União autoriza novo aeroporto no Estado

novo-aeroporto

Jornal Metro – Porto Alegre – 03/10/2014



Categorias:Aeroporto 20 de Setembro

Tags:,

63 respostas

  1. Essa região de Portão, no pé da serra, não teria mais problema com neblina?

    Curtir

  2. Privatiza o SF e quero ver nao sair expansao dele… O guarulhos melhorou MUITO depois da privatizacao…

    Curtir

  3. Quem é contra porque acha a localização do novo aeroporto sugiro um teste prático.

    Saia do centro de Porto Alegre em um dia útil e vá até Nova Santa Rita e depois, em outro dia, no mesmo horário, vá até o Salgado Filho. A diferença de tempo não será tão grande assim.

    Sem contar que a localização fora de Porto Alegre aliviará, em tese, o trânsito na região, que já é caótico (e tende a piorar). Sem falar que atenderá melhor moradores de Novo Hamburgo, São Leopoldo, Vale do Taquari/Rio Pardo, sem falar da Serra. E evitará que todos estes tenham que ir até Poa pra pegar um voo, concentrando ainda mais trânsito na cidade e arredores.

    É óbvio que se precisa analisar viabilidade, custos e etc. Mas não vejo o “argumento” localização como um empecilho, pelo contrário.

    Curtir

  4. Eu acho que seria o mais correto a ampliação do Salgado Filho e a construção/ampliação de aeroportos regionais tanto para uso de passageiros como para cargas.
    Santa Maria seria um ótimo lugar, central, que escoaria a produção do noroeste/campanha. E é caminho do Porto de Rio Grande também. Existe até uma ideia bastante comentada e que a prefeitura e a associação de indústria e comércio quer colocar em prática, sem projeto ainda, de construção de uma plataforma multimodal lá, unindo o transporte rodoviário (cruzamento de várias rodovias, inclusive a BR 392 que será terminada até Santo Ângelo e vai até Rio Grande, a BR 158, a BR 287 e a BR 290 ), ferroviário (cruzamento de várias ferrovias existentes e inclusive a nova que será construída que passará por lá) e aéreo (construção de um novo aeroporto).
    Passo Fundo na região norte. Caxias na serra e Pelotas/Rio Grande na região sul. Isso geraria crescimento dessas regiões, menores deslocamentos de cargas e até de pessoas (reduzindo o fluxo nas rodovias), pois não precisariam se deslocar até POA para pegar um avião para SP ou BSB, por exemplo. E poderia intensificar o transporte aéreo entre as cidades do estado. O RS não é somente a região metropolitana, embora importante. Precisa-se investir em infraestrutura para o interior também, para que outras regiões do estado também se desenvolvam e tenham competitividade.

    Curtir

    • Atualmente moro no PR (estou voltando para o RS) e aqui se investe MUITO no interior. Várias cidades tem aeroportos de bom porte (Londrina, Maringá, Foz do Iguaçu, Cascavel, dentre outros), a maioria das ligações entre grandes cidades é duplicada ou está em duplicação, o estado todo é ligado por rede de fibra ótica, está em estudo a construção de uma ferrovia ligando o oeste ao porto de Paranaguá, além da ferrovia Norte-Sul. E não se vê tanto cidades com ar de decadência como as da campanha gaúcha.

      Curtir

  5. Salgado filho podendo muito bem ser ampliado, e querem fazer outro aeroporto, vai entender esse povo, mas pra isso eles se importam né, mas para ampliar a pista a anos atras eles não se importavam.

    cada um cada um,

    so uma pergunta, por que vão fazer um aeroporto novo se a pista seria do mesmo tamanho que tão pensando em fazer no salgado filho ? ( 3,200×45 )segundo vi uma vez aqui mesmo nesse blog. são coisas que ficam na cabeça da pessoa

    Curtir

  6. Não sei qual a pior solução, ampliar a pista do SF e daqui a 15, 20 anos ja estar novamente saturada, ou esse novo aeroporto sem qualquer possibilidade de levar o trem ate la, levando as pessoas a ir com seus carros e poluindo cada vez mais nosso estado, ta dificil….

    Curtir

  7. Pra mim o transporte de cargas podia ser descentralizado. Poderiam investir em ampliar aeroportos de cidades médias do interior como Uruguaiana, Pelotas, Caxias, Passo Fundo e Santa Maria pra atender as demandas de cada região separadamente. Afinal, temos ruínas dos anos 50 de infraestrutura ferroviária e hidroviária. Como essas cargas vão chegar aqui? Da mesma maneira precária que chegam no Salgado Filho: de caminhão, apodrecendo o asfalto vagabundo das nossas estradas.

    Já comentei há tempos aqui pra não sonharem, nem serem megalomaníacos, pois Porto Alegre não tem e nunca terá demanda pra 2 aeroportos, um doméstico e outro internacional. A população do RS e de POA está estável, praticamente não cresce mais. Não existe motivo pro Salgado Filho continuar existindo caso saia esse aeroporto novo. Hoje os vôos internacionais tem tão pouca demanda que são acomodados em um único portão do Salgado Filho (portão 1). Temos 1 vôo pra Portugal, 1 pros EUA (compartilhado com Curitiba), 1 pro Panamá e uns pingados pro Peru, Uruguai e Argentina. Um terminal de passageiros só pra isso é uma piada. Óbvio que os vôos domésticos também sairão daqui.

    Isso deve ser pressão das construtoras que devem estar insatisfeitas com as limitações de construção no entorno do aeroporto atual. E de quebra, quem sabe não são elas mesmas que vão construir o novo?

    Repetirei duas coisas que tbm já falei:
    1) Deviam investir esse dinheiro pra melhorar a infraestrutura do estado, como ferrovias e portos, pra tirar caminhões das estradas, diminuindo frete, custo de manutenção das rodovias e acidentes. E melhorar os aeroportos regionais como eu citei.

    2) Me alivia saber que provavelmente não sairá nunca essa obra. Seria a obra mais inútil possível e não foram capazes de fazer outras bem mais importantes que essa. Aliás, não são capazes nem de ampliar a pista e o terminal atuais. Não são capazes de obras básicas. Não tem dinheiro pra obras básicas. Olha a lenda da ponte do Guaíba. Do metrô. 5 anos pra ampliar 9km de Trensurb! 2 anos pra colocar um aeromóvel inútil de 800m no aeroporto! A demora pra colocar o simples catamarã do barra! Do cais mauá! Essa sim é uma obra que espero que jamais saia dos renders, aliás, torcerei pra não sair.

    Curtir

    • Também acho. se construirem regionais melhores inclusive desafoga o SF. Acho de chorar o empresariado Caxiense ter que vir para cá para viajar a negócios

      Curtir

    • csgasparetto matou a questão: ” pressão das construtoras que devem estar insatisfeitas com as limitações de construção no entorno do aeroporto atual. E de quebra, quem sabe não são elas mesmas que vão construir o novo?”
      Posso acrescentar; privatização dos 360 hectares do Salgado Filho para a construção do mais novo “bairro planejado de POA”…
      Não é ser contra o novo aeroporto. É ser contra o desperdício de pelo menos 10 bilhões de reais (ou bem mais), que poderiam ser usados para obras bem mais necessárias.
      Salgado Filho saturado ? Só se for saturado da incompetência da Infraero e das companhias aéreas !!
      Movimento de passageiros do SF: 2012: 8,261 milhões, 2013: 7,9 milhões, em 2014 dificilmente passa dos 8 milhões.
      A pista única do SF não é problema. eu já mostrei e mostro de novo.
      San Diego: tem uma pista de 2860 m, movimentou em 2013, 17 milhões de passageiros (mais do que o dobro do SF).
      Kai Tak: antigo aeroporto de Hong Kong, moviemntou em 1996, 29,5 milhões de passageiros e 1,56 milhão de toneladas de carga (Viracopos movimenta a pau e corda 250 mil/ton ano), com apenas uma pista de 3390 m !!
      E pra terminar: Gatwick (Londres), com uma pista de 3316m, movimentou em 2013…35,4 milhões de passageiros !! quase 6 vezes o movimento do SFilho!!

      Curtir

  8. A cidade de Porto Alegre e a sua Grande Região Metropolitana cuja população é superior a mais de 4 milhões de habitantes necessita urgentemente de mais estrutura de terminais de passageiros e de um grande terminal de cargas para dar mais agilidade ao setor empresarial e industrial. É sem dúvida uma grande iniciativa. nota 10.

    Curtir

%d blogueiros gostam disto: