Travessia Porto Alegre – Guaíba completa 3 anos

Catamarã transportou mais de dois milhões de passageiros

Foto: Gerson Ibias

Foto: Gerson Ibias

Na próxima terça-feira, 28/10, a travessia Porto Alegre-Guaíba completa três anos e consolida a viabilidade do transporte hidroviário na região Metropolitana. O serviço que hoje é tido como referencia nacional nesta modalidade, aguarda condições legais para novas rotas.

Em três anos a travessia foram transportados dois milhões e cem mil passageiros em 30 mil viagens, com mais de 11 mil horas de navegação. Resultado que atende às expectativas da CatSul, empresa operadora da travessia, conforme seu diretor de operações, engenheiro Carlos Bernaud:

– Os números mostram que o resultado é positivo e que se tornam mais expressivos se considerarmos que essa travessia estava inativa há 50 anos.

Aos dois catamarãs que iniciaram a operação da travessia, mais um foi agregado este ano, permitindo ampliar a oferta de lugares e a criação de viagens extras nos horários de maior movimento. Condições que contribuíram para o êxito do serviço, conforme Bernaud:

– Qualidade, segurança e pontualidade, são o foco de todo o nosso serviço. Por isso a inclusão de mais um catamarã na rota permite transportar mais passageiros e ter equipamentos com manutenção permanente. A soma é conforto que gera confiança  e mais passageiros.

Para facilitar a utilização dos catamarãs, foi criada a possibilidade de integração com ônibus em Guaíba,  começando pelo bairro Florida, depois Colinas e agora também no bairro Santa Rita. O percurso de ônibus entre bairro-catamarã e vice-versa é oferecido gratuitamente em todos os horários, permitindo o embarque imediato tanto para a capital quanto, no retorno, para os bairros.

A criação de novas rotas é uma possibilidade cada vez mais próxima. O pier do Barra Shopping está pronto e tão logo tenha condições legais iniciará a operação. Também está em estudos uma rota que vai ligar o estádio Beira-Rio ao Centro de Treinamentos de Internacional, que será construído em Guaíba. Já o transporte para as ilhas depende da realização de licitação.

Informações de Joabel Pereira

Assessoria de Imprensa CATSUL



Categorias:Catamarã

Tags:, , ,

16 respostas

  1. E que venha para a ZSul, desafogar o trânsito …

    Curtir

  2. Andei de catamarã com minha esposa há uns dois meses, no modelo mais moderno.
    É um meio de transporte fantástico – é estável e balança menos que ônibus e avião, por exemplo. A travessia é tão confortável, que quando acaba, dá a sensação de que se poderia ficar por mais algumas horas tranquilamente.
    Espero que um dia criem linhas para Rio Grande, São Jerônimo, General Câmara, Charqueadas, Triunfo…

    Curtir

  3. A verdade que o catamarã é verdadeiro sucesso e prova que deu certo e só querer fazer as coisas andarem e a resposta positiva está aí para comprovar. Que venha novas rotas a serviço da população e dos turistas que nos visitam. Nota 10.

    Curtir

  4. Imagina a quantidade de poluentes que deixaram de ser emitidos, tempo economizado das pessoas e redução se engarrafamentos.

    Curtir

  5. O catamarã existe graças à Yeda.

    Curtir

    • O retorno da travessia era um anseio antigo da sociedade. Dar “graças” a Yeda, por uma decisão acertada em meio ao mar de lama que caracterizou o governo dela, ou é má fé ou no mínimo burrice.

      Curtir

  6. Show, nem parece que já faz 3 anos. Pior que até hoje não andei, por mais que tenha vontade.

    Meu sonho é um trajeto ligando o Centro aos bairros Lami, Ipanema e Belém Novo… Seria show.

    Curtir

    • Creio que em duas frases reproduziu o sentimento de metade da cidade

      Curtir

      • Pois é. Morei durante muitos anos no bairro Lageado (quase desconhecido da população, fica entre Belém Novo, Restinga e Lami) e sei como o povo daquela região sofre tendo que aguentar mais de uma hora dentro de um ônibus até o Centro. O Catamarã seria uma alternativa excelente, principalmente pro Lami e Belém Novo.
        PS.: O bairro Lageado tem só duas linhas de ônibus até o Centro (Lami Edgar Pires de Castro e Lami Beco da Vitória), e a STS consegue a façanha de colocar mais horários de ônibus à disposição sábado e domingo do que durante a semana (quando seria mais necessário, para fins de ir trabalhar). Dá pra acreditar? Por essas e outras que vim morar no Centro, a 10 min do trabalho.

        Curtir

  7. Acabei de colocar o Catamarã no moovit (http://www.moovitapp.com) na próxima atualização já estará disponível o trajeto e horários do Catamarã.
    Aproveito para convidar os amigos a conhecerem essa baita ferramenta que ajuda bastante no uso do transporte público.
    Ele por exemplo ajuda a saber que horas vai passar o ônibus nas paradas no meio dos terminais. Além de informar quais ônibus são necessários para ir a trajetos mais longos onde é necessário pegar dois ônibus, informa também quais linhas passam em determinada parada. Testem, aposto que vão gostar.

    Curtir

  8. Creio que seria muito viavel e interessante ter tambem balsas que comportem veiculos.

    Levando em conta que a travessia poa x guaiba de automovel tem trecho pedagiado, trajeto longo e engarrafado e ainda pedagiado, a demanda por uma balsa seria sustentavel.

    Claro muitos podem dizer que estarei sendo carrocentrista ao dizer isso mas creio que o uso racional de todos recursos de transporte possiveis pode fazer um mundo melhor.

    Curtir

  9. ESSE TRECHO COMPORTA TRANQUILAMENTE UMA BARCAÇA IGUAL AS DO RIO DE JANEIRO.. POREM A ($) PRESSÃO DA EMPRESA DE ÔNIBUS GUAIBA NÃO DEVE DEIXAR. E POR QUE A CATSUL NÃO FAZ UMA VIAGEM EXPERIMENTAL A RIO GRANDE? GOSTARIA DE TESTAR.

    Curtir

    • Também acho que poderiam incluir um barco com capacidade pra uns 200 passageiros pra Guaíba. Tenho certeza que seria um ótimo negócio.

      Curtir

      • Uma barca com mais capacidade, devesse pagar. Ou seja, tem que lotar em boa parte dos trajetos. Não vale a pena comprar uma barca grande e deixa-la parada porque não lota.

        Além disso, se uma barca grande pára para manutenção, é um custo grande. Por isso, na maioria das vezes é preferível varias barcas menores com intervalo entre viagem menor.

        Curtir

    • As barcas ficam lotadas?

      Curtir

    • Andei apenas duas vezes e sempre estava cheia, minha impressão é que poderia mesmo.

      Curtir

%d blogueiros gostam disto: