ano eleitoral e só estamos vendo projetos que serão feitos a toque de caixa pra serem entregues daqui a dois anos nas eleições municipais. Ou seja, o projeto é pras eleições 2014 e a obra pra 2016.
    Mas já da pra imaginar o resultado. afina nada é pensado a longo prazo, não existe uma politica de urbanismo séria. O plano diretor da cidade não é conhecido e nem debatido com a comunidade. Simplesmente somos enganados por lindos projetos que nos enchem de orgulho mas não se realizam.

    5 – Todos amam POA, mas não existem campanhas que façam as pessoas cuidarem da cidade e sentirem orgulho não apenas do local mas sim de toda a cidade, incluindo orgulho dos cidadãos que zelam e cuidam do espaço público (sonho).

    6 – Concordo com os que dizem que logo tudo estará pichado e destruído. É sim uma infeliz lógica da nossa cidade, tudo é vandalizado e depois abandonado pelo poder público.

    CONCLUSÃO.

    Chega de projetos pontuais, precisamos de plano diretor efetivo, planejamento urbano, social e ambiental a longo prazo. A cidade tem que ser pensada pra daqui 50 anos e não para as próximas eleições;

    PS. Gostei do projeto 🙂

    Curtir

    • O projeto é bom. Assim como o cais, a orla, a revitalização da voluntários, a ampliação do aeroporto, aquele novo aeroporto…
      Se é público, a probabilidade de virar lenda é grande. Se for privado, vai demorar mais de um ano para uma análise na prefeitura (seria por falta de pessoal? acredito que não, principalmente nessa gestão hehe, então acredito que é incompetência mesmo).

      Curtir

    • Excelente! Merecia um post!

      Curtir

  10. Onde a gente encontra imagens desse tal projeto?

    Curtir

  11. É impressão minha ou os prédios mudaram no render também? A arquitetura deles

    Curtir

  12. As lojas que ocupassem a area sob as escadarias poderiam cada uma escolher a cor de suas portas (não tudo rosa). 🙂

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: