Lançado edital para revitalização da orla do Guaíba (atualizado)

Clique no link para acessar os arquivos da licitação.

http://www2.portoalegre.rs.gov.br/smgae/default.php?p_secao=66

________________________________

Primeira fase do projeto contempla o trecho de 1.320 metros entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias, na avenida Edvaldo Pereira Paiva.

Veja o vídeo:

 

___________________________

Lançado edital de licitação para revitalização da orla do Guaíba

imagem128654

As empresas interessadas em executar a primeira etapa do projeto de revitalização da orla do Guaíba terão até o dia 15 de outubro para apresentar as propostas. O prazo foi estabelecido pelo edital de licitação das obras lançado pelo prefeito José Fortunati nesta quinta-feira, 4, em ato público no Salão Nobre do Paço Municipal, que teve a participação do arquiteto e urbanista Jaime Lerner, autor do projeto. A íntegra do edital será publicada nesta sexta-feira, 5, no Diário Oficial de Porto Alegre. (FOTOS)

Com custo orçado em R$ 57,4 milhões, o projeto contempla os 1.320 metros entre a Usina do Gasômetro e a Rótula das Cuias, na avenida Edvaldo Pereira Paiva. É a primeira etapa, pois a intenção nos próximos anos é revitalizar toda a orla, até o extremo da zona Sul. “Essa obra representa a recuperação e o fortalecimento da relação de Porto Alegre com o Guaíba. Poucas cidades no mundo têm projetos como esse. Tenho certeza que, no futuro, os moradores da Capital vão agradecer e reconhecer a prefeitura por essa obra”, afirmou Jaime Lerner.

O edital possui 630 pranchas detalhadas das obras e mais de 5 mil itens no orçamento. O projeto foi analisado por diferentes secretarias municipais e possui todas as licenças necessárias. A intenção é que o nome do vencedor da licitação seja conhecido este ano e que as obras comecem em 2015. “Ainda é um sonho, mas finalmente vencemos a etapa mais difícil, de projeto, licenças e aprovação da obra. Tivemos as equipes de profissionais de diversas secretarias e departamentos trabalhando de forma integrada e extremamente dedicada, o que garantiu o sucesso nessa fase. Logo teremos um espaço nobre revitalizado, seguro e que vai proporcionar aos moradores condições de ocupar a região 24 horas por dia”, afirmou Fortunati.

O prefeito destacou que os investimentos no resgate da relação da cidade com o Guaíba sempre foram uma meta do governo. “Em abril deste ano, inauguramos o Programa Integrado Sócio Ambiental (Pisa), que vai devolver a balneabilidade do Guaíba na maior parte da orla de Porto Alegre. Também temos em execução a revitalização do Cais Mauá. E agora vamos integrar a recuperação da orla a esses outros projetos. Isso tudo coloca a Capital em outro patamar de atratividade turística e de qualidade de vida”, concluiu.

O coordenador do Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gades), Edemar Tutikian, responsável pelo projeto na prefeitura, destaca a qualidade do trabalho desenvolvido pelo município em parceria com o escritório de Jaime Lerner. “É um projeto de um escritório sério, uma referência, que se une ao esforço de praticamente todas as secretarias da prefeitura, para tornar esse sonho realidade. As 630 pranchas passaram por todos os critérios técnicos. Eu já participei de muitos projetos importantes aqui no estado, mas nenhum como esse”, disse Tutikian.

Também prestigiaram o ato de lançamento do edital o vice-prefeito Sebastião Melo, secretários municipais, gestores e equipes técnicas envolvidas no processo. Ao todo, 20 órgãos, secretarias e instituições participaram do projeto. Além dos órgãos municipais, teve acompanhamento dos Bombeiros, do Parque Marinha do Brasil, da Secretaria de Portos e Hidrovias, Câmara Municipal, Tribunal de Contas do Estado, Conselho Municipal da Criança e do Adolescente e Ministério Público.

Revitalização

A licitação para contratação da empresa responsável ficará sob responsabilidade da Secretaria Municipal de Obras e Viação, uma vez que quase 70% do projeto de sete quilômetros de extensão refere-se a construções, com o acompanhamento da Procuradoria Geral do Município, secretarias municipais do Meio Ambiente, Urbanismo, Turismo, Esportes, Escritório Geral de Licenciamento e Regularização Fundiária(Edificapoa) e Gabinete de Desenvolvimento e Assuntos Especiais (Gadec). O projeto, que vai da Usina do Gasômetro até o Arroio Cavalhada, está dividido em cinco fases. O edital refere-se à primeira etapa, com previsão de execução da obra em 18 meses. Os outros quatro trechos estão com seus projetos conceituais definidos e em fase de prospecção de recursos.

Parque Urbano da Orla do Guaíba

Terá novo projeto paisagístico, ciclovia e caminhos iluminados com fibra ótica, permitindo um espetáculo noturno. Toda a orla será iluminada com lâmpadas led, possibilitando o uso durante 24 horas. Serão colocados quatro bares com belvederes, que no verão tomam o aspecto de quiosques e, no inverno, podem ser fechados com vidros. Junto à Usina, um novo terminal turístico permitirá o atraque de embarcações, com sala de embarque climatizada e deque de 2 mil metros quadrados, tudo considerando a tradicional festa de Réveillon da cidade. O deque terá bancos voltados para o lago. No trecho após a Usina, serão construídas quadras poliesportivas e, no talude, arquibancadas voltadas para o lago.

Concorrência pública

A íntegra do edital será publicada no Diário Oficial de Porto Alegre desta sexta-feira, 5. A modalidade será concorrência pública, tipo menor preço. O documento estará à disposição dos interessados a partir de 12 de setembro, no site da prefeitura. As empresas interessadas deverão entregar a documentação de habilitação e suas propostas em sessão marcada para 15 de outubro, a partir das 14h30.

Jaime Lerner

Arquiteto e urbanista, fundador do Instituto Jaime Lerner e da Jaime Lerner Arquitetos Associados (JLAA), foi presidente da União Internacional dos Arquitetos – UIA no período 2002/2005. Três vezes prefeito de Curitiba, liderou a revolução urbana que fez da cidade referência nacional e internacional em planejamento urbano, principalmente em transporte, meio ambiente, programas sociais e projetos urbanísticos. Duas vezes governador do Estado do Paraná, conduziu importantes transformações socioeconômicas que resultaram em melhorias na qualidade de vida no campo e nas cidades. Pelo reconhecimento de sua obra recebeu diversos prêmios e títulos internacionais, com destaque para o Prêmio Máximo das Nações Unidas para o Meio Ambiente (1990).

Imagens divulgadas:



Categorias:Arquitetura | Urbanismo, Projeto de Revitalização da Orla

Tags:, , , ,

22 respostas

  1. Nenhum canteiro florido??…..ou chafariz??

    Curtir

    • Também acho que faltam flores e chafarizes para complementar o projeto!

      Curtir

      • Será que já não há flores e chafarizes porque desistiram disso por aqui? Vai ver já sabem que floreiras e chafarizes são todos destruídos e por isso não incluem mais em projetos.

        é uma desconfiança minha

        Curtir

  2. Bem, que o projeto é uma melhoria é. Vamos aguardar e conferir.

    Mas se eu entendi bem (no vídeo) o estacionamento saiu da praça para ir para praticamente DENTRO da orla?

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: